Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 12

Tópico: Contos de Terror Tibiano

  1. #1
    Avatar de Sombra de Izan
    Registro
    09-01-2011
    Localização
    Santa Catarina
    Idade
    34
    Posts
    3.405
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas HerbalistaNoobAutor ExperienteAutor Recorrente
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão Contos de Terror Tibiano

    Saudação Caros Tibianos

    Hoje inicio um dos meus projetos que estavam arquivados, não será uma grande história, mas sim pequenos contos de terror tibianos, será uma história não linear, porém com conexão de uma com as demais, não será aquela história inovadora, mas tentei deixar de uma forma bem redonda. Aproveitem.




    Prólogo

    - Você me dá esse emprego?!, Mas que ótimo!
    - Eu pago adiantado para você morar lá, já tem casa e é de boa qualidade!
    - Nossa minha mulher e meu filho ficarão tão felizes!
    - Eu também estou feliz, com muito custo consegui uma licença para habitar aquela região, sei que tem os boatos, mas vai ver que não é nada do que estão falando!
    - Agradeço a generosidade do senhor!
    - Quando as outras casas ficarem prontas, já tem outras famílias para ir morarem com vocês!

    Uma névoa estranha cai sobre no cais de Thais, dois estivadores que descarregavam uma carga de um dos navios mercantil do porto observam a estranha figura caminhando.
    - Senhor essa área é restrita (fala um dos estivadores)
    - Senhor . . . ?
    O corpo esquelético passa pelos trabalhadores e ambos caem no chão com seus rostos retorcidos, um grito entalado em suas bocas mostra o horror que presenciaram.
    A cidade de Thais já vivera os mais diversos conflitos e batalhas, mas o mal que ali atracara marcaria de vez em sua população.


    As Ghostlands é um local amaldiçoado localizado oeste de Carlin. Muitas foram as tentativas da rainha Eloise de tentar purificar a área, mas todas sem sucesso, sempre causando mortes e desaparecimentos entre o seu exército. Por isso, hoje a área contém uma barreira mágica selando o local para manter todo o mal dentro de Ghostlands.

    Um terrível e árduo trecho de terra desafiou todas as tentativas de cultivo ao longo dos séculos, conhecido como Ghostlands, adquiriram há muito tempo uma terrível reputação que lhes garantiu um papel de liderança em muitas histórias assustadoras. Quem não ouviu falar sobre as ilusões que distorcem a mente, as terríveis aparições e os fantasmas errantes daqueles que pereceram nesta terra maldita?! Os poucos sortudos que conseguiram retornar vivos sabem que os rumores são verdadeiros, mas nem mesmo eles conhecem a verdade total. Pois há criptas escondidas profundamente sob a superfície dos Ghostlands, salões e caminhos há muito esquecidos que precedem até as primeiras tentativas de colonização. Além disso, há rumores de uma estrutura mais antiga e ainda mais sinistra que está escondida em algum lugar no fundo da Terra, que se diz ser a fonte da maldição dos Ghostlands. Mas quem seria tolo o suficiente para arriscar sua sanidade e sua alma apenas para ver se as lendas são verdadeiras ou não?



    https://bocadoinferno.com.br/artigos...ma-fantastico/ - Site boca do inferno - Imagem
    https://www.tibiawiki.com.br/wiki/Ghostlands - Descrição de Ghostlands

    Publicidade:

  2. #2
    Avatar de Shirion
    Registro
    14-04-2016
    Posts
    243
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Autor IniciadoDa CasaConhecidoNeutro
    Prêmios Abóbora Framboesa - Participante no concurso Divinos Doces e Terríveis Horrores I
    Lança do Cronista - Indicação de prêmio por Iridium aceita.
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Legal esse formato de historias menores em sequencia ainda mais historias de terror

    Esses começos ai ja prometem

    Vou acompanhando e esperando a continuação

  3. #3
    Avatar de Sombra de Izan
    Registro
    09-01-2011
    Localização
    Santa Catarina
    Idade
    34
    Posts
    3.405
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas HerbalistaNoobAutor ExperienteAutor Recorrente
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Shirion Ver Post
    Legal esse formato de historias menores em sequencia ainda mais historias de terror

    Esses começos ai ja prometem

    Vou acompanhando e esperando a continuação
    Opa, obrigado pelo comentário, espero não desapontar

    Hoje trago a atualização dos contos, espero que aproveitem.



    A Fuga

    Minha mãe morreu há alguns anos, mas sempre me lembro dela me falar para ser feliz, foi por isso que fugi de Thais, meu pai queria que me casasse por influência política e não por amor.
    Carlin até que não era uma cidade ruim, mas viver escondida me preocupava, sempre podia haver alguma pessoa me procurando, seria difícil imaginar que alguém me seguiria para cá, principalmente por não ter nem parentes e nem amigos nessa cidade.
    - Não vá a Ghostland! - Ghostland é amaldiçoada! repetia um velho.
    Minhas suspeitas se confirmaram, havia sim alguém atrás de mim, corri como pude por entre as lojas lotadas da cidade, mas ele de alguma forma ele me seguia, só me restava uma opção de fuga, ir para onde todos falavam para não ir.
    Atravessar aquela barreira de espinhos não fora difícil, mas entrar naquela terra me dava uma sensação de vazio, o sol já estava se pondo no horizonte, não saiba para onde ir, de repente vi um vulto, uma pessoa.
    - Mamãe é você?
    - Sabia que meu pai tinha mentido para mim!
    Sai correndo para seus braços, quantos sentimentos passaram pelo meu coração, mas seu abraço era tão frio e lúgubre que me deixou atordoada, de repente ficou tão escuro como se nada mais importasse.

    * lúgubre relativo à morte.

    Com isso finalizo mais um capítulo, desejo a todos um ótimo domingo e uma semana abençoada

    https://www.pinterest.co.uk/pin/483222234998054749/ - Imagem - Pinterest - Michael Brulat

  4. #4
    Avatar de Shirion
    Registro
    14-04-2016
    Posts
    243
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Autor IniciadoDa CasaConhecidoNeutro
    Prêmios Abóbora Framboesa - Participante no concurso Divinos Doces e Terríveis Horrores I
    Lança do Cronista - Indicação de prêmio por Iridium aceita.
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Eita historia curta e reta o coitada da menina ma tambem quem mandou entrar em Ghostlands

  5. #5
    Avatar de drk01
    Registro
    04-01-2013
    Localização
    São Paulo
    Idade
    28
    Posts
    7
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Autor IniciadoEstagiárioForasteiroNewcomer
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Muito bom, nunca tinha imaginado um cenário de terror no Tibia, claro que as criaturas muitas vezes sugerem isso, mas não tinha passado pela minha cabeça. Também gostei do formato, espero que tenha mais.






  6. #6
    Avatar de Sombra de Izan
    Registro
    09-01-2011
    Localização
    Santa Catarina
    Idade
    34
    Posts
    3.405
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas HerbalistaNoobAutor ExperienteAutor Recorrente
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Shirion Ver Post
    Eita historia curta e reta o coitada da menina ma tambem quem mandou entrar em Ghostlands
    Como dizem: “a curiosidade matou o gato”.

    Citação Postado originalmente por drk01 Ver Post
    Muito bom, nunca tinha imaginado um cenário de terror no Tibia, claro que as criaturas muitas vezes sugerem isso, mas não tinha passado pela minha cabeça. Também gostei do formato, espero que tenha mais.
    Lembro-me quando ia explorar novos ambientes no jogo e por inúmeras vezes acabava por morrer desta forma, uma das primeiras ainda foi em Rookgard, mal conseguia ver o caminho, pois a tocha estava se apagando, de repente encontrei um buraco e pensei, acho que vou descer, nem vi o que me acertou naquele dia, alguns dizem ser a entrada de uma tal de mino Hell . . .



    Aproveitar essa nova semana e atualizar a história, boa leitura a todos..



    O Detetive

    Naqueles anos de treinamento da TBI* foram os mais difíceis de minha vida, todo aquele treinamento para ir atrás de uma filha de um nobre, é o fim do mundo, mas aceitar me daria uma boa recompensa e também algum crédito na agência.
    Segundo minhas fontes a menina foi para Carlin num barco, sua roupa era muito chamativa para uma pessoa comum, além do fato de estar seguindo sozinha para lá, filha de nobre nenhum seguiria como passageiro de um barco mercantil.
    Viajar no barco de transporte de passageiros comum iria me dar uma boa vantagem, além de que por sorte poderia chegar até antes dela na cidade, já que o barco dela seguia muito devagar por causa da carga.
    Carlin não mudou nada, andei apressado até as docas, mas o navio dela já havia ancorado e os trabalhadores estavam descarregando a carga, perguntei para um se havia visto uma garota, de pronto me disse que viu, ela tinha passado para o centro da cidade.
    Cabelos castanhos enrolados e vestido roxo, não tinha como estar errado, havia achado a moça, por azar ela acabou me vendo se aproximar, a danada saiu correndo no meio da multidão que me fez perder de vista. De repente um velho segura em meu braço e diz:
    - Moço não vá a Ghostland! – lá é . . .
    - Me larga seu velho estúpido!
    Segui na direção que ela correu ao me livrar do velho.
    Ela seguiu na direção da grande muralha mágica, não havia duvidas que ela passou pela muralha de espinhos, tinha visto o sangue fresco pela falha na muralha, precisava me apressar em localizar e salvar ela, não era inteligente ir ali à noite.
    Preferi não acender nenhuma tocha, segundo os relatos dos sobreviventes, deve passar pelo local sem perturbar os mortos, estava começando uma neblina, por sorte encontrei a menina deitada de bruços, coitada devia ter desmaiado de medo, fui colocar a mão em seu ombro, mas o que se virou me gelou o coração, um corpo esquelético me abraça, tento me desvencilhar, mas ele me segura com força, só depois do espanto que noto que me encontro numa caixa escura, grito por socorro, mas os gritos são abafados pelo caixão.

    TBI – Tibia Bureau of investigation – Agência Tibiana de investigação.
    Turba – Multidão.

    Esse capítulo começa a dar forma na história.

    OBS: Não sei se estou com algum problema no PC, mas para poder postar o capítulo e sair todas as palavras correta é meio complicado, não sei se o site do fórum está com algum problema de edição, mas quando marco para postar às vezes fica tudo embaralhado, daí tenho que ir mudando até dar certo.

    httpshttps://www.pinterest.co.uk/pin/47639708544857163// - Imagem - Pinterest - Fenrir Lupin

  7. #7
    Avatar de Shirion
    Registro
    14-04-2016
    Posts
    243
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Autor IniciadoDa CasaConhecidoNeutro
    Prêmios Abóbora Framboesa - Participante no concurso Divinos Doces e Terríveis Horrores I
    Lança do Cronista - Indicação de prêmio por Iridium aceita.
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Mas geral ta entrando em Ghostlands

    Vai sair uma zuera fantasmagorica disso ai quero so ver

    Ta parecendo um conto do Stephen King

  8. #8
    Avatar de Sombra de Izan
    Registro
    09-01-2011
    Localização
    Santa Catarina
    Idade
    34
    Posts
    3.405
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas HerbalistaNoobAutor ExperienteAutor Recorrente
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Shirion Ver Post
    Mas geral ta entrando em Ghostlands

    Vai sair uma zuera fantasmagorica disso ai quero so ver

    Ta parecendo um conto do Stephen King
    Obrigado pelo post.

    É engraçado que a gente sempre tem um motivo para justificar as ausências, embora eu esteja mais com problema para conseguir postar o capítulo mesmo.

    Espero finalizar antes do Halloween.





    Pique Esconde Assusta

    Sempre gostei de brincar com meus coelhos, meu pai sempre dormia de dia e trabalhava a noite, sempre me disse para crescer que um dia iria ocupar o lugar dele, me falava pouco de seu serviço, mas sempre me falava que aquelas brincadeiras não iriam me ajudar em nada.
    A brincadeira que mais gostava era de pique esconde assusta com eles, eu soltava eles no terreno e achava um a um, sempre tentando pregar um susto neles, como era divertido quando desmaiavam com o susto.
    Quando soltei, eles partiram numa disparada, cada um seguindo uma direção, o primeiro encontrei numa toca, o segundo achei num arbusto, ria que me acabava deles caindo duro no chão, com cuidado eu os guardava na bolsa onde ficavam bem quietos, assim não tinha risco de me entregarem aos demais.
    O segredo para um bom susto, além de pegar eles desprevenidos era essa mascara intimidadora que ganhei de meu pai, era uma mascara diferente, tinha cheiro demasiado de ervas aromáticas, sempre me falou para que não tirasse ela.
    O terceiro coelho estava cavando um buraco e nem me viu chegar, já o quarto encontrei indo para uma casa, engraçado que já tinha visto a casa, mas foi de repente que uma coisa me chamou atenção, ao invés de correr ele voltou ao meu colo, nesse instante que guardava ele pude notar o que causou mais pavor, na verdade até mesmo eu tive calafrios, um frio correu por minha espinha e por fim nem pude me mexer, como se estivesse colado ao chão, uma mulher que me lembrava muito minha mãe, só que muito mais nova, ela falava algo com um homem que estava de costas para mim, ela se aproxima dele e ele cai, nisto ela vem em minha direção, mas não consigo tirar desviar os olhos dela e então ela está em minha frente com algo em suas mãos.
    Sabe? Sempre gostei de brincar com meus coelhos . . .

    Com isso finalizo o capítulo de hoje, espero em breve continuar, muito obrigado a todos.
    PS: não to conseguindo colocar as imagens

    https://www.pinterest.co.uk/pin/440367669787136274/ - Abigail Biniecki

  9. #9
    Avatar de Shirion
    Registro
    14-04-2016
    Posts
    243
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Autor IniciadoDa CasaConhecidoNeutro
    Prêmios Abóbora Framboesa - Participante no concurso Divinos Doces e Terríveis Horrores I
    Lança do Cronista - Indicação de prêmio por Iridium aceita.
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Mais um, aparentemente, caiu no saco de Ghostlands, kkkkkk


    Daqui a pouco essa galera aí vai fazer um ataque fantasmagórico a Carlin


    Aguardando o próximo.

  10. #10
    Avatar de Sombra de Izan
    Registro
    09-01-2011
    Localização
    Santa Catarina
    Idade
    34
    Posts
    3.405
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas HerbalistaNoobAutor ExperienteAutor Recorrente
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão CapÃ*tulo Final

    Citação Postado originalmente por Shirion Ver Post
    Mais um, aparentemente, caiu no saco de Ghostlands, kkkkkk


    Daqui a pouco essa galera aÃ* vai fazer um ataque fantasmagórico a Carlin


    Aguardando o próximo.
    Obrigado pelo comentário Shirion, um comentário é as vezes o necessário para finalizar um projeto.
    Obrigado a todos que acompanharam e segue o enredo final:

    V

    https://www.pinterest.co.uk/pin/677017756456822067/ - Claudia Raven
    Meu passado me condena, odeio a minha vida amaldiçoada, mas poderia ser bem pior, é verdade poderia ser muito pior, ao invés de fazer isso, poderia ser o que lanço os que aqui se aventura serem, meu trabalho é muito simples, ser o guardião dessa terra desolada e amaldiçoada pelos mortos.
    Não me recordo um dia que tenha dormido em paz, os gritos, os gemidos das pessoas sempre estão em minha cabeça, além dos problemas que tenho em casa, mas esta casa está longe de ser um lar, que tempo bom era aquele.
    Ando sozinho, perdido em meus pensamentos, somente com uma lamparina e uma lamina, a noite é cheia de terrores, mas os terrores da noite não podem comigo, a um grupo de esqueletos, eles farejam vida, vou segui-los. Eles parecem não notar que eu existo, ou não há nada em mim que os atraia, será que não restou vida em meu corpo?
    Oh, uma mulher e um homem, são oferendas perfeitas, oferendas à rainha, maldita rainha, já me matou inúmeras vezes, aceitar dói menos, retiro um gancho e coloco sob o pescoço da mulher e do homem, saio arrastando eles para a oferenda. Lembro-me que no começo saqueava os corpos, mas agora isso não me interessa mais.
    Pobre mulher, ela irá conhecer os terrores da noite, será uma perfeita cria para a rainha, ela irá se deliciar com os sentimentos dessa jovem, esse homem está em perfeitas condições para se tornar um morto vivo, melhor me apressar.
    Ambos entregues, agora vou lá pegar meu filho e seus coelhos inúteis, sim os deixo em uma toca de coelho, junto com algumas cenouras, agora tenho que ir para minha casa, pouco antes de deitar ela vem e me esfaqueia, meu passado me condena mesmo.

    VI

    https://www.pinterest.co.uk/pin/306807793344207009/ - Valhalla RPG
    A minha família perfeita, casada com um bom homem e com um filho perfeito, o que mais poderia desejar uma mulher? A resposta correta seria nada não é? Mas não, por azar meu ou detalhe do destino sou uma bruxa, manipulei muitas ervas e partes de animais mortos, o poder que dão é incrível, posso fazer de tudo um pouco, mas sei que com o passar dos anos irei ficar velha e morrer, preciso fazer algo a respeito.

    A coleção que tenho sobre bruxaria é imensa, mas um dia encontrei um papiro que falava sobre a necromancia, é uma arte incrível, principalmente por que mostrava um caminho para a eternidade, mas esse caminho necessitava de grandes sacrifícios.

    Fiz meus preparativos e apliquei a magia em mim mesma, eu morri por dentro, mas meu corpo estava vivo, meus olhos fecharam por um instante, ao acordar me bateu uma fome imensa, mas não era uma fome de comida e sim de energia, não sabia que tipo era, ouvi me chamarem, conheço essa voz, mas não me recordo, vejo um homem, tento falar com ele, mas meu desejo é grande, me aproximo dele e com um beijo lúgubre tiro todas as forças dele, ele cai desfalecido, me sinto ótima, ai vejo uma criatura estranha, ela se hipnotiza por meu olhar, sim, pego uma faca e finalizo meu ritual, mas o que fiz? Matei minha família por quê? No desespero cravo a faca em meu peito, todo o meu sangue se esvai, se pode chamar de sangue.

    Eu não morro, mas volto, dou um grito de desespero por não aceitar a situação, toda vida ao redor se esvai, grama, árvores e animais morrem num instante, reanimo minha família ou o que restou dela, será que consegui o que queria?

    VII

    A tradicional arte de pastorear, sim essa é a verdadeira arte de um bom pastor, sempre gostei de levar meus rebanhos para pastorear nas montanhas de femon hills, mas com os ataques cada vez mais frequentes daqueles goblins malucos, fui obrigado a partir de lá, cada região contava com um problema específico, em Venore quase não havia pasto para as ovelhas, em Thais os pastos eram disputados com os cavalos, em Abdendriel haviam aqueles veados brancos, só me restou Carlin para levar meu rebanho.

    Carlin sim tinha potencial, encontrei uma região perfeita, não haviam trolls e nem golens como ao norte e ao leste da cidade, nessa região o único problema era a terra amaldiçoada, mas contado que nada entrasse lá não teria problemas, os animais sentiam o desconforto de lá e evitavam pastar próximo a muralha, mas como quase nem haviam animais, sobrava pasto e as ovelhas comiam a vontade, cresciam e produziam uma boa lã.

    Além de meu oficio, encontrei outra função por assim dizer, enquanto cuidava das ovelhas eu monitorava a barreira, qualquer diferença logo chamava um dos druidas para concertar ela, isso sim que era magia, mas me espantam quantas passagens já foram feitas para essa terra maldita, é incrível o que se passa na mente de uma pessoa que se joga num lugar destes, é um caminho sem volta, sua vida, sua família, todos sofrem com essa decisão, aqueles que um dia voltam, já não são mais os mesmo, os poucos sobreviventes que vi saírem estavam deploráveis, não sei o que tem ali dentro, mas prefiro nem querer saber, oh uma abertura, bom ora de recolher as ovelhas e chamar um druida antes que algo saia dali.
    Me dá calafrios só em poder ver essa terra, que os deuses tenham piedade de quem passou por ali.

    VIII

    Mais um dia nessa cidade, quantos anos já se passaram desde que estou aqui? Não é tempo de desperdiçar pensando em besteiras, tenho um trabalho importante, alertar a todos sobre os perigos de ghostland, levanto minha placa e continuo esse árduo serviço:
    -Não vá a ghostland! É uma terra amaldiçoada!

    Oh céus, aquela sombra de novo e está naquela jovem, vou ajudar ela, nossa passou muito rápido, nem tive como falar com ela, mas outra sombra em um rapaz, esse não me escapa, moço não vá para ghostland lá é . . .
    - Me larga seu velho estúpido! Fala o rapaz

    Esses jovens não tem mais respeito com os idosos, ele me derrubou no chão e nem quis saber do que eu falava, aquela sombra, é não restam duvidas eles estão indo para lá e estão condenados, que os deuses tenha piedade da alma deles.

    Um comerciante me ajuda a levantar.
    - obrigado jovem senhor!
    - Não há de que!

    Bato na minha roupa para tirar a poeira e depois vou até o espelho da loja ver como ficou, mas não posso acreditar, a sombra está em mim agora, ou será que nunca saiu de mim? Não posso contrariar esse fardo, afinal, fui eu quem levou aquela família naquele lugar!

    Pesadelos me atormentam a noite e acordo depois de um deles, mas espera, ouço alguém me chamar, mas quem será, minha memória a pouco se foi, não consigo me recordar, caminho na direção a voz e estou na frente da barreira, será que chegou a minha vez de conhecer meu destino?

    IX

    Lembro como se fosse ontem, nós nos reunimos em um grande grupo de druidas, assim conseguíamos ensinar muitas mulher as artes sagradas da terra, para que possamos manter uma situação mais confortável em termos de alimentação na cidade.

    Graças as convocações havia os mais diversos tipos de druidas e cada um de uma região distinta, devido nosso compromisso sagrado com a natureza, temos os mais diversos tipos de conhecimentos sobre a vida, já sobre a morte e suas maldições nem tanto assim.

    Era meio dia, o sol estava em seu ápice, aproveitávamos o momento para que as mulheres da cidade fizessem a comida, para testar suas habilidades, foi então que ouvimos o grito, era um grito pavoroso, com ele vinha uma onde de energia negra, animais silvestres e pássaros voavam para as mais diversas direções, me juntei ao grupo de druidas em linha contra essa onda, mas por aonde ela vinha, aparecia um rastro de morte e podridão, juntos usamos nossa magia, a runa de crescimento selvagem, com ela esse mal não poderia transpassar, mas mesmo assim ele começou a penetrar pela terra, nos juntamos as mãos, todas as mulheres, crianças e demais moradores da cidade nos ajudaram nesse abraço fraternal, com isso a barreira se tornou maior e mais poderosa, o misto dessas energias ajudou a barreira a transcender as expectativas, ela arrodeou toda a área afetada por essa maldição.

    Hoje, quando me chamam, venho até a barreira recompor um pedaço que esteja danificado ou deteriorado, sempre amarro essas fitas vermelhas, pelas almas daqueles que ousaram transpassar nossa barreira, pois ela foi feita para conter o mal dentro e não para barrar quem quer que queira passar para ele.

    Por isso, hoje a área contém uma barreira mágica selando o local para manter todo o mal dentro de Ghostlands. Tibia Wiki

    X

    Parece que uma eternidade já passou, mas não foram tantos anos não é mesmo, que ótimo, outra cria em potencial, a quanto amor, quanta paixão, mas logo irá conhecer os terrores, levem essa menina a câmara do desespero, quando acordar seus gritos irão se unir aos demais, vão minhas crianças.

    Quantas almas já me pertencem, mas preciso de mais, muito mais para poder passar da barreira mágica, talvez assim consiga aumentar o meu domínio, malditos druidas, essa barreira me impede completamente de sair deste lugar, algumas crianças já morreram tentando também, mas quando esta cria ficar pronta, a sim vou enviar ela para fora, quem sabe tenha mais chance que as demais. Preciso de um bom plano, vou caminhar um pouco para refletir sobre isso.

    Há quanto tempo não venho à superfície, nossa como esse lugar mudou, tantas crias das trevas andando por ai, observo a barreira e vejo pequenas falhas, elas não estavam aqui, quem será que as criou, só pode ser algo externo.

    - Minha rainha a cria esta pronta!
    - Perfeito, tragam aqui que tenho uma ideia para ela!

    XI

    Após concluir a missão, encerro por relembrar memórias antigas, caminho de volta a minha antiga casa, nela encontro meu filho e meu marido deitados, quando me aproximo uma dama de branco vem até mim, não me recordava de ter visto ela antes, ela vem ao meu encontro e me abraça.

    São raras as vezes que saem lagrimas de meus olhos, esse minha parte ainda vive na superfície, pensei ter la esquecido a muito tempo, meu coração se alegra ao poder ver meu filho dormindo, sua respiração me tranquiliza, logo encontro meu marido, ele estava com seu jaleco negro, não tinha o costume de tira-lo.

    Deito ao seu olho e contemplo as estrelas, será que elas sempre estiveram ali, viro para o lado e chamo meu marido.

    - Querido! Já está na hora de ir trabalha!

    Ele se levanta sem nada dizer

    Epílogo

    Estava sentado a mesa aguardando alguma notícia, tinha confiança no serviço prestado pela agência de investigação tibiana, esse conhaque de Svargrond é mesmo uma delícia, quase me faz esquecer do motivo que estava lá.
    De repente um funcionário vem apressado e me entrega uma carta com selo da agencia, abro e leio rapidamente a mensagem, amasso o papel e jogo no lixo. É uma merda mesmo, garota burra, agencia incompetente.
    Deixo a agencia central e desloco para minha residência, já é de noite, quando deixei de prestar atenção ao clima, mas isso nada importa, só uma boa noite de sono para organizar meus pensamentos.
    Chego em casa, sinto que o clima esfriou, mas estamos no verão? Deve ser só impressão, ou alguma coisa mudou em mim, ouço alguém me chamar! Filha é você? Não consigo enxergar pela penumbra da casa, as luzes já eram para estarem acessas, funcionários incompetentes, amanhã eles me pagam, quando vejo um corpo e um homem velho caído no chão, o que será que aconteceu com ele, ao ouvir uma voz me chamando do meu lado todo o meu corpo se enrijece, não consigo mexer um músculo sequer, ela se aproxima de mim e tudo vai se escurecendo, raio de casamento arranjado. Culpa da mãe dela. . .

    - Esta casa foi amaldiçoada, vamos estabelecer um templo por cima dela, qualquer das maldições aqui existentes ficará presa por debaixo de nossa estrutura!
    - E pensar que nessa região era para ser próspera!
    - Vamos fazer o possível para que não aconteça o mesmo que aconteceu em Ghostlands!


    Mais uma vez obrigado a todos que leram até aqui, quem sabe um dia finalize a outra história também, sucesso a todos e se cuidem.

    Publicidade:



Tópicos Similares

  1. Jogos | Tibianos - jogo de terror pior que slender vejam
    Por lucasmedeiros no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 9
    Último Post: 17-08-2012, 12:34
  2. Tibianos - jogo de terror pior que slender vejam
    Por lucasmedeiros no fórum Tibia Videos
    Respostas: 0
    Último Post: 16-08-2012, 14:58
  3. CONTOS DE TERROR
    Por tonyko no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 17
    Último Post: 26-08-2005, 22:20
  4. Fotos da segunda exposição de items tibianos
    Por Ennyn no fórum Tibia Screenshots
    Respostas: 90
    Último Post: 21-12-2004, 07:19
  5. Jogos de Fórum | Jogo da Historia de Terror
    Por lucas no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 20
    Último Post: 09-12-2004, 17:04

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •