Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
Resultados 11 a 20 de 24

Tópico: Como vocês estão lidando psicologicamente com a pandemia?

  1. #11
    Basterds Boss (Y) Avatar de Don
    Registro
    06-12-2009
    Localização
    Guarulhos
    Idade
    31
    Posts
    7.127
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    NoobNeutroKevin PostnerColunista
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Showman Ver Post
    A loja que trabalho com meus familiares consegui segurar meus pais por umas 2 semanas sem trampo, e demos um jeito com as contas no começo da quarentena, mas com o passar dos meses, tiveram que reabrir e tinha gente para me substituir, então faço parte da turma que se dá ao luxo de poder estar em casa, praticamente 97% do tempo desde o inicio eu estive em casa, tinha um dinheirinho de reserva que me ajudou durante esse tempo, mas provavelmente semana que vem estarei de volta ao serviço, e uma coisa estranha nessa vida, desde quando tinha uns 14 anos comecei com meu trampo que era acordar as 7:00 da manhã e voltar no final da tarde de segunda a sábado (Ps:sábado até meio dia) e nessa tal pandemia, 3 meses dentro de casa já fez eu mudar minha rotina, até antes da pandemia quando era 23:00 eu já estava desmaiando de sono para ir trampar, hoje em dia é 3:00 da manhã eu estou sem sono algum, já fui dormir as 5:00, e o que era acordar as 7 da matina, hoje é 11:30-12:00. No mais, ninguém do meu circulo de amizade e outras pessoas que tenho contato em redes sociais tiveram algo sério devido ao Covid e espero que continue assim, enfim, vamos em frente, ah outra coisa diminui o uso de rede social principalmente facebook, pq já era uma porcaria ver gente postando merdas em geral, mas com a questão da pandemia e política, as merdas adquiriram proporções titânicas, cheguei ao limite da paciência e resolvi abrir no máximo 2 vezes ao dia, só pra ver se tem alguma mensagem e tal, principalmente para a saúde mental e tbm pra não mandar trocentas gente do face TNC .
    É, esse negocio de mudança brusca de rotina parece que tem um impacto grande na gente, como eu tava trabalhando a full gas desde o começo do ano, praticamente todos os dias, não tava sentindo nenhuma diferença. Mas esses dias os trampo deram uma pausa e eu to percebendo mais as mudanças em volta, e inevitavelmente ficando mais preocupado com família e tal.

    Publicidade:


    Quer ver os meus desenho clica na imagem aí então zé

  2. #12

    Registro
    18-02-2019
    Idade
    28
    Posts
    11
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Newcomer
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Fiquei as primeiras 2 semanas em casa estruturando e-commerce e assustado com o que estava por vir, mas com o tempo fui parando de assistir noticias, e agora estou vindo para loja todo dia com mais 5 funcionários.
    Ainda não sai para tomar uma, porém vejo que está se tornando algo mais constante entre meus conhecidos. Acredito que esse mês eu já saia pra tomar uma sem aglomeração.

  3. #13
    Avatar de Bob Joe
    Registro
    25-05-2007
    Localização
    Florianópolis
    Posts
    7.190
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Kevin PostnerOffistaColunistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Voltei a assistir shounen, não devo estar bem.

    Falando sério, não me adaptei legal à dar aulas não presenciais. Além de não ser treinado para isso, não é o tipo de atividade docente que eu gostaria para minha vida. O contexto torna mais desmotivante e desanimador ainda, porque a maioria dos meus alunos claramente também não tem condições técnicas e psicológicas para isso. A verdade é que ninguém estava preparado.

    Sigo fazendo atividades docentes em casa, o que não muda muito, já que meus projetos de pesquisa estavam em fase de planejamento. Estou com minha esposa em casa e nós temos um ótimo relacionamento estando juntos, então diminui muito da bad. Mas antes da pandemia estava pegando o ritmo do ano, voltando a malhar e a fazer luta, e do nada isso.

    Enfim, sou privilegiado porque meu trabalho, bem ou mal, continua sendo feito e não vou ser financeiramente atingido (a não ser pelo fim do reajuste até 2022, que considero justo). Mas ser obrigado a ficar em casa tá pesado.
    Liga das Lendas: Vintas


    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/07/Motto_frederick_douglass_2.jpg

  4. #14
    Avatar de Elementar
    Registro
    23-02-2016
    Localização
    São Paulo
    Posts
    1.085
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas NoobForasteiroOffistaMain Citizen
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Antes eu tocava o trabalho - no serviço público - e o mestrado profissional. Com esse covid-19, me sinto privilegiado de tocar apenas o mestrado, estou conseguindo adiantar e ter mais foco nos estudos, mas os professores seguem arrancando o sangue.
    Quanto às mudanças, creio que estou lidando bem com elas e me mantenho em casa, saio apenas para mercado e farmácia. Como eu já era introvertido antes, sigo em casa aproveitando o tempo livre para ler livros, algo que bati meu recorde - esse ano ja é o que eu mais li na vida - e acompanhando diariamente as notícias quanto ao covid a nível municipal e federal.
    http://i.imgur.com/QCs2kbN.gifv

    “O mundo está cheio de coisas óbvias que ninguém jamais observa." Sherlock Holmes

    Método - Power Magic Level
    10/10
    Frases filosóficas

  5. #15
    Avatar de Karla Cristina
    Registro
    20-06-2011
    Localização
    Belo Horizonte
    Posts
    23
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Adepto do OffNewcomerCríticoDebatedor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Comigo aconteceu algo estranho, um rapaz morador de rua começou a morar na esquina da minha casa. Comecei a sentir prazer em cuidar dele: fazer comida e levar para ele, dar água, lanchinho, me preocupar quando estava chovendo se ele estava sentindo frio, de como ele poderia usar algum banheiro já que estava tudo fechado. De repente isso começou a tomar conta do meu dia, eu acordava e já pensava nele, por exemplo, de como ele poderia pegar o dinheiro assistencial, talvez comprar uma barraca para ele viver melhor. Duas semanas depois ele não estava mais lá, havia ido embora, apesar do colchão e das cobertas continuarem lá. Eu comecei a sair procurando por ele nas ruas e por onde ia. O mendigo me fez ficar me perguntando porque não perguntei mais sobre ele, porque não o ajudei mais, e me preocupar em que buraco ele poderia estar. Já se passaram mais de três semanas e ainda saio na rua a procura dele. Vou ser sincera, antes da pandemia, eu mal os enxergava, já dei alguns trocados, comida, mas nunca havia memorizado o rosto daqueles que passaram no meu caminho, dessa vez foi bem diferente. E como toda cristã, ficou a dívida por não ter falado de Cristo e da sua salvação. Confesso até que alguns dias chorei por ele.






  6. #16
    Basterds Boss (Y) Avatar de Don
    Registro
    06-12-2009
    Localização
    Guarulhos
    Idade
    31
    Posts
    7.127
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    NoobNeutroKevin PostnerColunista
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Gaivota II Ver Post
    Comigo aconteceu algo estranho, um rapaz morador de rua começou a morar na esquina da minha casa. Comecei a sentir prazer em cuidar dele: fazer comida e levar para ele, dar água, lanchinho, me preocupar quando estava chovendo se ele estava sentindo frio, de como ele poderia usar algum banheiro já que estava tudo fechado. De repente isso começou a tomar conta do meu dia, eu acordava e já pensava nele, por exemplo, de como ele poderia pegar o dinheiro assistencial, talvez comprar uma barraca para ele viver melhor. Duas semanas depois ele não estava mais lá, havia ido embora, apesar do colchão e das cobertas continuarem lá. Eu comecei a sair procurando por ele nas ruas e por onde ia. O mendigo me fez ficar me perguntando porque não perguntei mais sobre ele, porque não o ajudei mais, e me preocupar em que buraco ele poderia estar. Já se passaram mais de três semanas e ainda saio na rua a procura dele. Vou ser sincera, antes da pandemia, eu mal os enxergava, já dei alguns trocados, comida, mas nunca havia memorizado o rosto daqueles que passaram no meu caminho, dessa vez foi bem diferente. E como toda cristã, ficou a dívida por não ter falado de Cristo e da sua salvação. Confesso até que alguns dias chorei por ele.
    Essa compaixão pelo próximo é nobre, mas tambem precisa ter cuidado pra não ficar descontrolada. Conheço gente que não consegue nem dormir direito porque fica imaginando quantos cachorros (que acabam tocando o coração de muitos por não saberem se defender do homem) estão sofrendo maus tratos por aí e ela não pode ajudar.

    É tipo aquela cena do filme A Lista de Schindler, que depois dele salvar tantos judeus e esses virem agradecer, ele começa a pirar achando que devia ter vendido até as próprias roupas pra poder salvar mais pessoas.


    Quer ver os meus desenho clica na imagem aí então zé

  7. #17
    Avatar de Elementar
    Registro
    23-02-2016
    Localização
    São Paulo
    Posts
    1.085
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas NoobForasteiroOffistaMain Citizen
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Gaivota II Ver Post
    Comigo aconteceu algo estranho, um rapaz morador de rua começou a morar na esquina da minha casa. Comecei a sentir prazer em cuidar dele: fazer comida e levar para ele, dar água, lanchinho, me preocupar quando estava chovendo se ele estava sentindo frio, de como ele poderia usar algum banheiro já que estava tudo fechado. De repente isso começou a tomar conta do meu dia, eu acordava e já pensava nele, por exemplo, de como ele poderia pegar o dinheiro assistencial, talvez comprar uma barraca para ele viver melhor. Duas semanas depois ele não estava mais lá, havia ido embora, apesar do colchão e das cobertas continuarem lá. Eu comecei a sair procurando por ele nas ruas e por onde ia. O mendigo me fez ficar me perguntando porque não perguntei mais sobre ele, porque não o ajudei mais, e me preocupar em que buraco ele poderia estar. Já se passaram mais de três semanas e ainda saio na rua a procura dele. Vou ser sincera, antes da pandemia, eu mal os enxergava, já dei alguns trocados, comida, mas nunca havia memorizado o rosto daqueles que passaram no meu caminho, dessa vez foi bem diferente. E como toda cristã, ficou a dívida por não ter falado de Cristo e da sua salvação. Confesso até que alguns dias chorei por ele.
    Muito provavelmente era um drogado, chuto um usuário de crack. Não há muito o que fazer por pessoas assim, a família já deve ter tentado de tudo por ele.
    http://i.imgur.com/QCs2kbN.gifv

    “O mundo está cheio de coisas óbvias que ninguém jamais observa." Sherlock Holmes

    Método - Power Magic Level
    10/10
    Frases filosóficas

  8. #18
    Avatar de WalmmoreMallkin
    Registro
    16-07-2020
    Posts
    18
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Autor RecorrenteForasteiroNewcomerEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Ah, não tá tão legal assim não. Tinha tantos planos, foram todos parados por causa da pandemia :|

  9. #19
    Avatar de Legiao
    Registro
    13-02-2013
    Posts
    966
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas OffistaColunistaMain CitizenEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Perdi 70% de renda no início da pandemia e até hoje alguns clientes não pagaram.
    Hoje as coisas estão voltando...

    Quanto a vida,
    Vida normal. Saindo para ver meus amigos. Me divertir. Como sempre.

    Melhor viver um dia como lobo do que 100 como ovelha.
    (Embora a chance de morrer seja igual a de gripe).

  10. #20
    Guru das asiáticas Avatar de Pearl
    Registro
    03-04-2013
    Localização
    Hell de Janeiro
    Posts
    1.864
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas NewbAutor IniciadoForasteiroOffista
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Legiao Ver Post
    Perdi 70% de renda no início da pandemia e até hoje alguns clientes não pagaram.
    Hoje as coisas estão voltando...

    Quanto a vida,
    Vida normal. Saindo para ver meus amigos. Me divertir. Como sempre.

    Melhor viver um dia como lobo do que 100 como ovelha.
    (Embora a chance de morrer seja igual a de gripe).

    Publicidade:


    [12/05 às 20:39] Don Maximus Meridius : ja pensou o fantasma do gengiskão futuro visitando o pearl "olha aqui o mundo como seria se você não tivesse inventado essa merda"



Tópicos Similares

  1. Como vocês fazem a divisão em hunt com bloker
    Por Husband Man no fórum Druid
    Respostas: 17
    Último Post: 30-03-2011, 01:17
  2. Como você se sente ao entrar num respaw com botters?
    Por Loki Night no fórum Tibia Geral
    Respostas: 18
    Último Post: 02-02-2010, 02:42
  3. Como você começou com Sprites?
    Por Maldorca Saeli no fórum Sprites
    Respostas: 18
    Último Post: 07-08-2007, 09:53
  4. Como você começa uma conversa com uma pessoa em que você esta interessado?
    Por Vine Stapp no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 90
    Último Post: 13-03-2007, 20:15
  5. Como Você anda com o seu pally? "equipes"
    Por Vni foka no fórum Paladin
    Respostas: 10
    Último Post: 09-03-2005, 19:20

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •