Resultados 1 a 7 de 7

Tópico: As minorias e a resposta Bolsonaro

  1. #1
    Basterds Boss (Y) Avatar de Don Maximus Meridius
    Registro
    06-12-2009
    Localização
    Guarulhos
    Idade
    29
    Posts
    6.428
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Kevin PostnerColunistaOffistaEscritor
    Prêmios Medalha de Ouro
    Peso da Avaliação
    0

    Arrow As minorias e a resposta Bolsonaro

    To vendo muita gente dizendo que não entende essa ascensão do Bolsonaro no cenário político, e como pode o povo votar num cara tão intolerante quanto às minorias. Pensando sobre eu vejo um caminho muito claro que resultou nisso:

    Historicamente temos mulheres sendo oprimidas e ganhando aos poucos novos direitos, o mesmo aconteceu com negros, gays e outras minorias. Temos a maioria forte, que oprime e tem o poder em suas mãos, e o pensamento padrão dela impede ou limita o desenvolvimento das minorias. Como resolvemos isso?

    A forma mais tranquila (e feita por uma boa parte de quem defende as minorias) são campanhas de conscientização, mostrando que somos todos iguais e ninguém merece ter menos direitos que outros. Mas existe uma outra grande e barulhenta parte que adota a estratégia de bater e mudar isso à força, alguns exemplos:
    - Manifestações com o propósito de ofender cristãos (mijando em santa, simulando Maria abortando, etc), num país que 86,8% (censo 2010) da população é cristã;
    - Grupos de minorias chamando a maioria de nazistas/facistas (comparando todas as pessoas que não fazem parte dessa minoria com assassinos inescrupulosos, genocidas);
    - Morte ao patriarcado, família tradicional com homem no comando é nojenta e tem que ser destruída.

    Se estão certos ou errados, esse não é o propósito do tópico. O que acontece é que quando você ataca de forma agressiva a maioria (os mais fortes, mais poderosos) você corre um risco enorme da maioria se sentir ameaçada e contra-atacar. E é exatamente isso que aconteceu, a barra de rage da maioria encheu e o nome do ataque especial é Jair Bolsonaro.

    Há quem diga que as coisas só mudam à força, mas acho que tivemos um bom exemplo de mudança com o cigarro: começou com campanhas dizendo os males à saúde que o produto causava, e só depois da ideia estar largamente difundida na cultura do país começaram as proibições e regras mais duras. Se nos anos 70 e 80 a estratégia principal pra combater o cigarro fosse dizer que todo fumante é um assassino desprezível, talvez não tivesse dado tão certo como deu.

    O que vocês pensam sobre isso?

    Publicidade:


    Quer ver os meus desenho clica na imagem aí então zé

  2. #2
    Avatar de Allan Kreed
    Registro
    04-07-2005
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    741
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Main CitizenAdepto do OffCríticoDebatedor
    Prêmios Abóbora Framboesa - Participante no concurso Divinos Doces e Terríveis Horrores I
    Mãe Dináh - Acertou alguma previsão para o Summer Update 2015
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    2 ou 3 pessoas fazem essas coisas no meio de milhares na multidão e a mídia é culpada em divulgar

  3. #3
    Avatar de Bob Joe
    Registro
    25-05-2007
    Localização
    Juiz de Fora
    Posts
    6.652
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Kevin PostnerOffistaColunistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Então Don, acho que você está sendo anacrônico e imediatista nesse post. Vou falar de um contexto geral, sem especificar o momento que vivemos e os exemplos que você deu, espero que compreendam o escopo do que vou dizer:

    Vamos lá, a história do mundo não começou nos anos 1960. A humanidade e as sociedades humanas passaram séculos utilizando como base moral e ética ideias totalmente diferentes do que temos como base de civilidade hoje. O próprio conceito de direitos civis é algo extremamente recente nesse decurso histórico, bem como a valorização da liberdade. Para uma pessoa de 1000 anos atrás, seria óbvio e natural alguém já nascer pré-destinado a um poder sobre outras pessoas, bem como ter para si seres humanos como propriedade. Isso não era uma questão a 1000 anos.

    Pensar que as conquistas de liberdade da humanidade vieram de "conscientização" é MUITO anacrônico e até um pouco ingênuo. O ser humano escravizou, matou, excluiu, dizimou e criminalizou pessoas por raça, gênero, sexualidade, nacionalidade, religião e outras características mais banais por MILÊNIOS (e ainda faz isso, lembre-se que o mundo não é só o ocidente). Não é como se estivéssemos sempre lutando por liberdade. O conceito de mulher como ser humano ou preto como ser humano é relativamente recente, bem como outras minorias (como os deficientes, por exemplo). O conceito desses grupos como indivíduos e cidadãos é mais recente ainda!

    Ou seja, para cada época, para cada tipo de exclusão e para cada entendimento sobre o ser humano e liberdade, tivemos lutas diferentes, com características diferentes, dadas por pessoas diferentes. O negro não foi igualado ao branco só na base de conscientização. Teve quebra-pau, teve guerra, teve sansões econômicas, mudanças culturais e até religiosas envolvidas. E mesmo depois de tantos anos, as consequências do que foi esse processo ainda estão aí. Os negros estão mais presentes em favelas e presídios e isso não é uma coincidência.

    O processo de liberdade não é simples. Quando a liberdade falta, existem camadas que são beneficiadas com isso. E essas camadas não vão querer abrir mão desse benefício. O problema de todo seu raciocínio é que ele inverte causa-efeito: quem luta pela liberdade é que está reagindo.



    Falando dos seus exemplos e do nosso contexto atual, eu digo o seguinte: existe sim uma onda reacionária às questões de liberdade postas nos últimos anos. E veja, essas questões de liberdade não foram apenas de direitos, de lei (mas também foram, com os homossexuais, por exemplo). É questão também que envolve cultura e contracultura, que envolve religião e bases da moralidade e ética. Muita gente que era subclasse de ser humano deixou de ser. Muita gente que era criminalizada ou marginalizada começou a ter voz. E quando não se tem voz por muito tempo, as vezes o grito é exagerado.

    Resumindo, acho que a onda em que vivemos de progressismo é uma reação à onda de repressão que existiu na ditadura. E essa onda está sendo respondida com uma outra onda reacionária, do status quo que tem medo de perder as bases morais e éticas que tanto valoriza. Dependendo do que você acredita, pode pensar que o legal seria sempre dar um passo a frente. Eu sou um pouco pessimista e acredito que não precisa muito para que a gente regrida vários passos para trás. Em pleno 2018, temos dezenas de países no mundo que são teocracias, ditaduras ou tem governos que valorizam muito pouco o indivíduo.


    Enfim, eu teria muita coisa a dizer sobre isso. Sei que esse é o momento político em que as pessoas estão mais ignorantes e tudo que eu disse vai ser encaixado em caixinhas políticas que as pessoas resolveram comprar e se enfiar (infelizmente, porque o Off já foi lugar interessante de conversar sobre política). Por isso vou tentar focar em quem quiser conversar direito e ignorar chorume.
    Última edição por Bob Joe; 11-10-2018 às 18:03.
    Liga das Lendas: Vintas


    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/07/Motto_frederick_douglass_2.jpg

  4. #4
    Basterds Boss (Y) Avatar de Don Maximus Meridius
    Registro
    06-12-2009
    Localização
    Guarulhos
    Idade
    29
    Posts
    6.428
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Kevin PostnerColunistaOffistaEscritor
    Prêmios Medalha de Ouro
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Bob Joe Ver Post
    ...
    mas será que a única forma de se mudar isso em pleno século 21 é bater na maioria > apanhar feio > esperar a maioria por a mão na consciência e permitir a minoria avançar? Com toda essa comunicação instantânea que temos hoje ainda precisa ser do jeito antigo?

    Talvez eu tenha fé demais na humanidade, mas acho que com a tecnologia de hoje da pra fazer a galera calçar os sapatos de quem sofre e entender qual a realidade e porque precisamos mudar.


    Quer ver os meus desenho clica na imagem aí então zé

  5. #5
    Avatar de Bob Joe
    Registro
    25-05-2007
    Localização
    Juiz de Fora
    Posts
    6.652
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Kevin PostnerOffistaColunistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Don Maximus Meridius Ver Post
    mas será que a única forma de se mudar isso em pleno século 21 é bater na maioria > apanhar feio > esperar a maioria por a mão na consciência e permitir a minoria avançar? Com toda essa comunicação instantânea que temos hoje ainda precisa ser do jeito antigo?

    Talvez eu tenha fé demais na humanidade, mas acho que com a tecnologia de hoje da pra fazer a galera calçar os sapatos de quem sofre e entender qual a realidade e porque precisamos mudar.
    Eu acho que estamos em um corte muito pequeno de tempo histórico. Talvez a "forma correta" aconteça. Ou talvez nada aconteça e o ocidente retorne a valores antigos. Não conseguimos até hoje resolver o dilema Malcolm X vs. Luther King, e isso já tem quase 50 anos. Não é como cultura e bases éticas e morais de uma sociedade mudassem da noite para o dia, mesmo com a evolução da comunicação.

    O fato é: independente da ideologia, independente da causa ou da época histórica, por tudo que já vi e já li, não consigo tirar razão de quem luta pela própria vida e pela própria liberdade. Mesmo que seja de maneira tosca, meio escrota e, as vezes, desrespeitosa. E isso porque o equilíbrio das forças é totalmente desigual, quem pertence ao status quo são sempre aqueles que tem mais poder político e econômico. A gente pode achar que vivemos em um país super moderno e progressistas mas isso não é verdade. É só procurar conversar com essas pessoas que você vai perceber que, culturalmente, não tem nada de moderno no Brasil.





    Liga das Lendas: Vintas


    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/07/Motto_frederick_douglass_2.jpg

  6. #6
    Avatar de My on easy
    Registro
    07-09-2006
    Localização
    SC é o meu país
    Idade
    24
    Posts
    3.520
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas OffistaEscritorCríticoDebatedor
    Prêmios MVP Werewolf TBR - Se destacou nas edições III e IV do Werewolf TibiaBR
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Acho que independentemente do presidente, a força que a política tem hoje em dia para controlar os valores morais de uma sociedade é muito mais fraco do que já foi.

    Isso significa que não vai rolar leis sexistas, racistas, etc etc... Isso é muito anti-político em qualquer cenário, nem o bolsonario faria isso.

    O povo dá muita bola pra presidenciável, achando que se X ou Y for eleito o Brasil vai mudar sua cultura ou isso vai dá um aval para as pessoas cometerem idiotices ou justificarem os crimes. Guess what? O presidente não julga, quem julga é o juíz. Se o juíz for machista, sexista, ai sim tu tens um problema.




    Gosta de Poker? Quer aprender mais ou jogar com auxilio de um software on-line que conta com ferramentas incríveis de análise estatística e inteligência artificial?

    Conheça minha iniciativa blurrymind.com


  7. #7
    Avatar de rev
    Registro
    27-03-2011
    Posts
    757
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Main CitizenAdepto do OffCríticoDebatedor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por My on easy Ver Post
    O povo dá muita bola pra presidenciável, achando que se X ou Y for eleito o Brasil vai mudar sua cultura ou isso vai dá um aval para as pessoas cometerem idiotices ou justificarem os crimes. Guess what? O presidente não julga, quem julga é o juíz. Se o juíz for machista, sexista, ai sim tu tens um problema.
    pode eleger preconceituoso e homofobico declarado que n dá nd nao

    pode confiar

    https://www.bbc.com/portuguese/brasil-45826628



Tópicos Similares

  1. quero mas resposta sobre as recover key
    Por lordvermilho no fórum Suporte Geral
    Respostas: 4
    Último Post: 30-07-2006, 12:36
  2. quero mas resposta sobre as recover key
    Por lordvermilho no fórum Tibia Geral
    Respostas: 0
    Último Post: 30-07-2006, 10:09
  3. ALGUEM ae tem as respostas po test d tutor?
    Por Mage of comunity no fórum Tibia Geral
    Respostas: 11
    Último Post: 26-07-2006, 11:21
  4. FOTO RESPOSTA é proibido aki, mas postar as que temos não.
    Por Senhor Mistério no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 36
    Último Post: 19-11-2005, 10:13
  5. Teste de Pureza. As respostas dele determinam se você tem vida social? o.O
    Por Alca Vicius no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 47
    Último Post: 29-07-2005, 23:44

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •