Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 23

Tópico: Alguém invente um nome pra esse tópico aqui...

  1. #1
    Avatar de Xinshon
    Registro
    19-09-2004
    Localização
    Curitiba
    Idade
    29
    Posts
    1.291
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Main CitizenAdepto do OffCríticoCitizen
    Prêmios Mãe Dináh - Acertou alguma previsão para o Winter Update 2018Mãe Dináh - Acertou alguma previsão para o Winter Update 2016
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão Alguém invente um nome pra esse tópico aqui...

    Eu tinha me prometido não comentar mais política pois me enoja a última potência, mas eu não me aguento.

    Primeiro que essa necessidade de educação não é prioridade, como nunca foi no sistema brasileiro, pois a própria cultura brasileira é contra ela. Eu sei que o fórum é frequentado por white knights da moralidade que vivem em uma bolha ilusória atlântica e adoram falar merda em norma culta, mas se fizerem um pouquinho de esforço em observar o entorno verão que está enraizado profundamente o pensamento que estudar não vale a pena, sendo o correto e socialmente bem visto o trabalho com preferência a tarefas braçais e igualmente ultrajantes. Aliás, não só o estudo sofre com isso, qualquer atividade que envolva sucesso ou bem-estar individual é "naturalmente" atacado como algo pejorativo. O engraçado que o principal vilão sempre vem com o discurso da ajuda, não percebendo a nocividade e vildade de suas ações, esse claro as agendas sociais com suas verdades axiomáticas negativas ou, no português claro, introjeção de pensamento negativo sendo travestido de humildade. Sabe o velho discursinho do você não vai conseguir e não vai porque é favelado, preto, bicha, velho ou mulher e sempre claro com algumas pitadas conspiratórias de um grande irmão americano judaico maçônico reptiliano malvado puxador de tapetes pelo simples prazer de tal ato, afinal alguém sempre deve estar contra o ser humano e contra mim preferencialmente, afinal é claro que eu sou especial e melhor, Fernando. Tal cultura parasitária individual, que vem sendo trabalhada a anos, reflete no coletivo com os parlamentares eleitos saindo da base social e legislando sempre desfavoravelmente a educação. A mesma cultura que mina progressivamente qualquer tentativa ou intenção de progresso nas vidas sociais.

    Eu sei que a grande maioria aqui não tem contato com o mercado de trabalho de uma forma onde haja convivência com diferentes tipos de profissionais, eu que por casualidade já atuei tanto no publico quanto no privado, posso dizer é notável a falta de comprometimento com o serviço seja ele qual for, assim como entorno de suas próprias vidas pessoais, todos apenas preocupados com o próximo entorpecimento mental ou com o próximo teatrinho da novela da vida, se esquecendo que a responsabilidade e consequências recorrentes na vida são exclusivas do próprio indivíduo e não de um terceiro ou do Estado, na ampla maioria dos casos. Quando o assunto rarríssimo do estudo entra em cena é rapidamente descartado com a desculpa esfarrapada da falta de tempo, doí o cérebro, quem sabe ano que vem ou o lindo pois é preciso estudar. Eu como servidor publico atuando com contratos de serviços terceirizados ainda tenho um agravante, já tive centenas de pessoas sobre minha responsabilidade, destes poucos se quer me perguntaram o caminho do ouro, desta parcela nenhum aceitou as condições a partir do momento que se diz a necessidade de sentar a bunda em uma cadeira e ler livros, mesmo eu mostrando o caminho. Eu simplesmente cansei de ver e ler em seus rostos o desânimo de suas baixas auto-estimas, é foda conseguir escutar a pessoa pensando que não vai conseguir, será que isso é aleatório ou tem alguma coisa ver com a cultura que acabei de explanar no parágrafo anterior. Essa "regra" vale para todas as outras tantas que cruzei em meus círculos sociais, e óbvio que não envolve só concursos. Então esse papo que brasileiro quer estudar é uma piada contada por gente inocente ou mal-caráter.

    Claro que a culpa não é só do povo, a própria grade que é imposta é uma bosta, envolve tanto conteúdos prolixos, quanto a má utilização docente das matérias, por exemplo, a grandiosa história que esquerdosos falam para conhecer apesar de nunca terem lido porra nenhuma, você estuda por anos, contudo dificilmente conseguiria catalogar os eventos em ordem cronológica ou apresenta várias lacunas de porquês nunca respondidos em sala, exemplo, sem consultar no google, você seria capaz de dizer em que período do mundo aconteceu a revolução industrial e a revolução francesa, a o que aconteceu antes ou depois, se foram concomitantes, o ponto comum entre Napoleão e o Brezil, enquanto o brasil estava produzindo café a dar na lua o que acontecia no mundo, até mesmo o motivo de Getulio ter tomado o poder ou os militares, o verdadeiro motivo que levou Hitler a perseguir os judeus, assim vai só para demonstrar como é lesado o sistema. Enquanto não vier uma profunda reforma na própria grade que faça as pessoas a pensar e realmente ensinar o básico sobre a vida, nunca terá um futuro. E quando eu falo o básico é o basico, filosófia na apresentação do pensamento humano, não como hoje que começa deturpando os gregos e termina dando a entender que Marx e Engels são o topo da pirâmide metafísica, a integração da biologia, física, química e matemática, sim amiguinhos não são conteúdos limitados a suas caixinhas elas se coadunam. Finanças e direitos. Missão complicada, há vários países desenvolvidos que não fazem, quem sabe daqui a 200 anos...

    Quanto ao momento, Bolso cortou o orçamento da educação tanto para adequar em sua agenda ideológica quanto pela austeridade, é absurdo o orçamento ser gasto em universidades individuais na mesma equivalência de outras potências acadêmicas internacionais, entregar muito menos e perder tempo com pautas completamente irrelevantes para aqueles poucos que realmente se interessam em se aprimorar, mas também é absurdo cortar indiscriminadamente. Tristemente Bonoro acha que está em campanha e fica com essa porra de teatrinho com Olavo e filho em vez de mandar a oposição se fuder de uma vez, faltou a aula de não responder pessoas irrelevantes, a de não se aliar a jamantas e de que não é necessário ficar dando opinião para tudo, afinal a opinião dele é o que menos conta, exceto para o gado, todavia seu KI também não deve ser favorável, mas devia ler Maquiavel de leve. Só uma coisa que eu li uns dias atrás que deu coceira por essas bandas, saber que esse governo seria mal visto por ter que tomar medidas impopulares era notavelmente sabido, inclusive era um argumento comum entre os coxinhas que se a direita ganha-se as eleições teria o perigo da opinião pública se contaminar com uma nova sensação de direita malvada, impulsionando uma candidatura vermelha em 2022 e ainda que talvez se o Bolsonaro perde-se não seria de todo modo ruim, pois a bomba cairia no colo do panguão do Haddad, limando qualquer possibilidade de esquerda se reeleger e dando de presente um governo mais ajustado para alguém da direita, até a globo golpiíxta cantou essa bola em um determinado momento...

    E quanto ao Bacen, repensar operações compromissadas kkk, é de uma inocência que eu até salivei, realmente você acha que é de interesse político de alguém perder essa boquinha de gerar crédito a bel prazer, em tese, a independência viria para tentar barrar, mas no fundo é uma ação para inglês ver. Jamais vão cortar a possibilidade de criar uma ilusão de bem estar social financiada por divida interna e levando uma parte na cessão corrupta desses ativos, assim como o petismo fez manja.

    Publicidade:

    469 513632 62748517 167217367! 3478! 451791612 486486!

    Só sei que nada sei, porém saber o que não se sabe e o porquê de não saber, já é muito saber.

  2. #2
    Avatar de Poncheis
    Registro
    19-01-2010
    Localização
    Rio Branco
    Posts
    2.631
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas NoobSagaz CitizenCríticoOffista
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Bom post xinshon. Falou mal dos offistas já tem o meu like de graça.

  3. #3
    Guru das asiáticas Avatar de Pearl
    Registro
    03-04-2013
    Localização
    Hell de Janeiro
    Posts
    1.789
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas NewbAutor IniciadoForasteiroOffista
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Eu tinha me prometido não comentar mais política pois me enoja a última potência, mas eu não me aguento.

    Primeiro que essa necessidade de educação não é prioridade, como nunca foi no sistema brasileiro, pois a própria cultura brasileira é contra ela. Eu sei que o fórum é frequentado por white knights da moralidade que vivem em uma bolha ilusória atlântica e adoram falar merda em norma culta, mas se fizerem um pouquinho de esforço em observar o entorno verão que está enraizado profundamente o pensamento que estudar não vale a pena, sendo o correto e socialmente bem visto o trabalho com preferência a tarefas braçais e igualmente ultrajantes. Aliás, não só o estudo sofre com isso, qualquer atividade que envolva sucesso ou bem-estar individual é "naturalmente" atacado como algo pejorativo. O engraçado que o principal vilão sempre vem com o discurso da ajuda, não percebendo a nocividade e vildade de suas ações, esse claro as agendas sociais com suas verdades axiomáticas negativas ou, no português claro, introjeção de pensamento negativo sendo travestido de humildade. Sabe o velho discursinho do você não vai conseguir e não vai porque é favelado, preto, bicha, velho ou mulher e sempre claro com algumas pitadas conspiratórias de um grande irmão americano judaico maçônico reptiliano malvado puxador de tapetes pelo simples prazer de tal ato, afinal alguém sempre deve estar contra o ser humano e contra mim preferencialmente, afinal é claro que eu sou especial e melhor, Fernando. Tal cultura parasitária individual, que vem sendo trabalhada a anos, reflete no coletivo com os parlamentares eleitos saindo da base social e legislando sempre desfavoravelmente a educação. A mesma cultura que mina progressivamente qualquer tentativa ou intenção de progresso nas vidas sociais.

    Eu sei que a grande maioria aqui não tem contato com o mercado de trabalho de uma forma onde haja convivência com diferentes tipos de profissionais, eu que por casualidade já atuei tanto no publico quanto no privado, posso dizer é notável a falta de comprometimento com o serviço seja ele qual for, assim como entorno de suas próprias vidas pessoais, todos apenas preocupados com o próximo entorpecimento mental ou com o próximo teatrinho da novela da vida, se esquecendo que a responsabilidade e consequências recorrentes na vida são exclusivas do próprio indivíduo e não de um terceiro ou do Estado, na ampla maioria dos casos. Quando o assunto rarríssimo do estudo entra em cena é rapidamente descartado com a desculpa esfarrapada da falta de tempo, doí o cérebro, quem sabe ano que vem ou o lindo pois é preciso estudar. Eu como servidor publico atuando com contratos de serviços terceirizados ainda tenho um agravante, já tive centenas de pessoas sobre minha responsabilidade, destes poucos se quer me perguntaram o caminho do ouro, desta parcela nenhum aceitou as condições a partir do momento que se diz a necessidade de sentar a bunda em uma cadeira e ler livros, mesmo eu mostrando o caminho. Eu simplesmente cansei de ver e ler em seus rostos o desânimo de suas baixas auto-estimas, é foda conseguir escutar a pessoa pensando que não vai conseguir, será que isso é aleatório ou tem alguma coisa ver com a cultura que acabei de explanar no parágrafo anterior. Essa "regra" vale para todas as outras tantas que cruzei em meus círculos sociais, e óbvio que não envolve só concursos. Então esse papo que brasileiro quer estudar é uma piada contada por gente inocente ou mal-caráter.

    Claro que a culpa não é só do povo, a própria grade que é imposta é uma bosta, envolve tanto conteúdos prolixos, quanto a má utilização docente das matérias, por exemplo, a grandiosa história que esquerdosos falam para conhecer apesar de nunca terem lido porra nenhuma, você estuda por anos, contudo dificilmente conseguiria catalogar os eventos em ordem cronológica ou apresenta várias lacunas de porquês nunca respondidos em sala, exemplo, sem consultar no google, você seria capaz de dizer em que período do mundo aconteceu a revolução industrial e a revolução francesa, a o que aconteceu antes ou depois, se foram concomitantes, o ponto comum entre Napoleão e o Brezil, enquanto o brasil estava produzindo café a dar na lua o que acontecia no mundo, até mesmo o motivo de Getulio ter tomado o poder ou os militares, o verdadeiro motivo que levou Hitler a perseguir os judeus, assim vai só para demonstrar como é lesado o sistema. Enquanto não vier uma profunda reforma na própria grade que faça as pessoas a pensar e realmente ensinar o básico sobre a vida, nunca terá um futuro. E quando eu falo o básico é o basico, filosófia na apresentação do pensamento humano, não como hoje que começa deturpando os gregos e termina dando a entender que Marx e Engels são o topo da pirâmide metafísica, a integração da biologia, física, química e matemática, sim amiguinhos não são conteúdos limitados a suas caixinhas elas se coadunam. Finanças e direitos. Missão complicada, há vários países desenvolvidos que não fazem, quem sabe daqui a 200 anos...

    Quanto ao momento, Bolso cortou o orçamento da educação tanto para adequar em sua agenda ideológica quanto pela austeridade, é absurdo o orçamento ser gasto em universidades individuais na mesma equivalência de outras potências acadêmicas internacionais, entregar muito menos e perder tempo com pautas completamente irrelevantes para aqueles poucos que realmente se interessam em se aprimorar, mas também é absurdo cortar indiscriminadamente. Tristemente Bonoro acha que está em campanha e fica com essa porra de teatrinho com Olavo e filho em vez de mandar a oposição se fuder de uma vez, faltou a aula de não responder pessoas irrelevantes, a de não se aliar a jamantas e de que não é necessário ficar dando opinião para tudo, afinal a opinião dele é o que menos conta, exceto para o gado, todavia seu KI também não deve ser favorável, mas devia ler Maquiavel de leve. Só uma coisa que eu li uns dias atrás que deu coceira por essas bandas, saber que esse governo seria mal visto por ter que tomar medidas impopulares era notavelmente sabido, inclusive era um argumento comum entre os coxinhas que se a direita ganha-se as eleições teria o perigo da opinião pública se contaminar com uma nova sensação de direita malvada, impulsionando uma candidatura vermelha em 2022 e ainda que talvez se o Bolsonaro perde-se não seria de todo modo ruim, pois a bomba cairia no colo do panguão do Haddad, limando qualquer possibilidade de esquerda se reeleger e dando de presente um governo mais ajustado para alguém da direita, até a globo golpiíxta cantou essa bola em um determinado momento...

    E quanto ao Bacen, repensar operações compromissadas kkk, é de uma inocência que eu até salivei, realmente você acha que é de interesse político de alguém perder essa boquinha de gerar crédito a bel prazer, em tese, a independência viria para tentar barrar, mas no fundo é uma ação para inglês ver. Jamais vão cortar a possibilidade de criar uma ilusão de bem estar social financiada por divida interna e levando uma parte na cessão corrupta desses ativos, assim como o petismo fez manja.
    ta trabalhando pro trump porra? olha esse muro


    [12/05 às 20:39] Don Maximus Meridius : ja pensou o fantasma do gengiskão futuro visitando o pearl "olha aqui o mundo como seria se você não tivesse inventado essa merda"

  4. #4
    Avatar de Pairon
    Registro
    25-02-2013
    Idade
    23
    Posts
    57
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CitizenEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Olá @Xinshon, irei abordar apenas as premissas argumentativas das quais não concordo, afinal, os elementos apontados por ti, dos quais concordo, acredito não haver necessidade de efetuar um apontamento. Muito bem, vamos lá...

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Primeiro que essa necessidade de educação não é prioridade, como nunca foi no sistema brasileiro, pois a própria cultura brasileira é contra ela.
    Particularmente, jogar o problema no colo da 'cultura' é, ao menos pra mim, um equívoco substancial (algo que aprendi muito bem quando comecei a efetuar uma pesquisa do porque determinas nações prosperam e outras não), afinal, você cria margem para interpretações de que determinada cultura é melhor, ou se sobrepõem a outra. Essa lógica, cria base pra um certo tipo de movimento bem evidente nos anos 30~~40. Para além disso, discordo no fato de educação não ser um prioridade por um aspecto cultural, mas por falta de interesse das elites mesmo.


    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    se fizerem um pouquinho de esforço em observar o entorno verão que está enraizado profundamente o pensamento que estudar não vale a pena, sendo o correto e socialmente bem visto o trabalho com preferência a tarefas braçais e igualmente ultrajantes.
    Concordo e discordo! Sim, está enraizado que estudar não vale a pena ou é tedioso, chato e não é necessário (eu mesmo ouvi isso). Entretanto, isso é apenas um retrato da desigualdade no sistema educacional (vide Bourdieu)

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Sabe o velho discursinho do você não vai conseguir e não vai porque é favelado, preto, bicha, velho ou mulher e sempre claro com algumas pitadas conspiratórias de um grande irmão americano judaico maçônico reptiliano malvado puxador de tapetes pelo simples prazer de tal ato, afinal alguém sempre deve estar contra o ser humano e contra mim preferencialmente, afinal é claro que eu sou especial e melhor, Fernando.
    Discurso bem meritocratico hein cara, ou eu interpretei mal, caso eu tenha interprado mal desconsidere o que será dito a seguir... A realidade brasileira está longe de ser meritocratica. Entretanto, ainda que houvesse uma igualdade inicial das oportunidades, o próprio John Rawls já tinha observado que a meritocracia possuí um sistema de justiça bastante aletórico, uma vez somos desiguais ao nascer com um talento/aptidão que seja valorizado em determinada sociedade (ex. ter boas aptidões para jogar futebol americano e ter nascido no EUA é diferente de ter nascido em outro país).

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Tal cultura parasitária individual, que vem sendo trabalhada a anos, reflete no coletivo com os parlamentares eleitos saindo da base social e legislando sempre desfavoravelmente a educação.
    A questão dos parlamentares eleitos, ao meu ver, está mais ligado aos limites da democracia representativa mesmo.

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Então esse papo que brasileiro quer estudar é uma piada contada por gente inocente ou mal-caráter.
    Primeiro, isso é um juízo de valor teu! Não é questão de querer, muito provavelmente o trade-off do brasileiro médio é sem dúvida alguma o curtíssimo prazo. A questão aqui é, deixar de investir em educação, pra mim é bizarro... Por dois grandes motivos, países bem desenvolvidos (e aqui me refiro não apenas no sentido econômico, mas social também) tem uma educação de qualidade (a nossa, certamente não é, mas efetuar um corte "benevolente" é condenar algo que já tá capengando, morrer). O segundo motivo é que, consequentemente, deixa de criar incentivos no indivíduos para com a educação (que já é baixo aliás).

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Claro que a culpa não é só do povo, a própria grade que é imposta é uma bosta, envolve tanto conteúdos prolixos, quanto a má utilização docente das matérias
    É uma alegação bem generalista. Realmente, a grade curricular é defasada, é pensada em caixinhas (mas tu já parou pra pensar o quão dificil é trabalhar interdisciplinarmente? Qual a primeira coisa que a gente faz quando há um trabalho em conjunto? Cada um se agarra em uma área). No que se refere a má utilização docente das matérias, concordo em partes, de fato, tem docentes ultrapassados, com métodos de ensino arcaicos ou que não tem um domínio de conteúdo (os grandiosos professores-dinossauros), mas jogar a culpa nos professores também não me parece sensato, como efetuar um ensino de qualidade num sistema de caixinhas em que o professor tem 30 minutos pra explicar determinado assunto? Se você souber a resposta dessa pergunta, me fala! Preciso muito (não é zoeira). Outra coisa, se os professores "esquerdistas" são ruins, porque não aplica-se as grandes leis do mercado e melhora as condições de trabalho/salário e assim profissionais mais bem qualificados começam a se interessar ou pensar na possibilidade de lecionar?

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    E quando eu falo o básico é o basico, filosófia na apresentação do pensamento humano, não como hoje que começa deturpando os gregos e termina dando a entender que Marx e Engels são o topo da pirâmide metafÃ*sica
    Concluo que você teve um péssimo professor de filosofia, como a grande maioria (para essa questão redireciono a ultima pergunta realizada até então). Salvo as exceções, não existe filosofia (e sociologia) no ensino básico, o que se faz é colocar um professor de outra área pra fechar a sua carga horária. Por isso você não vai ter lógica no ensino médio, não vai ter Kant, Heidegger etc.

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    E quanto ao Bacen, repensar operações compromissadas kkk, é de uma inocência que eu até salivei, realmente você acha que é de interesse polÃ*tico de alguém perder essa boquinha de gerar crédito a bel prazer
    Não se trata de inocência, se trata de dar visibilidade. É óbvio que não é do interesse político discutir esse tipo de coisa, mas é (ou deveria ser) do interesse da sociedade.

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Jamais vão cortar a possibilidade de criar uma ilusão de bem estar social financiada por divida interna e levando uma parte na cessão corrupta desses ativos, assim como o petismo fez manja.
    Se depender das elites políticas, é óbvio que não, afinal, "pai lobby que estais no céu..." .
    Última edição por Pairon; 19-05-2019 às 16:03.
    Love,
    Pairon.

  5. #5
    Avatar de Xinshon
    Registro
    19-09-2004
    Localização
    Curitiba
    Idade
    29
    Posts
    1.291
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Main CitizenAdepto do OffCríticoCitizen
    Prêmios Mãe Dináh - Acertou alguma previsão para o Winter Update 2018Mãe Dináh - Acertou alguma previsão para o Winter Update 2016
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Olha referente as três primeira citações, se não é a cultura é o que, é muito fácil discordar de um argumento mas não trazer para o debate um contraponto lógico, eu não trouxe a diversidade cultural para a questão, apenas afirmei sobre a realidade da cultura interna brasileira, é lógico que há diferenças culturais pelo mundo que fomentam um progresso pela sua naturalidade ou até mesmo desgraça, as culturas não são formadas por benesses ou malefícios e sim por um conjunto de interpretações que são assimiladas como um padrão de comportamento comum, a simples argumentação de que tal fato é bom ou não é simplesmente uma criação de valor de acordo com a visão de um observador finito conforme suas próprias idealizações de vida. Então essa valorização sempre será errada, pois se limita naquilo que determinada pessoa pensa ser o correto.

    E sim meritocracia existe, apesar de ser culturalmente visto como errado, para aqueles que acreditam e não se encontra no cerne das especialidades natas das pessoas. Meritocracia é simplesmente o interesse individual do ser sendo colocado a prova para o alcance de um objetivo. Esse papo de talento é uma excepcionalidade, que eu até mesmo não concordo e questiono fortemente, de um suposta vantagem pessoal natural. Acredito que muito do talento dito é apenas um esforço continuo e pessoal que leva determinada pessoa a um padrão de superioridade em relação aos outros de acordo com a especialização de seu próprio interesse. Agora essa mitologização do talento, como pessoas muito boas são vistas como deuses entre os comuns é de um pequenez intelectual horrorosa, para mim é simples papo de introjeção negativa e discurso de fracasso para um aceite de uma falsa realidade. Agora se você tem interesse sobre injustiça e justiça te indico o livro da republica de platão que lá ta a base do pensamento metafísico de toda humanidade acerca do tema.

    Não, o reflexo dos políticos é a própria sociedade onde eles vivem e cresceram, te contar um segredo, as pessoas que estão em papeis fundamentais do estado não tem nada de especiais, são pessoas comuns como todos, que criaram sua percepção de acordo com suas vivências, simbiose da própria cultura e, alguns poucos, sobre um estudo sério não ideológico.

    Sobre o pensamento sobre o desinvestimento em educação eu concordo, é um absurdo simplesmente, como é absurdo, volto a frisar, que seja investido dinheiro substancial e não renda resultados, pelo contrário se mostre no mesmo nível ou pior de que países desgraçados. Sobre a pergunta da interdisciplinas é simples, integração do pensamento, acabando com o sistema de caixinhas. Professor não tem 30 minutos, tem 200 horas por matéria em um ano para explicar uma matéria e nem assim consegue, geralmente estendida em vários anos em uma punhetação mental intermitente. Mesmo assim o resultado não aparece, bruxaria? A questão salarial, talvez sejá por que a cultura do país é feita para dizer que realmente quer valorizar professor na teoria, mas na prática estudar é cansativo e doi a cabeça? por professores universitários que ganham horrores sentados em cima de seus alunos fazendo-os lecionar em seus lugares, formando um lobby ideológico com a premissa de mudar o sistema quando de fato são pela busca dos interesses pessoais? talvez...

    Professor de filosofia péssimo, bem eu nunca tive um, eu mesmo tive que ir atrás e ler realmente as obras dos grandes, no ensino médio você realmente não tem, no ensino superior brasileiro tem, cuja agenda ideológica do MEC que está em módulos obrigatórios a todos os cursos, faz exatamente em uma trilha linear entre dizer que o pensamento filosófico começa na Grécia com Sócrates e Aristóteles afirmando que a proposições já estão defasadas(piada) e dando um tratamento bem superficial, indo para o Cristianismo e metendo o pau, distorcendo no processo para afirmar ao final que o pensamento completo superior e final está em Marx e Engels como salvadores da pátria, como se o pensamento filosófico tivessem só eles. Kant, por exemplo, você só vai conhecer se fizer direito.

    Só para finalizar, olhe bem no que você está se baseando, a elite malvada, a verdade que você descobrir quando sair do centro acadêmico é que ninguém dá a mínima para você, todo mundo tem seus próprios problemas, suas próprias vontades e obrigações, que a responsabilidade da sua vida adivinhe, é sua e somente sua. As pessoas se movem de acordo com seus interesses, tudo está em volto do interesse, você tem amigos pelo interesse social, você trabalha para suprir suas necessidades básicas e de luxo, segundo Freud para dar uma metidinha também. Ninguém está perdendo tempo ligando para o que outras pessoas pensam ou fazem. Esse mito do bicho papão da elite burguesa malvada é justamente a agenda do pensamento cultural negativo que é introjetado por pessoas fracassadas consigo mesma em seu campo de asfódelos ou mal intencionadas que lucram de alguma forma proferindo o discurso que está no pensamento ideológico de Marx, este criado para combater as desigualdades sociais no tempo em que vivia, justamente a revolução industrial. Sim, você caiu no conto da vítima, mas vai sair quando os boletos começarem a chegar ou vai ficar nessa merda de teoria da conspiração o resto da vida como mais um fracassado igual a uns ai do fórum. O mundo é injusto mesmo e comandado por imbecis, não seja mais um, faça sua parte e venha para elite você também, vem.






    469 513632 62748517 167217367! 3478! 451791612 486486!

    Só sei que nada sei, porém saber o que não se sabe e o porquê de não saber, já é muito saber.

  6. #6
    Avatar de Pairon
    Registro
    25-02-2013
    Idade
    23
    Posts
    57
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CitizenEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Olha referente as três primeira citações, se não é a cultura é o que, é muito fácil discordar de um argumento mas não trazer para o debate um contraponto lógico
    Óh, desculpe... Foi descuido meu não ter apontado algo para contrapor, pois bem, não se trata de cultura, não se trata de aspectos geográficos (como Montesquieu pensava), mas de instituições! para mais informações sugiro procurar por Acemoglu e Robinson (2012).

    No que tange a meritocracia, neguei a existência dela no contexto brasileiro, pois meritocracia, além de ser simplesmente "o interesse individual do ser sendo colocado a prova para o alcance de um objetivo", se trata de legitimação das desigualdades por meio das excessões a regra. Não existe meritocracia no Brasil, pois não existe igualdade inicial das oportunidades entre os indivíduos. A questão do talento x esforço, dá uma boa discussão, porém acredito que não seja o objetivo do tópico, mas reduzir o talento de modo que seja um esforço continuo é legitimar as estruturas da desigualdade. Meu caro, quantos jogadores de futebol se esforçam todos os dias para jogar bem e se tonar a próxima grande estrela? Estás a dizer que esses jogadores de futebol que ganham uma merreca, não se esforçam o suficiente? Sugiro tu dar uma olhada na distribuição salarial dos jogadores de futebol (especialmente no Brasil). Quanto ao livro, vou suspender a indicação, pois já efetuei sua leitura, entretanto, os antigos são sempre passiveis de releitura.

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    é um absurdo simplesmente, como é absurdo, volto a frisar, que seja investido dinheiro substancial e não renda resultados, pelo contrário se mostre no mesmo nível ou pior de que países desgraçados
    Concordo contigo, no entanto efetuar cortes não fará com que os resultado melhorem, pelo contrário, como eu disse, é deixar algo que já vem capengando, morrer... Sobre a relação investimento x retorno, não sei te dizer o que deve ser feito para reverter o quadro atual (não tenho vergonha de afirmar isso), mas acredito que seja um problema de gerar incentivos ou efetuar reformas no ensino básico (infelizmente IF's são bem caros, mas demonstram um retorno excepcional).

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Sobre a pergunta da interdisciplinas é simples, integração do pensamento, acabando com o sistema de caixinhas.
    Fácil falar, difícil executar! Já parou pra pensar o caos que vai ser no primeiro ano de integração das disciplinas? Vai ter um monte de professor que simplesmente não vai saber o que fazer, são concursados e não podem ser substituidos por outros melhores (lógica da iniciativa privada). Fazer um nexo que dialogue as disciplinas é algo que eu defendo, mas coloco na balança os problemas de estrutura... No 'plano das ideias', sem dúvida alguma é como tu mencionas.

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Professor não tem 30 minutos, tem 200 horas por matéria em um ano para explicar uma matéria e nem assim consegue, geralmente estendida em vários anos em uma punhetação mental intermitente.
    Vamos fazer um esforço mental aqui... Já vi que você conhece Platão, portanto, devo levar em consideração que você saibas que dá pra elaborar um plano de ensino de 200 horas APENAS de Platão... E ai, os outros filosofos eu corto? Dá pra tratar apenas de filosofia antiga nos três anos de ensino médio também! E ai, Santo Agostinho, São Tomas de Aquino, eu corto? Negligencio os modernos? Deixo de passar Hegel, Hume, Kant, Locke, Descartes e cia?
    Eu ponho minha mão no fogo que é 30 minutos, não tenho mais do que 5 anos de experiência no âmbito da sala de aula, mas o rendimento das minhas aulas se foca no máximo a 20 e 30 minutos. Perco 10 minutos apenas pra mobilizar os alunos, realizar chamada e recapitular um conteúdo passado em uma semana anterior. Não posso realizar um método de ensino que envolva uma oficina didática, pois vai além do meu tempo disponibilizado (assim como já comeu e/ou eu negociei um período). Há toda uma estrutura que limita e desmotiva bons docentes, mas isso é pano pra outro tópico. Não entrarei nem na questão da realidade dos alunos, pra não piorar neh... Dá uma aula em uma escola de periferia e tu vai saber o que eu estou querendo me referir.


    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    por professores universitários que ganham horrores sentados em cima de seus alunos fazendo-os lecionar em seus lugares, formando um lobby ideológico com a premissa de mudar o sistema quando de fato são pela busca dos interesses pessoais? talvez...
    Não sou professor universitário, mas professor universitário ganha horrores? Ganhar em média 10k mensal por um esforço de 9 anos de aprimoramento? É muito? Um cara fazer graduação, mestrado e doutorado pra ganhar 10k é horrores? Tem gente que estuda e se esforça muito menos (em menos tempo), e ganha isso! Lobby ideológico? WTF man! Acho que você tá mirando em um determinado tipo de professor e generalizando ao extremo, sem qualquer dado que realmente caracterize a realidade, pra mim é palavras ao vento, desculpe.

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Professor de filosofia péssimo, bem eu nunca tive um, eu mesmo tive que ir atrás e ler realmente as obras dos grandes, no ensino médio você realmente não tem
    Sabe porque você não teve e meus alunos tem? Por que educação não é tipo de investimento que dá retorno no curto prazo. É uma realidade que muda aos poucos, mas ainda não é o suficiente pra bater no peito e dizer que há filosofia no ensino médio, principalmente, quando uma escola X tem um professor formado na área e a Y, que fica no bairro ao lado, não tem.


    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    no ensino superior brasileiro tem, cuja agenda ideológica do MEC que está em módulos obrigatórios a todos os cursos, faz exatamente em uma trilha linear entre dizer que o pensamento filosófico começa na Grécia com Sócrates e Aristóteles afirmando que a proposições já estão defasadas(piada) e dando um tratamento bem superficial, indo para o Cristianismo e metendo o pau, distorcendo no processo para afirmar ao final que o pensamento completo superior e final está em Marx e Engels como salvadores da pátria, como se o pensamento filosófico tivessem só eles. Kant, por exemplo, você só vai conhecer se fizer direito.
    Isso é um juízo de valor teu que você está generalizando novamente. Particularmente, tive um professor especialista em Platão, que deu uma cadeira inteira só em Platão.. E aí, posso generalizar minha experiência também? Filosofia medieval é basicamente a leitura dos escritos de Aristóteles sob uma visão teleológica cara, para que tá feio. Minha esposa teve Kant em Filosofia (completo, da ética kantiana, epistemologia à filosofia do direito), e ai? Não tem como ter filosofia contemporanea sem ter passado pela filosofia transcendental de Kant, amigo. Quantas graduações em filosofia você fez? Até mesmo em cursos como artes visuais, é obrigado a estudar estética transcendental. Todo mundo entende de filosofia, menos quem estuda filosofia.

    Citação Postado originalmente por Xinshon Ver Post
    Só para finalizar, olhe bem no que você está se baseando, a elite malvada, a verdade que você descobrir quando sair do centro acadêmico é que ninguém dá a mínima para você, todo mundo tem seus próprios problemas, suas próprias vontades e obrigações, que a responsabilidade da sua vida adivinhe, é sua e somente sua
    Qual a relação de elite malvada e ninguém dar a mínima para mim ou para você? Nega a existência de elite ou apenas acha ela benevolente? Te indico dar uma procurada sobre a teoria das elites de Mosca e Pareto.

    Vamos parar por aqui cara, pelo simples fato de você ter me co-relacionado a Marx (me indigna o abismo que se cria entre Marx e a direita, como se não houvesse absolutamente nada entre ambas as posições). Você é inteligente cara, de fato, mas está envolto de doxa. Por último, sobre todos os assuntos dos quais tocamos, em especial desigualdade e mérito, sugiro fortemente a leitura de O Capital no Século XXI de Thomas Piketty.

    Abraços.
    Última edição por Pairon; 20-05-2019 às 00:25.
    Love,
    Pairon.

  7. #7
    Avatar de Xinshon
    Registro
    19-09-2004
    Localização
    Curitiba
    Idade
    29
    Posts
    1.291
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Main CitizenAdepto do OffCríticoCitizen
    Prêmios Mãe Dináh - Acertou alguma previsão para o Winter Update 2018Mãe Dináh - Acertou alguma previsão para o Winter Update 2016
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    https://terracoeconomico.com.br/why-nations-fail-2/

    Bem se esse resumo esta correto a premissa é que instituições fortes no sentido genérico, aquelas que promovem ações positivas no campo econômico e social. Só que tais integrantes das instituições são dirigidas por pessoas, essas indicadas por caráter político-partidário para desempenhar um papel que em tese tem comum acordo com a ideologia e vontade povo votante. Claro sob o rígido comando da constituição, leis e regimentos que basicamente são um reflexo, em sua maioria, da manifestação do povo. Só que a premissa maior que permeia toda a nossa legislação, pelo menos pós golpe militar, é o bem estar do cidadão. Logo se todas as instituições são regidas, com o pensamento final no bem estar comum de acordo com regras que foram escolhidas segundo a aprovação da opinião publica mesmo que indiretamente, as instituições tanto em suas ações como em seus valores têm sua base na cultura do ambiente e refletem-na a mesma proporção. Obrigado por comprovar meu ponto.

    segundo ponto

    meritocracia
    substantivo feminino
    1.
    predomínio numa sociedade, organização, grupo, ocupação etc. daqueles que têm mais méritos (os mais trabalhadores, mais dedicados, mais bem dotados intelectualmente etc.).
    2.
    POR METONÍMIA
    classe ou grupo de líderes num sistema desse tipo.
    3.
    sistema de recompensa e/ou promoção (p.ex., num emprego) fundamentado no mérito pessoal.


    No conceito formal não se diz absolutamente nada sobre igualdade de ponto inicial, meritocracia, repito, é o esforço individual do ser para que seja conquistado uma posição superior de reconhecimento social, financeiro, intelectual. Ponto inicial é uma questão puramente moral, que é lógico existem diferenças, porém não há um limite de crescimento individual, esse limite é imposto pela consciência de cada ser. Muitas vezes imposto por discursos ideológicos, como você está fazendo agora.

    Quanto ao que tange jogador de futebol, sério? acho que tinha coisas muito melhores para categorizar meritocracia, mas sim existem inúmeros jogadores inferiores mal pagos, os bons são aqueles que treinaram dia e noite, que buscam sempre melhorar sua técnica, não fazem corpo mole, se comportam diante das regras impostas pelo clube e tentam mostrar serviço para escalar na carreira. Assim como a vários estudantes que se esforçam e alcançam seus objetivos acadêmicos e profissionais por simplesmente superar as adversidades e fazer o que é necessário.

    Tal mudança do ensino, aliás como todas as reformas profundas, seria gradual, com a devida substituição temporal daqueles que não se adequarem, isso sendo bonzinho, por mim arrumava a legislação para forçar os ativos a se adequarem as metas previstas, demitindo ou realocando os inúteis. Acredite, cortando alguns conteúdos redundantes da carga de cada matéria é possível organizar o tempo melhor. Inclusive com a adoção de modalidades de estudo integral sobra tempo. Aposto que geraria resultados e com isso o investimento retornaria, afinal investimento em educação, çao se chama investimento a toa. No modelo atual é jogar boa parte do montante fora. Você só está exercendo o ceticismo da estagnação ao afirmar que não é possível, com este pensamento na maioria o resultado da equação não será diferente.

    Sim, se fosse dado o cerne do pensamento dos autores seriam coberto a maioria dos relevantes para uma vida saudável, não com apenas dois ou três e superficialmente como é hoje. Quem sabe se ensinarem que para toda verdade existem dois tipos de vista possível e portanto não existe verdade absoluta, apenas uma briga de egos para ver quem tem o pau maior como é feito tudo hoje. Seria meio absurdo tua esposa não ter Kant numa faculdade de Filosofia né, você está com a mentalidade bem fechada sobre o que eu estou falando, ou com a necessidade de me opor apenas pela oposição.

    Eu sei que você está apenas se baseando com os salários do lovemondays, mas professor universitário, se for meritocrático(não resisti), consegue ganhar muito mais com pesquisas individuais, consultorias e teses pagas do que a cadeira o proporciona. Conheço alguns tirando perto dos 20k que são tudo vermelho, com o discurso de igualdade social na teoria com benesses aos interesses pessoais na maioria. Aliás todo serviço publico é assim, no meu orgão a maioria ganha perto dos 30k mensais e é de perder a conta os que são sociais democrátas com as falácias da desvalorização e discurso do bem social, escondendo que um governo vermelho é muito melhor pois da aumento fácil para nós reinantes. By the way quem você acha que financia tua ideologia, afinal sabe que não existe almoço grátis não é.

    Quanto a desatenção dentro da sala de aula, qual será a probabilidade do reflexo da cultura do pensamento que estudar não vale a pena ou é cansativo está imposta ou da cultura do funk é mais atrativo assim como whattsup, já que estudar é perda de tempo. Eu me lembro beeeem do meus tempos de colégio, eu não era o nerd dos estudos, lembro perfeitamente como esses eram ridicularizados, maioria não prestando atenção na aula, conversando e jogando tempo de vida fora. Foi só depois de crescido que entendi a força do estudo, na verdade sempre soube, mas tanto eu como a maioria do que cresceu comigo. Então essa romantização do aluno, me desculpe, mas são os adultos que pensam que os jovens querem estudar. Se for de um lar onde o mesmo padrão já se repetiu no passado, a evasão escolar é a um passo. Só se muda isso com um profundo ajuste na próprio ambiente aka cultura.

    Será que não tem um lobby ideológico, então por que quase todos professores do ensino público são predominantemente de esquerda com grandes afetos pela ideologia marxista, por que todo conteúdo adicional que as faculdades oferecem, seja palestras ou módulos extras, estão dotados de textos onde se coloca a expressão do capitalista burguês malvadão ou do condicionamento a importância de x minoria sendo abusada por y elemento. Com eventos e festividades a aquelas minorias que suportam a minha causa e são utilizados como massa de manobra para conquistas pessoais. Por que essas coisas são tão recorrentes, será ao acaso, simplesmente abre uma porta e todo mundo decide, não acho que vou começar a falar isso, oferecer tal curso já que os estudantes tem que comprovar x horas de atividade complementar e porque não o que eu penso de acordo com minhas próprias frustrações. Sinceramente, no fundo mesmo, é aquele mal caratismo elevado a tripla do eu sei que tem doutrinação, mas como é a minha ideologia, defendo, ridicularizo e apequeno aqueles que apontam a verdade, pois é a unica que me remunera e por isso mantenho o discurso na minha pequena bolha autoritária dita como consciência social do politicamente correto. Estou errado? Será?

    Não nego a existência da elite, ela sempre existiu e sempre existirá, o conhecimento sempre foi o luxo da minoria e em tempos antigos eram regrados por instituições, mas hoje em dia qualquer pessoa tem ferramentas que possibilitam o acesso ilimitado e gratuito a alguns cliques, a desculpa do não posso ou não consigo, como já disse, é apenas no mental de cada um. E claro, se existe elite é porque em determinado momento, a pessoa que forma o conjunto não aceitou o discurso da negação e correu atrás do que queria, se escolheu a ilusão do conforto e da estagnação a culpa não é de um terceiro. Há! mais tem uns pilantras, lógico, esses que se fodam, não são a maioria, você pensa que é pois a midia brasileira faz um excelente trabalho em vangloriar bandido criando a falsa percepção de que sucesso tem algo de errado. Volto a dizer, a responsabilidade da vida é do próprio ser, as escolhas que se fazem são de total responsabilidade de cada um. A minoria que realmente não tem capacidade de segurar as próprias rédeas da vida devem ser cuidadas pela maioria, como já são. Agora quem está plenos ta em plenas condições mentais, físicas e pode encarar a vida de frente e não o faz, adotando o discurso de coitado para parasitar o Estado e propagar essa merda de discurso do fracasso, me desculpe novamente o francês, que se fodam.
    Última edição por Xinshon; 20-05-2019 às 02:53.

    469 513632 62748517 167217367! 3478! 451791612 486486!

    Só sei que nada sei, porém saber o que não se sabe e o porquê de não saber, já é muito saber.

  8. 20-05-2019 09:02
    Este post recebeu votos negativos demais. Clique em "Ver Post" para visualizá-lo.

  9. #9
    Avatar de Joe Dee
    Registro
    04-03-2006
    Idade
    31
    Posts
    2.509
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas NascenteNoobForasteiroOffista
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Pairon Ver Post
    Certamente, você vai se agarrar nisso independente da minha argumentação. Mas vamos lá, ter acesso, não significa que os indivíduos vão abrir um texto e conseguir entender aquilo... Coloco minha mão no fogo, que qualquer um aqui que abrir um livro do Heidegger ou até mesmo do Nietzche, não vai entender o que está sendo passado, sem um treinamento adequado de leitura de textos filosóficos. Mesma coisa de aplica a Economia (e possivelmente outras áreas). Vencer o discurso do fracassado ou legitimar o discurso do vencedor? Dá uma olhada na revista forbes e vê o número de vencedores em proporção ao número de herdeiros, quantos Bill Gates você tem em relação ao numero de Liliane Bettencourt. Reforço a recomendação de Thomas Piketty... Trata desses assuntos e tantos outros.

    Por fim, agradeço a discussão... Não vejo nada mais a ser debatido daqui em diante que vá além dos teus valores de juízo, infelizmente.

    Definitivamente terminamos por aqui, abraços.

    edit: Acabei de saber de um amigo, que um doutorando em oceanografia pelo CEM, recebe no máximo 2.5k pela pesquisa! Então não é por área... Diz ai pra mim, como fazer 20k com pesquisa, eu gostaria de saber!
    Fui checar essa informação de que a maioria dos ricos é por herança e rapidamente achei várias fontes dizendo o contrário... segue uma delas.

    https://www.forbes.com/sites/afontev.../#de6863c33691

    Assista-me em http://www.twitch.tv/borabeneva

    Tutorial Demons no TibiaBR: Demon Hunt Yalahar

    Meus vídeos:
    Spoiler: Hunt Prison Roshamuul -3

    Spoiler: Minha Demon Oak Quest

    Spoiler: Tutorial: Demon Hunt Yalahar East

  10. #10
    Avatar de Pairon
    Registro
    25-02-2013
    Idade
    23
    Posts
    57
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CitizenEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Joe Dee Ver Post
    Fui checar essa informação de que a maioria dos ricos é por herança e rapidamente achei várias fontes dizendo o contrário... segue uma delas.

    https://www.forbes.com/sites/afontev.../#de6863c33691
    "Infelizmente, é impossível ir muito longe com esse tipo de investigação, pois dados como os da Forbes são limitados demais para permitir análise sistemática e confiáveis (ao contrário, por exemplo, dos dados sobre as dotações universitárias que usaremos mais adiante). Em particular, é necessário ressaltar que os métodos utilizados pelas revistas geram uma subestimação significativa das fortunas herdadas. Os jornalistas não dispõem de nenhuma lista fiscal ou administrativa completa que permita avaliar as fortunas: fazem um trabalho pragmático, reunindo por telefone ou e-mails informações de fonte muito variadas, o que permite obter informações sem dúvida únicas, mas poucos confiáveis. [...] A natureza do processo faz com que seja mais difícil coletar os dados das fortunas herdadas (que costuma estar em carteiras relativamente diversificadas) do que os de fortuna nascidas do empreendedorismo ou vias de constituição" (PIKETTY, T. 2012. p, 430).
    "Para os maiores patrimônios herdados, da ordem de várias dezenas de bilhões de dólares ou euros, podemos supor que a maior parte dos ativos permanece nas empresas da família (como os ativos da família Bettencourt na L'Oréal na França ou da família Walton no Wal-Mart nos Estados Unidos). Nesses casos, as fortunas são tão fáceis de detectar quanto as de Bill Gates ou Steve Jobs. Mas, sem dúvida alguma, não é assim para todos os níveis de riqueza: se descermos para o patamar de alguns bilhões de dólares (de acordo com a Forbes, existem a cada ano várias centenas de novas fortunas nesse nível no mundo), e, mais ainda, ao nível de algumas dezenas ou centenas de milhões de euros, é provável que uma grande parte das fortunas herdadas tome a forma de carteiras relativamente diversificadas. Nesse caso é muito difícil para os jornalistas da revistas detectá-las (ainda mais porque, em geral, essas pessoas têm muito menos vontade de se tornar famosas do que os empresários). Por esse simples viés estatístico, é inevitável que as listas da fortunas tendam a subestimar o tamanho das fortunas herdadas." (PIKETTY, T. 2012, p.430-431).
    "Também devemos acrescentar que, nessas revistas, é bem comum existir um viés ideológico muito evidente a favor dos empreendedores e uma vontade pouco velada de exaltá-los, mesmo que isso signifique exagerar sua importância. Sem nenhuma intenção de desmerecer a revista Forbes, vale ressaltar que ela pode muitas vezes ser lida como uma ode ao empreendedorismo e à fortuna útil e merecida - ela própria se apresenta assim. O proprietário da revista, Steve Forbes, ele mesmo um bilionário e duas vezes pré-candidato derrotado do partido Republicano para as eleições presidenciais, não deixa de ser um herdeiro: em 1917 seu avô fundou a famosa revista, origem da fortuna dos Forbes, que ele mais tarde ajudou a ampliar. As listas publicadas pela revista propõem, por sinal, uma divisão dos bilionários em três grupos: os empreendedores puros, os herdeiros puros e as pessoas que herdaram uma fortuna e a fizeram frutificar. De acordo com os dados publicados pela Fobres, em geral, cada um desses grupos representa em torno de um terço do total, mas existe uma tendência - segundo a revista - de haver cada vez menos herdeiros puros e mais herdeiros parciais. O problema é que a Forbes nunca apresentou nenhuma definição precisa desses diferentes grupos (sobretudo a respeito da fronteira exata entre herdeiros puros e parciais), e nada é dito sobre os montantes das heranças. Nessas condições, é bem difícil de tirar qualquer conclusão precisa sobre essa possível tendência." (PIKETTY, T. 2012, p. 431-432).

    Ou quer que eu desenhe?

    Publicidade:
    Love,
    Pairon.



Tópicos Similares

  1. Respostas: 2
    Último Post: 21-03-2008, 19:42
  2. Alguem sabe um lugar pra pega lvel 20?
    Por Kelvin_ no fórum Suporte Geral
    Respostas: 8
    Último Post: 30-10-2005, 12:30
  3. Design | alguem faz um banner pra mim?
    Por Yog no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 1
    Último Post: 23-10-2005, 21:51
  4. Respostas: 29
    Último Post: 01-10-2005, 02:52
  5. Design | Alguem faz um Banner pra mim plz?
    Por Huguin no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 1
    Último Post: 29-05-2005, 03:11

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •