Página 53 de 59 PrimeiroPrimeiro ... 3435152535455 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 521 a 530 de 581

Tópico: COVID-19

  1. #521
    Avatar de Bob Joe
    Registro
    25-05-2007
    Localização
    Florianópolis
    Posts
    7.146
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Kevin PostnerOffistaColunistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Karla Cristina Ver Post
    Não existe motivo nenhum racional para proibirem o remédio. Não existe comprovação cientifica atual, que o remédio não vale para o covid. Existem centenas de pessoas que dão depoimento, que depois de 48 hs tomando o remédio no inicio, os sintomas desaparecem.

    Pessoas que tiveram covid e tomaram cloroquina, seus depoimentos também faz parte da ciência, porque a ciência sempre usou cobaias para testar remédios.

    Já os famosos aparelhos respiratórios que deram lucros gastronômicos para os governadores, eles nem sempre salvam vidas, muitas vezes dão uma morte menos dolorosa para as pessoas. Os médicos depois tem que desligar o aparelho, dependendo do estado do paciente para matá-los, já que os pulmões não mais conseguem funcionar sem o aparelho.

    Imagina uma pessoa idosa, cheia de doenças, pega o covid, o estado de pânico desta pessoa. a esperança dela é ser curada com o cloroquina ou ivermectina.
    Seu post é cheio de senso comum e informações erradas que são típicas de correntes e notícias falsas compartilhadas em redes sociais, eu recomendo parar de se informar pelo zap zap, procurar informação mais diversa e qualificada.

    Não existe sentido lógico e racional em dizer que alguém precisar provar que um medicamento NÃO FUNCIONA. Isso se chama "inversão do ônus da prova", uma falácia lógica e, portanto, sem qualquer valor científico/epistemológico. Quem deve provar a alegação e oferecer evidências de tal é quem alega. Seria como eu propor a seguinte hipótese: "não existe pomba amarela". A única forma de provar que isso é falso seria olhando TODAS AS POMBAS DO UNIVERSO e garantindo que nenhuma delas é amarela. Agora, para provar que é verdadeiro, basta um contraexemplo, uma única pomba amarela. Para demonstrar que um medicamento funciona (na real, mostrar que provavelmente funciona, só que com uma boa taxa de certeza), basta levantar boas evidências nesse sentido.

    Depoimento (que podemos chamar de "estudo de caso" ou de "evidência anedótica") não é a melhor evidência científica, pelo contrário. Existe uma escala de evidências científicas que é dada de acordo com a "força" da evidência. O depoimento de uma única pessoa ou de várias pessoas está no ponto mais baixo dessa escala, só perdendo para a simples opinião. Existem tipos de estudos que nos dão níveis de evidenciação bem mais altos. Lembrando que, quanto maior o nível e a qualidade da evidência, mais próximo a hipótese está de refletir a realidade:



    Uma pessoa idosa e com comorbidades (principalmente cardíacas) não é o público ao qual é recomendado o uso de cloroquina. Está no próprio protocolo divulgado pelo governo. Existem outras medicações que estão sendo utilizadas como auxílio no tratamento e, muitas vezes, se mostram totalmente efetivas para lidar com os quadros sintomáticos da doença.

    Citação Postado originalmente por Karla Cristina Ver Post
    O futuro nos dirá quem tem razão, mas enquanto isso, o melhor é não tirar as esperanças das pessoas. é como vc esta morrendo de vontade de vomitar, aí sua mãe te dá uma chave para segurar e o enjoo passa. Não subestimamos nossa fé, nossa mente. O remédio traz esperança.
    Cientificamente, no momento, usar cloroquina e rezar tem o mesmo valor. A diferença é que os recursos utilizados em uma medicação que não funciona estão deixando de ser aplicados em recursos hospitalares e medicamentos que comprovadamente ajudam no tratamento. Em um país de recursos escassos, isso pode significar a morte de muito mais gente.

    Sem falar a irresponsabilidade que é um político vender uma medicação específica como panaceia, em detrimento de pessoas quem PRECISAM de utilizar esse medicamento para doenças para as quais ele foi desenvolvido mas agora estão com dificuldades de encontrá-lo.

    Citação Postado originalmente por Karla Cristina Ver Post
    E temos assuntos sérios a tratar, a vacina que vem da China para ser testada no Brasil. Caros por causa de um país estamos vendo nossos irmãos morrendo, perderem empregos, serem trancafiados. Se a China tivesse alertado ao mundo, não estaríamos nesta situação, existe um oceano que nos separa da China e poderia ter nos poupado de seu maldito virus chines. Moralmente a pior coisa que nos pode acontecer é ficarmos aliados da China, comprando respiradores, vacinas, vendendo nossos patrimônios... É como termos entes queridos mortos por bandidos e ainda fazermos os bandidos lucrarem com suas mortes.

    Existe histórico que a China vendia lotes de vacinas estragadas. Quem pode confiar num país que tem um ditador? Onde as pessoas não podem usar internet, porque tudo tem que ficar escondido dentro do próprio país? Quem é louco de ser cobaia para este país? E qual lógica de terem medo da cloroquina, que tem poucos efeitos colaterais comparado a outros remedios que o povo brasileiro toma e não terem medo da vacina vinda da China?

    https://g1.globo.com/ciencia-e-saude...xrfkfPHepoLqjM
    Aí @Don pra você que tava subestimando a "genialidade humana".

    Acho melhor você não procurar saber onde foram produzidas algumas das medicações e vacinas que você já toma ou vai tomar. E nem os equipamentos médicos. E nem o seu computador e smartphone.

    Publicidade:
    Última edição por Bob Joe; 15-06-2020 às 22:31.
    Liga das Lendas: Vintas


    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/07/Motto_frederick_douglass_2.jpg

  2. #522
    Avatar de Karla Cristina
    Registro
    20-06-2011
    Localização
    Belo Horizonte
    Posts
    23
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Adepto do OffNewcomerCríticoDebatedor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Acabei de assistir este vídeo, achei tão fofo. A Cruz vermelha do Japão, que parece ter muito mais amor pelas pessoas do que os politicos brasileiros. Não sei se alguém postou, estava olhando pagina por pagina, mas como tenho um compromisso agora, parei na pagina 35. Se já postaram desconsiderem.

    Lembrei do usuário Elementar que gosta dos japoneses. Vou postar em homenagem a ele. Eu amo também os asiáticos, aqui em casa só entra eles, é um povo muito conservador, que amo muito. Gosto mais da cultura japonesa, mas acho os coreanos bem mais bonitos. Os chineses já perdem um pouco a característica oriental, alguns tem cabelo anelado e os olhos não são tão pequenos. Mas gosto também dos chineses, do ditador não.



    - - - Atualizado - - -

    Tentativas de humilhar o oponente para enfraquecê-lo, sinto muito mas não vai rolar.

    Estamos vivendo uma pandemia, os argumentos do ex-ministro da saúde de não aprovar o uso do medicamento porque abriria precedentes,
    é racionalmente refutável, porque existe uma situação totalmente diferenciada, o vírus é novo e a ciência não teve tempo ainda de estudá-lo.

    Não pensaram em precedentes ao liberarem da cadeia os presos graves de homicídio. O que sobra de coragem para uns, outros serão conhecidos como covardes na historia. Talvez os dois grupos sejam homicidas.

    Este gráfico que vc postou, cai por terra ao sabermos que não teve tempo ainda de fechar estudo suficiente se o remédio é ou não eficaz.

    Existem vários estudos dizendo que o remédio é eficaz, além dos testemunhos de pessoas pelo zap zap como vc diz, apesar que não uso celular. E sabe porque não uso celular? Porque a ciência que vc endeusa disse que pessoas que tinham tendencia a terem tumores cerebrais, com o passar dos anos, iriam aumentar as chances com o uso do celular. Minha mãe teve tumor no cérebro. Então não me condene de ser contra a ciência porque não sou. Estamos falando em caso de pandemia, de um vírus desconhecido.

    Me responda se isso abaixo não é ciência?

    A Mediterranean Infection Foundation – instituto baseado em Marselha, na França – divulgou o resumo de um novo estudo realizado pela instituição sobre a eficácia do uso da hidroxicloroquina (HCQ) no combate ao novo coronavírus. Ou seja, eficacia de cloroquina é de 91,7%

    https://portaldeprefeitura.com.br/20...ntes-testados/

    Anexo 5922


    Uma idosa com mais de 60 anos, foi dado o medicamento com cloroquina e ela se salvou, se foi fé ou se foi o remédio,o que importa é que foi salva.

    https://www.youtube.com/watch?v=9AIYVh4l9h8

    Fora os trocentos depoimentos de pessoas que se sentiram melhor em menos de 48 horas após tomar o remédio.

    https://informa1.com.br/suica-aposta...e-a-da-franca/

    Na falta de conclusão cientifica, deixe o paciente escolher, não proíba o remédio.

    Agora estão falando do dexametasona, há décadas que este remédio tem prioridade na minha casa, que não tomamos mais antibióticos, quem estuda dexametasona sabe o tão milagroso que este remédio é, por ter alto índice de cura contra inflamações e ter pouquíssimo efeitos colaterais. Espero que Bolsonaro não comente sobre ele e não diga que irá trazer de outros países. È triste o que vemos no nosso país, esta guerra política. A prioridade sempre deveria ser salvar vidas e não guerras ideológicas. Apesar do dexametasona ter surtido efeito em pessoas com quadro agravante, o indicie de cura é baixo nestes pacientes, mas não deixa de ser uma esperança.

    Sobre você falar de estar faltando cloroquina a pessoas que realmente precisam, a culpa disso é a falta de confiança nos governadores, de alguns estados esta sendo proibido o uso pelo SUS, o que fez ter corrida nas farmácias e as pessoas pensarem em se auto medicarem, o que é compreensivo, já que ninguém quer morrer. Sabemos que a Unimed indica o uso e não sei os outros convênios tem a mesma postura, mas o SUS estava proibido. Hoje só se pode comprar o remédio com receita médica. Se deu bem quem tem convênio, já que alguns estados o SUS esta proibido de dar receita.

    Quais os outros remédios que ajudam no tratamento? Eu sei do cloroquina junto com o Azitromicina, o ivermectina e agora o dexametasona em estado grave. Não creio que exista outro, pelo nível de mortalidade que estamos tendo no mundo.

    Sim, vacinas são perigosas, vinda da China dá mais medo. Por isso melhor não ser cobaia da China. O ideal que a vacina venha de algum país confiável.
    Última edição por Karla Cristina; 16-06-2020 às 10:13.

  3. #523
    Avatar de Bob Joe
    Registro
    25-05-2007
    Localização
    Florianópolis
    Posts
    7.146
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Kevin PostnerOffistaColunistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Karla Cristina Ver Post

    Tentativas de humilhar o oponente para enfraquecê-lo, sinto muito mas não vai rolar.

    Estamos vivendo uma pandemia, os argumentos do ex-ministro da saúde de não aprovar o uso do medicamento porque abriria precedentes,
    é racionalmente refutável, porque existe uma situação totalmente diferenciada, o vírus é novo e a ciência não teve tempo ainda de estudá-lo.

    Não pensaram em precedentes ao liberarem da cadeia os presos graves de homicídio. O que sobra de coragem para uns, outros serão conhecidos como covardes na historia. Talvez os dois grupos sejam homicidas.

    Este gráfico que vc postou, cai por terra ao sabermos que não teve tempo ainda de fechar estudo suficiente se o remédio é ou não eficaz.
    Não tentei humilhar e não acho que você é meu oponente, Beo. Só constatei que você comete erros que são frequentes em quem se informa apenas por rede social e correntes de whatsapp. Esse é um fenômeno comum e você precisa entender que existem fontes mais qualificadas para que você tente entender do que se propõe a falar, sob o risco de espalhar mentiras e meias-verdades

    Citação Postado originalmente por Karla Cristina Ver Post
    Existem vários estudos dizendo que o remédio é eficaz, além dos testemunhos de pessoas pelo zap zap como vc diz, apesar que não uso celular. E sabe porque não uso celular? Porque a ciência que vc endeusa disse que pessoas que tinham tendencia a terem tumores cerebrais, com o passar dos anos, iriam aumentar as chances com o uso do celular. Minha mãe teve tumor no cérebro. Então não me condene de ser contra a ciência porque não sou. Estamos falando em caso de pandemia, de um vírus desconhecido.

    Me responda se isso abaixo não é ciência?

    A Mediterranean Infection Foundation – instituto baseado em Marselha, na França – divulgou o resumo de um novo estudo realizado pela instituição sobre a eficácia do uso da hidroxicloroquina (HCQ) no combate ao novo coronavírus. Ou seja, eficacia de cloroquina é de 91,7%

    https://portaldeprefeitura.com.br/20...ntes-testados/

    Anexo 5922
    "Existem vários estudos". Só me mandou um.

    Esse estudo do Dr. Didier Raoult é extremamente criticável e foi, inclusive, retirado da plataforma onde foi publicado. Primeiramente, repare no nível de evidência, que está no gráfico que você diz ter "caído por terra", é um estudo feito observação de resultados terapêuticos (2C, no diagrama). É basicamente o seguinte: dou o remédio para os pacientes juntamente com outros cuidados médicos análogos e vejo quantos pacientes saíram com sucesso. Parece bom, né? Só que não muito, a maior crítica ao estudo é a falta de um grupo de controle, outro mesmo número de pacientes escolhidos de forma aleatória que NÃO SERÃO tratados com os medicamentos testados. No final, eu compararia o grupo que recebe o medicamento com o grupo que não recebeu o medicamento. Sem isso, eu não posso indicar que existe relação de causa-efeito entre a administração do medicamento e a cura do paciente, apenas sugerir uma relação. Sugestão que pode virar uma hipótese em um possível estudo de coorte. Nesse estudo que você me mostrou a taxa de insucesso (mortalidade) é baixa? Sim. Mas não temos como saber REALMENTE se isso foi devido ao uso do medicamento ou se foi devido à qualidade do tratamento do hospital que participou do estudo. Sem grupo de controle, não podemos saber.

    Perceba, o ideal para um medicamento, mesmo entendendo a situação é um estudo onde você possa, pelo menos, afirmar que existem indicações sólidas de um funcionamento. Ou seja, você precisa de um estudo que faça o apanhado de estudos de coorte com grupo de controle e os compare na maneira estatística (categoria 2A de evidências)

    Se você retornar alguma página atrás, postei 2 estudos de coorte e mais 1 estudo de revisão de estudos de coorte e de estudos ecológicos sobre o uso da cloroquina. Nem falarei sobre o estudo da Lancet pois ele está em auditoria por problemas nos dados.

    Citação Postado originalmente por Karla Cristina Ver Post
    Quais os outros remédios que ajudam no tratamento? Eu sei do cloroquina junto com o Azitromicina, o ivermectina e agora o dexametasona em estado grave. Não creio que exista outro, pelo nível de mortalidade que estamos tendo no mundo.
    Ainda não existe tratamento que elimine o vírus. Qualquer medicamento que é utilizado visa tratar os sintomas causados pela doença. Nesse sentido, muitos outros medicamentos estão sendo utilizados, desde antivirais, corticoides e anticoagulantes, a antiparasitários, antinflamatórios e analgésicos. Minha sogra foi para o hospital e foi tratada com diversos medicamentos diferentes como Ivermectina, nitazoxanida, suplementação de Zinco, um antibiótico (eritromicina), e um anti-coagulante. Ficou bem, já está recuperada. Não tomou cloroquina porque o risco cardíaco não está claro e ela é cardiopata.

    Entenda, não sou contra a cloroquina ou a escolha da pessoa em tomar um medicamento ainda não testado, não torço contra nenhum remédio, quero que qualquer coisa funcione. O que sou contra é o Estado utilizar uma medicação de forma política, como panaceia para fazer a população acreditar que não existe risco na doença. E isso fica mais grave quando acontece através de desinformação e meias-verdades.

    Além do mais, existem milhões de medicamentos que não funcionam e não tem evidências que funcionem. Vamos tomar todos eles porque temos que testar de tudo? Deve existir o mínimo critério de evidenciação até para o uso em situações de calamidade.

    - - - Atualizado - - -

    O estudo com a dexametasona parece promissor, estudo clínico controlado aleatório, com intervalo de confiança estreito, nível de evidência 1B.

    http://www.ox.ac.uk/news/2020-06-16-...-complications

    Agora pensa em todo o dinheiro investido em cloroquina que poderia ter ido nesse momento para a dexametasona...
    Liga das Lendas: Vintas


    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/07/Motto_frederick_douglass_2.jpg

  4. #524
    Avatar de Legiao
    Registro
    13-02-2013
    Posts
    951
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas OffistaColunistaMain CitizenEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Bob Joe Ver Post
    Não tentei humilhar e não acho que você é meu oponente, Beo. Só constatei que você comete erros que são frequentes em quem se informa apenas por rede social e correntes de whatsapp. Esse é um fenômeno comum e você precisa entender que existem fontes mais qualificadas para que você tente entender do que se propõe a falar, sob o risco de espalhar mentiras e meias-verdades



    "Existem vários estudos". Só me mandou um.

    Esse estudo do Dr. Didier Raoult é extremamente criticável e foi, inclusive, retirado da plataforma onde foi publicado. Primeiramente, repare no nível de evidência, que está no gráfico que você diz ter "caído por terra", é um estudo feito observação de resultados terapêuticos (2C, no diagrama). É basicamente o seguinte: dou o remédio para os pacientes juntamente com outros cuidados médicos análogos e vejo quantos pacientes saíram com sucesso. Parece bom, né? Só que não muito, a maior crítica ao estudo é a falta de um grupo de controle, outro mesmo número de pacientes escolhidos de forma aleatória que NÃO SERÃO tratados com os medicamentos testados. No final, eu compararia o grupo que recebe o medicamento com o grupo que não recebeu o medicamento. Sem isso, eu não posso indicar que existe relação de causa-efeito entre a administração do medicamento e a cura do paciente, apenas sugerir uma relação. Sugestão que pode virar uma hipótese em um possível estudo de coorte. Nesse estudo que você me mostrou a taxa de insucesso (mortalidade) é baixa? Sim. Mas não temos como saber REALMENTE se isso foi devido ao uso do medicamento ou se foi devido à qualidade do tratamento do hospital que participou do estudo. Sem grupo de controle, não podemos saber.

    Perceba, o ideal para um medicamento, mesmo entendendo a situação é um estudo onde você possa, pelo menos, afirmar que existem indicações sólidas de um funcionamento. Ou seja, você precisa de um estudo que faça o apanhado de estudos de coorte com grupo de controle e os compare na maneira estatística (categoria 2A de evidências)

    Se você retornar alguma página atrás, postei 2 estudos de coorte e mais 1 estudo de revisão de estudos de coorte e de estudos ecológicos sobre o uso da cloroquina. Nem falarei sobre o estudo da Lancet pois ele está em auditoria por problemas nos dados.



    Ainda não existe tratamento que elimine o vírus. Qualquer medicamento que é utilizado visa tratar os sintomas causados pela doença. Nesse sentido, muitos outros medicamentos estão sendo utilizados, desde antivirais, corticoides e anticoagulantes, a antiparasitários, antinflamatórios e analgésicos. Minha sogra foi para o hospital e foi tratada com diversos medicamentos diferentes como Ivermectina, nitazoxanida, suplementação de Zinco, um antibiótico (eritromicina), e um anti-coagulante. Ficou bem, já está recuperada. Não tomou cloroquina porque o risco cardíaco não está claro e ela é cardiopata.

    Entenda, não sou contra a cloroquina ou a escolha da pessoa em tomar um medicamento ainda não testado, não torço contra nenhum remédio, quero que qualquer coisa funcione. O que sou contra é o Estado utilizar uma medicação de forma política, como panaceia para fazer a população acreditar que não existe risco na doença. E isso fica mais grave quando acontece através de desinformação e meias-verdades.

    Além do mais, existem milhões de medicamentos que não funcionam e não tem evidências que funcionem. Vamos tomar todos eles porque temos que testar de tudo? Deve existir o mínimo critério de evidenciação até para o uso em situações de calamidade.

    - - - Atualizado - - -

    O estudo com a dexametasona parece promissor, estudo clínico controlado aleatório, com intervalo de confiança estreito, nível de evidência 1B.

    http://www.ox.ac.uk/news/2020-06-16-...-complications

    Agora pensa em todo o dinheiro investido em cloroquina que poderia ter ido nesse momento para a dexametasona...
    Porém a dexametasona é só para estados críticos e só reduziu 1/3 das mortes.

    Ainda carece muito de estudos avançados sobre a HQC, na minha opinião, pelo que li até agora, creio que não funcione.
    Mas não tem como saber, muitos médicos estão administrando e não enviando esses dados.

    Na dúvida, se eu tiver covid vou tomar. Mal não vai fazer, sou saudável.


    Infelizmente o processo cientifico é extremamente lento, mas garante a segurança.

    Acredito que não fazer nada é muito mais inseguro do que fazer algo "arriscado" (aspas no arriscado porque pintam que a HQC é mais letal que o virus).
    Logo, tomarei, HQC, Ivermectina, Anita e até cocô de cavalo se tiver o menor indício de que funcione.


    Sendo o mais imparcial possível:
    Hidroxicloroquina é um remédio seguro. É histeria falar que ele tem efeitos colaterais graves, sendo que nem receita precisava pra comprar.
    Covid não é mais letal que uma gripe forte para jovens.

    Sou um libertário e acredito na liberdade individual das pessoas.
    HQC não é um antibiótico que pode causar uma superbactéria ou coisa do gênero, que os voluntários tomem, basta explicar os riscos.


    Medicina nunca foi uma ciência exata.
    Hoje em dia quase sempre que vou no médico ele primeiro medica para depois se não funcionar fazer exame.
    Já pensou se ele fosse fazer exame, contraprova, revisar com outro médico, para depois medicar alguém? Essa pessoa teria muito mais chances de morrer.

    Velocidade é crucial e o preço da velocidade é o risco.

  5. #525
    Avatar de Bob Joe
    Registro
    25-05-2007
    Localização
    Florianópolis
    Posts
    7.146
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Kevin PostnerOffistaColunistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Legiao Ver Post
    Porém a dexametasona é só para estados críticos e só reduziu 1/3 das mortes.

    Ainda carece muito de estudos avançados sobre a HQC, na minha opinião, pelo que li até agora, creio que não funcione.
    Mas não tem como saber, muitos médicos estão administrando e não enviando esses dados.

    Na dúvida, se eu tiver covid vou tomar. Mal não vai fazer, sou saudável.


    Infelizmente o processo cientifico é extremamente lento, mas garante a segurança.

    Acredito que não fazer nada é muito mais inseguro do que fazer algo "arriscado" (aspas no arriscado porque pintam que a HQC é mais letal que o virus).
    Logo, tomarei, HQC, Ivermectina, Anita e até cocô de cavalo se tiver o menor indício de que funcione.


    Sendo o mais imparcial possível:
    Hidroxicloroquina é um remédio seguro. É histeria falar que ele tem efeitos colaterais graves, sendo que nem receita precisava pra comprar.
    Covid não é mais letal que uma gripe forte para jovens.

    Sou um libertário e acredito na liberdade individual das pessoas.
    HQC não é um antibiótico que pode causar uma superbactéria ou coisa do gênero, que os voluntários tomem, basta explicar os riscos.


    Medicina nunca foi uma ciência exata.
    Hoje em dia quase sempre que vou no médico ele primeiro medica para depois se não funcionar fazer exame.
    Já pensou se ele fosse fazer exame, contraprova, revisar com outro médico, para depois medicar alguém? Essa pessoa teria muito mais chances de morrer.

    Velocidade é crucial e o preço da velocidade é o risco.
    É foda quando questões ideológicas (e de fé) se chocam de certo modo com questões científicas, que colocam a ciência em um antagonismo irreal com o resto da sociedade. O que os políticos como o Trump e o Bolsonaro fizeram com seu negacionismo científico foi tentar relegar a ciência (e toda sociedade científica) muitas vezes como o inimigo e não como ferramenta de políticas públicas. O que fizeram com o coitado do Átila Iamarino, por exemplo, foi criminoso.

    Vou deixar algumas coisas claras:

    1) A ciência NÃO é contra medicamentos em testes serem utilizados em pacientes que concordaram com isso em regime de urgência. Tanto o é que a licença da cloroquina que o FDA suspendeu hoje era exatamente nesse sentido, "temos medicamentos, estudos preliminares apontam algum tipo de associação entre ele a casos de sucesso, vamos autorizar o uso".

    2) O processo para alcançar um nível alto de evidencia de um medicamento pode ser mais lento do que precisamos sim. Mas entenda que ele existe por uma questão epidemiológica: pense em um remédio que será utilizado em 1 bilhão de pessoas. Se esse remédio tiver uma probabilidade de 0,1% de complicações um pouco mais sérias, significa que teríamos que dar conta dessa complicação em algo em torno de 1 milhão de pessoas. Qual o custo-benefício disso? Para sabermos, precisamos de estudos que, pelo menos, nos dê uma ideia de quais são essas complicações.

    3) Não podemos esquecer que uma coisa é o indivíduo, outra são políticas publicas de saúde. Uma coisa é você aceitar tomar três doses de cachaça porque um estudo de um revista da Romênia demonstrou com baixo nível de evidência uma associação entre a cachaça e a cura. Outra coisa é o governo mandar comprar um milhão de litros de cachaça e vender à população que aquilo é o "remédio do presidente" ou "a cura para a doença", inclusive utilizando como cortina de fumaça para agilizar a abertura do comércio e a quebra do isolamento.

    4) Continuando na questão das políticas públicas de saúde: administração pública é gerir gastos. Como o dinheiro não é infinito, deve-se gastar com aquilo que efetivamente tenha chance de funcionar. O governo investiu em um medicamento que não funciona e nunca teve evidências suficientes para tal investimento. Será que esse dinheiro não seria melhor gasto em testes, respiradores, EPI's e outros equipamentos tão necessários quanto? Uma política de testes teria custo parecido com a grana que o governo pagou pelos insumos da cloroquina, será que não seria melhor testarmos mais como fez a Coreia do Sul a utilizar um medicamento que tem pouca evidenciação? A resposta pra mim é clara, mas a escolha não é para os governantes, porque é mais fácil (até do ponto de vista de capital político) inventar que descobriu uma panaceia qualquer. Muita gente caiu nessa de inocente ou por desinformação.

    5) Qualquer pessoa da ciência (como eu) que critica a cloroquina não está "torcendo" contra o remédio. Apesar das divergências políticas que eu tenho como o governo (e todo mundo sabe), a questão específica do medicamento não tem qualquer relação com isso. Tudo que eu queria é sair de casa logo e que essa porra acabe, eu tomaria até xixi do Carlos Bolsonaro se isso me tornasse imune.

    Enfim, durante toda essa pandemia, o que mais se fez foi utilizar a ciência como um bode expiatório para os mais diversos tipos de teorias conspiratórias e ideológicas. A ciência não é inimiga, ela deve ser ferramenta em tomadas de decisão. Se não fosse todo avanço de pessoas envolvidas com ciência de base, muito mais gente teria morrido dessa doença. E nem sempre as respostas vão ser as que a gente quer escutar, é importante lidar bem com isso, principalmente aqueles que tem a responsabilidade de tomar as decisões. Mentir e tentar desqualificar a ciência quando ela não diz o que eu queria que ela dissesse, é uma atitude extremamente temerária.

    Citação Postado originalmente por Legiao Ver Post
    Porém a dexametasona é só para estados críticos e só reduziu 1/3 das mortes.
    Um terço, hoje no Brasil, seriam mais de 10 mil pessoas. Imagine 10 mil famílias que não perderam seus entes queridos. Para um remédio que nem antiviral é, é um bom prospecto. Qual outra medicação foi mais eficiente?

    E os casos críticos são os mais problemáticos do ponto de vista social e da carga do sistema de saúde (UTI's são mais escassas que ambulatórios). Se tiver garantias que o sistema de saúde não vai colapsar, pode-se pensar em reabertura gradual.





    Última edição por Bob Joe; 16-06-2020 às 21:28.
    Liga das Lendas: Vintas


    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/07/Motto_frederick_douglass_2.jpg

  6. #526
    Avatar de Sete
    Registro
    10-09-2005
    Posts
    3.775
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    ForasteiroSagaz CitizenOffistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Essas últimas duas semanas estão assustadoras falando como quem vê de dentro.

    E eu achando que ia morrer uns 15 mil, já tô começando achar que a previsão daquele Zé ruela virologista não foi tão viajada.

    Enviado de meu ASUS_X00TDB usando o Tapatalk
    Última edição por Sete; 18-06-2020 às 20:13.

  7. #527
    Avatar de Thales Lira
    Registro
    14-06-2005
    Localização
    Foz do Iguaçu
    Idade
    30
    Posts
    3.402
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EscritorCríticoDebatedorEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Sete Ver Post
    Essas últimas duas semanas estão assustadoras falando como quem vê de dentro.

    E eu achando que ia morrer uns 15 mil, já tô começando achar que a previsão daquele Zé ruela virologista não foi tão viajada.

    Enviado de meu ASUS_X00TDB usando o Tapatalk
    Não fala assim do Deus Atila >

    Fico felizão em ver que você cursou a faculdade que queria e hoje é formado
    Lembro quando você falava que estudava pro vestibular.
    ~ att,
    Thales Lira
    .




    League of Legends: Plays by Lira
    Tibia:
    Oblivion Gladiator [EK 2010, 111/104 Axe - Calmera]
    Simut al Zahi [EK 2019, 100/94 Club - Belobra]
    Old Tels [MS 2020, ML 74 - Xandebra]

  8. #528
    Avatar de Bebelino
    Registro
    22-03-2009
    Posts
    2.306
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas VigiaNoobOffistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Que saudades de postar aqui.

    Triste a situação do Brasilzão né?

    Abraços,

  9. #529
    Avatar de Thales Lira
    Registro
    14-06-2005
    Localização
    Foz do Iguaçu
    Idade
    30
    Posts
    3.402
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EscritorCríticoDebatedorEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Encontro de Foz do Iguaçu em 2010 foi um dos últimos do saudoso Anderslash como sub-admin.
    Puta cara maneiro e carismático.

    Saudades dessa época onde eu não tinha contas pra pagar kkkk
    ~ att,
    Thales Lira
    .




    League of Legends: Plays by Lira
    Tibia:
    Oblivion Gladiator [EK 2010, 111/104 Axe - Calmera]
    Simut al Zahi [EK 2019, 100/94 Club - Belobra]
    Old Tels [MS 2020, ML 74 - Xandebra]

  10. #530
    Avatar de Sete
    Registro
    10-09-2005
    Posts
    3.775
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    ForasteiroSagaz CitizenOffistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Thales Lira Ver Post
    Encontro de Foz do Iguaçu em 2010 foi um dos últimos do saudoso Anderslash como sub-admin.
    Puta cara maneiro e carismático.

    Saudades dessa época onde eu não tinha contas pra pagar kkkk
    Mas aí ele fechou o chat e12 e vai carregar pra sempre essa mancha junto dele

    Enviado de meu ASUS_X00TDB usando o Tapatalk

    Publicidade:



Tópicos Similares

  1. Resultados dos concursos 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21.
    Por Admin LokiRJ no fórum TibiaBR Promoções
    Respostas: 0
    Último Post: 12-12-2004, 02:06
  2. Concurso 19 - Poesias de tibia
    Por Admin LokiRJ no fórum TibiaBR Promoções
    Respostas: 793
    Último Post: 12-12-2004, 01:31
  3. Respostas: 6
    Último Post: 18-11-2004, 14:17
  4. GS. lvl 19 57/54 blockando
    Por _PaRCeRa_ no fórum Tibia Videos
    Respostas: 14
    Último Post: 16-11-2004, 00:42
  5. Go lvl 19
    Por Hamburger, cara da paz no fórum Tibia Screenshots
    Respostas: 6
    Último Post: 16-10-2004, 00:40

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •