Resultados 1 a 7 de 7

Tópico: [BG] Kaditta Thirya

  1. #1
    Avatar de Kaditta
    Registro
    04-08-2017
    Posts
    37
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EstagiárioNewcomer
    Peso da Avaliação
    0

    Atenção [BG] Kaditta Thirya

    Nome:      floral1brushbyhawksmont.png
Visitas:     16
Tamanho:  37,6 KB




    Nome:      separador (1).png
Visitas:     16
Tamanho:  4,1 KB


    Nome:      b73aeb604aafc48d7e4a7afcf89adb20-floral-swirls-line-ornament-2-by-vexels.png
Visitas:     32
Tamanho:  14,7 KB
    Dados Pessoais


    Nome:      PicsArt_08-04-04.54.34.jpg
Visitas:     16
Tamanho:  168,5 KB

    MAIS DETALHES: KADITTA




    Nome:      b73aeb604aafc48d7e4a7afcf89adb20-floral-swirls-line-ornament-2-by-vexels.png
Visitas:     32
Tamanho:  14,7 KB
    História de Kaditta


    Nome:      8ca1a465edb2701ce85e081478a28a4d.jpg
Visitas:     16
Tamanho:  283,1 KB


    Kaditta nasceu em Ab’Dendriel, em 1994. Cresceu dentro de bibliotecas, sendo educada pelos anciões da cidade como as outras crianças elfas. Era uma garota sorridente, ingênua e divertida, que fazia amizade facilmente com desconhecidos. No dia em que estava completando 7 anos de idade, sua vila foi visitada por uma bondosa maga, de nome Thirya. Ela tinha uma beleza exuberante; de tirar o fôlego. Seus cabelos eram negros e cacheados, e lhes caíam nas costas, sendo balançado facilmente pela brisa ao redor. O seu corpo tinha curvas bem desenhadas, que atraíam olhares desejosos. Trajava um longo vestido escuro, que deixavam os seus ombros à vista, com costuras bem trabalhadas, e arrastava no chão conforme ela andava. O seu rosto tinha traços finos e delicados, e a sua pele parecia a de um recém-nascido. Seus olhos eram de cor violeta brilhante, e os seus lábios carnudos estavam pintados com uma coloração leve de rosa. No seu pescoço pendia um curioso colar de fita preta, com uma estrela de obsidiana e diamantes incrustados. Seu perfume cheirava à lilás e groselha, e Kaditta nunca se esqueceu deste cheiro. Ela foi bem recebida por todos, e o seu nome era conhecido na cidade, mas Kaditta nunca ouvira sobre ela.

    Spoiler: FOTO
    Assim que a pequena elfa viu a visitante, se encantou instantaneamente, rodeando-a como todas as outras crianças também fizeram, curiosa sobre tudo o que ela tinha a dizer. A maga foi levada para um aposento confortável, para descansar de sua viagem. E enfim a noite chegou, mas com ela veio também os terríveis piratas. Quando o sol se escondeu, desembainharam suas espadas e marcharam rumo aos portões de Ab’Dendriel para saquear a cidade. Os soldados alertaram a população para que se escondessem no subsolo, enquanto lutariam bravamente pra protegê-los. Entretanto, assim que os alarmes soaram e todos começaram a se agrupar, Thirya caminhou até a frente do portão, levando o seu livro mágico e folheando-o enquanto os piratas se aproximaram. Ao derrubarem os portões da cidade, a maga começou a conjurar feitiços em alta voz, e chamas vivas começaram à cair do céu na direção dos saqueadores. A cena era intimidante e magnífica; nenhum dos soldados elfos era atingido pelo fogo, enquanto os piratas gritavam e corriam para fora da cidade. Quando terminou, todos os elfos que a assistiam aplaudiram-na e comemoraram a noite toda com ela, pela vitória que haviam conquistado naquele dia. Depois deste acontecimento, Kaditta teve uma firme certeza; ela se tornaria uma maga um dia.

    A pequena elfa então começou a se isolar na biblioteca, procurando todos os tipos de livros sobre encantamentos, magias e magos em geral. Estudava dia e noite, parando apenas para comer e dormir, sem jamais desanimar. Entretanto, sua rotina era cansativa e esforçada demais para uma criança na idade dela, então não demorou muito para que Kaditta adoecesse. Seus pais ficaram muito preocupados com ela, e cuidaram dela com bastante zelo, até que se recuperasse. Seus primos vieram morar em Ab’Dendriel na mesma época, e incentivavam Kaditta à brincar com eles todos os dias. A garota então começou a dividir melhor o seu tempo, estudando todas as manhãs, brincando durante a tarde e descansando a noite. Sua rotina foi esta até que não restasse mais livros para ler em Ab’Dendriel, e o desespero tomou conta dela. A bibliotecária local, vendo o seu esforço durante anos, procurou entrar em contato com uma Academia de Magia que existe em Edron através de várias cartas, até que conseguiu uma doação de livros de magia para a biblioteca de Ab’Dendriel. Kaditta ficou imensuravelmente feliz, e agradeceu o feito por dias, ganhando ânimo novamente para continuar os seus estudos. Enquanto mergulhava nos vários livros novos, lendo-os um atrás do outro todos os dias, Kaditta encontrou uma ficha de inscrição para a Academia de Magia dobrada entre as folhas de um dos livros. Ao encontrá-lo, vibrou de felicidade, na esperança de conseguir entrar na academia e estudar com outros aprendizes. Porém, a cidade ficava muito longe dali, cruzando o mar, e os seus pais, amando e temendo por sua única filha, jamais permitiriam que a ingênua elfa se aventurasse sozinha para lá. O sonho de um dia aprender magia com os mais brilhantes magos do continente permaneceu no coração de Kaditta.

    Até que um dia, com a idade de 14 anos, ela ouviu dois guardas conversando sobre “Edron” enquanto caminhava pela cidade rumo à biblioteca. Ao ouvir este nome, Kaditta se escondeu e ficou acompanhando a conversa deles, curiosa como sempre. O guarda falava sobre um navio mercante, que passaria pela cidade no dia seguinte para trocar mantimentos e outras mercadorias, e navegaria em seguida para Edron. A elfa então teve a ideia mais idiota de todas; ela entraria escondida no navio mercante, e desembarcaria em Edron, com a sua ficha de inscrição em mãos. Durante aquela noite, escreveu uma carta avisando sobre o que teria feito aos seus pais, para que soubessem o seu paradeiro ao notar a sua ausência. Arrumou uma mochila leve, guardando nela apenas o que julgou necessário, sendo: algumas moedas de ouro, roupas para um mês e os seus livros favoritos. Na manhã seguinte, ela estava com um sorriso sapeca no rosto, e uma expressão clara de que iria aprontar, na frente dos portões de Ab’Dendriel. Quando os mercantes chegaram, a elfa aproveitou toda a movimentação no local e entrou em um dos barris, sendo levada por um deles para dentro do navio. Depois de algumas horas, ouviu os gritos dos mercadores puxando a âncora, e começou a pela primeira vez.
    A viagem no mar estava sendo tranquila; tão tranquila que Kaditta adormeceu no barril em que estava escondida. De repente, gritos começaram a ser ouvidos por ela lá fora. “Piratas”, diziam desesperados.


    Spoiler: FOTO
    Um navio pirata se aproximava deles em alta velocidade, balançando a sua bandeira negra e dispostos à matar pelo ouro. Kaditta se encolheu e abraçou a sua mochila, temendo pela sua vida. O barulho só aumentou daí em diante; gritos e mais gritos eram ouvidos enquanto o caos se instalava naquele local, e em alguns minutos, gargalhadas maquiavélicas eram dadas próximas ao convés. Os marujos começaram a movimentar os barris de vinho para o navio deles, e Kaditta foi levada dentro de um destes barris. Todos os mercadores estavam mortos e, após deixarem o navio mercante, atearam fogo nele e abandonaram-no para sumir no horizonte. A ingênua elfa ficou paralisada dentro do barril, chorando baixinho, temendo pela sua vida. Foi quando um jovem pirata entrou no deposito de bebidas com uma caneca vazia, para enchê-la de rum. De todos os barris que ele podia abrir, ele escolheu justamente o que ela usava como esconderijo, e se assustou com o que viu. Assim que a garota elfa foi descoberta, abriu os lábios arregalando os olhos, prestes a gritar. Antes que pudesse soltar a voz, o pirata colocou as mãos na boca dela, para que ela não alertasse os outros. Encarando-o fixamente com os seus olhinhos curiosos, a garota fechou os lábios então, e ele suspirou aliviado. “Você está escondida, mas ia gritar?” Ele a olhava com indignação. Kaditta apenas levantava os ombros, sem saber o que dizer. Apresentaram-se então, e ela contou para ele o seu objetivo, e o motivo de estar ali.

    O garoto apenas colocava a mão na testa, desacreditado. Seu nome era Lost Aisure. Sua pele era queimada do sol, e as suas vestimentas eram rasgadas, como as dos outros piratas. Usava um lenço preto na cabeça, escondendo os seus fios castanhos ondulados. Os traços do seu rosto era belo, mas ele estava sempre com uma expressão séria e impaciente, o que fazia Kaditta não encará-lo demais. Ela ainda não sabia os motivos dele ter poupado a sua vida, mas também não se atrevia a perguntar, respondendo apenas o que ele queria saber. O garoto ficou próximo do depósito a viagem toda, tomando conta dela. Sempre que um pirata se aproximava, ele se certificava de que o homem não pegaria a sua bebida por conta, e se oferecia para servi-lo; desta forma, ninguém se aproximava dos barris. Quando estavam próximos o suficiente de Edron, já era noite. Lost Aisure levou Kaditta em secreto até um bote salva-vidas, alertando-a que eles não ancorariam em Edron (como os mercantes iriam fazer) então ela deveria remar. Durante a despedida, se olharam em silêncio por longos segundos, até que Kaditta avançasse para cima de Aisure abraçando-o com gratidão. Ele correspondeu o seu abraço soltando um suspiro surpreso. Por fim, se despediu com um “se cuida”, e ela partiu.


    Foi difícil para Kaditta chegar às margens de Edron, por nunca ter remado antes, mas ela conseguiu. Ao chegar à cidade, deu um grito satisfeito, tomada pela emoção de finalmente ter conseguido apesar de tudo o que passou.
    Quando chegou à Academia, com apenas a sua mochila e o papel antigo de inscrição em mãos, contou com euforia tudo o que tinha passado para chegar até lá. Os magos que a receberam ficaram boquiabertos com a sua coragem (e ingenuidade para fazer uma loucura dessas) e resolveram dar uma chance para ela tentar entrar; para isto, ela teria que fazer uma prova, provando que havia estudado pelos anos que disse ter feito. Felizmente, Kaditta estava preparada para isto, e a prova foi gabaritada com facilidade. Os anos e anos trancada na biblioteca, lendo os milhares de livros que leu, serviram de alguma coisa. Vibrou de felicidade ao receber a noticia de que a sua inscrição havia sido aprovada, porém, agora tinha outro problema. Como manteria os seus estudos, e sobreviveria na cidade, tendo apenas algumas moedas na mochila? A garota obviamente não tinha pensado nada disso, ao partir de Ab’Dendriel. Naquela noite os magos permitiram que ela dormisse nos aposentos da academia, mas logo pela manhã, ela já saia para procurar uma forma de se manter ali.

    Então ela caminhou por toda a cidade, parando em todos os comerciantes, procurando alguém que aceitasse os seus serviços em troca de algumas moedas. Enquanto procurava incessantemente, encontrou numa taverna um rosto familiar. Thirya degustava de um vinho tinto e lia um livro qualquer. Kaditta correu em sua direção, e se apressou em contar tudo o que havia feito até os dias de hoje. Contou a ela sobre como havia sido inspirada por ela naquela noite com a invasão dos piratas em Ab’Dendriel, e como um pirata havia salvo a sua vida antes de chegar em Edron. Assim como os outros magos, Thirya também ficou desacreditada, e se ofereceu para ajudar a garota da forma como pudesse. A bondosa maga separou um quarto para a garota em sua casa, e permitiu que ela vivesse ali por todo o tempo que estudasse. Enquanto isso, Kaditta trabalharia na taverna servindo o povo de Edron, e se esforçaria na Academia de Magia, para um dia se tornar uma maga tão poderosa quanto Thirya. A garota elfa então enviou uma carta aos seus pais, contando as suas aventuras e dando sinal de vida, para que não ficassem mais preocupados, e continuou na cidade para estudar.


    Anos se passaram depois disto. Kaditta amadureceu em mentalidade e em aparência, se tornando uma bela mulher. Thirya não envelhecia, mantendo o seu rosto jovial que já passara por muitas décadas.
    Em um belo dia, enquanto servia os clientes da taverna, um formoso homem entrou no local. Assim que os seus olhares se cruzaram, percebeu instantaneamente que era o pirata. O seu rosto nunca foi esquecido por ela, e aparentemente ele também não esqueceu, porque ficou surpreso ao vê-la novamente. Ela então se aproximou, e conversaram por longas horas, se conhecendo mais e mais, contando tudo o que houve após aquela noite. Lost Aisure não era mais um pirata; ele agora era um mercenário, e estava na cidade procurando por uma tumba secreta próximo ao cemitério de Edron, em busca de um possível tesouro. Kaditta alugou um quarto na taverna para ele, e depois do seu expediente, continuaram juntos até o dia clarear. Experimentando o amor pela primeira vez, Kaditta prometeu sua vida a ele, quando terminasse os seus estudos. Ele por sua vez, prometeu o mesmo, garantindo que esperaria pela sua amada o tempo que fosse necessário.

    E assim se despediram pela segunda vez, com um intenso beijo apaixonado. A jovem elfa continuou com as suas tarefas até que se graduasse na Academia de Magia, trocando cartas com Lost Aisure todas as semanas. O tempo que passou ali no total foram de 7 anos. Quando completou 22 anos, se despediu de sua tutora Thirya e adotou o seu nome para si, tornando-se Kaditta Thirya Sunfell. A maga se despediu da garota com muito orgulho, dando-a sua própria varinha, esperando vê-la novamente um dia. Kaditta comprou uma passagem de volta para a sua cidade, e foi bem recebida por lá, abraçando os seus pais e familiares com muito carinho, depois de todo o tempo distante. Agora, Kaditta era uma maga como sempre sonhara ser, e poderia ajudar os outros como a sua amada tutora fazia. A garota se reencontrou com Lost Aisure não muito tempo depois, e se casaram finalmente. Atualmente, vivem em Ab’Dendriel como um casal feliz, se aventurando pelo continente e procurando missões para concluir; ele pelo ouro, e ela pela sua empatia para com os outros.

    Spoiler: FOTO




    Nome:      b73aeb604aafc48d7e4a7afcf89adb20-floral-swirls-line-ornament-2-by-vexels.png
Visitas:     32
Tamanho:  14,7 KB
    Descrição da Personagem


    Nome:      d629af8a5faa0795fb77913843be3b4b.jpg
Visitas:     18
Tamanho:  316,4 KB


    Kaditta tem a altura de 1,67 e 54kg. Ela possui 87cm de busto, 66cm de cintura e 92cm de quadril. Seus cabelos são avermelhados, num tom escuro e brilhante, que lembra o sangue fresco. Seu comprimento é até o final da coluna, ondulados em cima e cacheados nas pontas. Sua raiz capilar é mista e lisa. Seu rosto é desenhado com traços leves e delicados, com olhos marcantes e lábios carnudos. Seu nariz é empinado e pouco marcado, sendo fino e discreto na medida certa. Sua orelha de elfo tem uma levantada sutil nas pontas, afinando-as para cima. Kaditta consegue facilmente escondê-las atrás dos cabelos. O seu corpo possui belas curvas que são bem notáveis em qualquer tipo de roupa que use, mas ela prefere usar os vestidos mais colados de tecidos confortáveis (malha, seda, ou cetim com elastano). Sua pele é lisa e macia, como a pele de uma criança; e clara como a areia do deserto de Darashia. Seus cílios são bem alongados e o seu sorriso é branco e bem cuidado. Suas mãos são pequenas, mas firmes, e as suas pernas são grossas em um parâmetro perfeito com o seu traseiro. Sua voz é suave e manhosa, melodiosa aos ouvidos. Ela sempre fala num tom baixo e neutro, nunca aumentando-o, mesmo quando nervosa. Quando ela sorri, suas maçãs do rosto se levantam levemente, formando um triangulo invertido em suas bochechas. Quando está triste, costuma fazer um biquinho infantil sem notar, levando o olhar para baixo. Mas, o tempo todo, sua expressão é suave e tranquila, como se nada pudesse tirar a sua paz interior.




    Nome:      b73aeb604aafc48d7e4a7afcf89adb20-floral-swirls-line-ornament-2-by-vexels.png
Visitas:     32
Tamanho:  14,7 KB
    Personalidade


    Nome:      aecd69877caefb5a388d2ab3a7e04978.jpg
Visitas:     17
Tamanho:  258,3 KB


    Kaditta tem uma personalidade fácil de lidar; sempre tenta ser compreensiva e bondosa com todos. Costuma ser extrovertida a maior parte do tempo, mas esconde uma timidez enorme por trás das suas risadas. É bastante companheira e amigável, mas escolhe bem as suas companhias, sendo direta e até rude caso não queira estar próxima de alguém inconveniente e insistente. Costuma rir de qualquer coisa, tendo um humor sensível e equilibrado. Quando cria afinidade com alguém, é bastante carinhosa e até melosa, sem que isto se torne um incômodo. Seu grande defeito, no entanto, é a sua ansiedade e euforia, que a faz perder noites de sono antes de uma grande viagem, ou falar rápido demais quando está eufórica e animada com algo. Outra característica marcante em Kaditta é a sua pureza e ingenuidade; que a faz parecer uma criança na maioria das vezes. Ela é muito ligada à natureza, e acredita que tudo tem um retorno, e que “atraímos o que pensamos”. Por este motivo, evita sentimentos negativos sempre que possível, controlando bem o seu estado emocional e mental.




    Nome:      b73aeb604aafc48d7e4a7afcf89adb20-floral-swirls-line-ornament-2-by-vexels.png
Visitas:     32
Tamanho:  14,7 KB
    Curiosidades


    Nome:      5e2b626df360d3a89c544a29b7929946--red-heads-beautiful-women.jpg
Visitas:     16
Tamanho:  317,7 KB


    Kaditta é uma grande apreciadora de vinhos, bebendo-os sempre que possível, mas nunca a ponto de se embebedar. Sejam tintos, brancos, espumantes ou rosés, sendo antigo, já é do interesse dela. Ela prefere os que têm um sabor mais equilibrado; com uvas que foram fermentadas sem pressa, e sem muito tanino em sua composição. Sua preferência também pende para os vinhos mais adocicados, os chamados “vinhos licorosos” (como Porto, Madera, Jerez...) suaves e bem conservados. Seus vinhos favoritos são: Cabernet, Merlot, Syrah, Pinot Noir, Chardonnay e Sauvignon Blanc.


    Kaditta também adora cozinhar, preferindo fazer sobremesas doces e geladas. Bolos, cookies, qualquer coisa que seja delicioso de comer! Recentemente abriu uma TAVERNA e faz encomendas de suas comidas por toda a Tibia.

    Ela mantém duas curiosas manias de coleção: chaves e livros.
    Sonha em ser uma grande colecionadora destes dois objetos um dia, guardando todos que vai encontrando pelo caminho, para ter uma peça diferente de cada. Se um dia desejar presenteá-la, livros exóticos ou chaves misteriosas é o presente perfeito.



    Nome:      2013x393xencabezado-floral-boda.png.pagespeed.ic.Kb8cJYtXqk.png
Visitas:     16
Tamanho:  26,1 KB

    Publicidade:
    Última edição por Kaditta; 22-08-2017 às 19:03.

  2. #2

    Registro
    26-12-2016
    Posts
    100
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CitizenEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Kaditta Ver Post

    Kaditta nasceu em Ab’Dendriel, em 1994. Cresceu dentro de bibliotecas, sendo educada pelos anciões da cidade como as outras crianças elfas. Era uma garota sorridente, ingênua e divertida, que fazia amizade facilmente com desconhecidos. No dia em que estava completando 7 anos de idade, sua vila foi visitada por uma bondosa maga, de nome Thirya. Ela tinha uma beleza exuberante; de tirar o fôlego. Seus cabelos eram negros e cacheados, e lhes caíam nas costas, sendo balançado facilmente pela brisa ao redor. O seu corpo tinha curvas bem desenhadas, que atraíam olhares desejosos. Trajava um longo vestido escuro, que deixavam os seus ombros à vista, com costuras bem trabalhadas, e arrastava no chão conforme ela andava. O seu rosto tinha traços finos e delicados, e a sua pele parecia a de um recém-nascido. Seus olhos eram de cor violeta brilhante, e os seus lábios carnudos estavam pintados com uma coloração leve de rosa. No seu pescoço pendia um curioso colar de fita preta, com uma estrela de obsidiana e diamantes incrustados. Seu perfume cheirava à lilás e groselha, e Kaditta nunca se esqueceu deste cheiro. Ela foi bem recebida por todos, e o seu nome era conhecido na cidade, mas Kaditta nunca ouvira sobre ela.
    Spoiler: FOTO
    Assim que a pequena elfa viu a visitante, se encantou instantaneamente, rodeando-a como todas as outras crianças também fizeram, curiosa sobre tudo o que ela tinha a dizer. A maga foi levada para um aposento confortável, para descansar de sua viagem. E enfim a noite chegou, mas com ela veio também os terríveis piratas. Quando o sol se escondeu, desembainharam suas espadas e marcharam rumo aos portões de Ab’Dendriel para saquear a cidade. Os soldados alertaram a população para que se escondessem no subsolo, enquanto lutariam bravamente pra protegê-los. Entretanto, assim que os alarmes soaram e todos começaram a se agrupar, Thirya caminhou até a frente do portão, levando o seu livro mágico e folheando-o enquanto os piratas se aproximaram. Ao derrubarem os portões da cidade, a maga começou a conjurar feitiços em alta voz, e chamas vivas começaram à cair do céu na direção dos saqueadores. A cena era intimidante e magnífica; nenhum dos soldados elfos era atingido pelo fogo, enquanto os piratas gritavam e corriam para fora da cidade. Quando terminou, todos os elfos que a assistiam aplaudiram-na e comemoraram a noite toda com ela, pela vitória que haviam conquistado naquele dia. Depois deste acontecimento, Kaditta teve uma firme certeza; ela se tornaria uma maga um dia.

    A pequena elfa então começou a se isolar na biblioteca, procurando todos os tipos de livros sobre encantamentos, magias e magos em geral. Estudava dia e noite, parando apenas para comer e dormir, sem jamais desanimar. Entretanto, sua rotina era cansativa e esforçada demais para uma criança na idade dela, então não demorou muito para que Kaditta adoecesse. Seus pais ficaram muito preocupados com ela, e cuidaram dela com bastante zelo, até que se recuperasse. Seus primos vieram morar em Ab’Dendriel na mesma época, e incentivavam Kaditta à brincar com eles todos os dias. A garota então começou a dividir melhor o seu tempo, estudando todas as manhãs, brincando durante a tarde e descansando a noite. Sua rotina foi esta até que não restasse mais livros para ler em Ab’Dendriel, e o desespero tomou conta dela. A bibliotecária local, vendo o seu esforço durante anos, procurou entrar em contato com uma Academia de Magia que existe em Edron através de várias cartas, até que conseguiu uma doação de livros de magia para a biblioteca de Ab’Dendriel. Kaditta ficou imensuravelmente feliz, e agradeceu o feito por dias, ganhando ânimo novamente para continuar os seus estudos. Enquanto mergulhava nos vários livros novos, lendo-os um atrás do outro todos os dias, Kaditta encontrou uma ficha de inscrição para a Academia de Magia dobrada entre as folhas de um dos livros. Ao encontrá-lo, vibrou de felicidade, na esperança de conseguir entrar na academia e estudar com outros aprendizes. Porém, a cidade ficava muito longe dali, cruzando o mar, e os seus pais, amando e temendo por sua única filha, jamais permitiriam que a ingênua elfa se aventurasse sozinha para lá. O sonho de um dia aprender magia com os mais brilhantes magos do continente permaneceu no coração de Kaditta.

    Até que um dia, com a idade de 14 anos, ela ouviu dois guardas conversando sobre “Edron” enquanto caminhava pela cidade rumo à biblioteca. Ao ouvir este nome, Kaditta se escondeu e ficou acompanhando a conversa deles, curiosa como sempre. O guarda falava sobre um navio mercante, que passaria pela cidade no dia seguinte para trocar mantimentos e outras mercadorias, e navegaria em seguida para Edron. A elfa então teve a ideia mais idiota de todas; ela entraria escondida no navio mercante, e desembarcaria em Edron, com a sua ficha de inscrição em mãos. Durante aquela noite, escreveu uma carta avisando sobre o que teria feito aos seus pais, para que soubessem o seu paradeiro ao notar a sua ausência. Arrumou uma mochila leve, guardando nela apenas o que julgou necessário, sendo: algumas moedas de ouro, roupas para um mês e os seus livros favoritos. Na manhã seguinte, ela estava com um sorriso sapeca no rosto, e uma expressão clara de que iria aprontar, na frente dos portões de Ab’Dendriel. Quando os mercantes chegaram, a elfa aproveitou toda a movimentação no local e entrou em um dos barris, sendo levada por um deles para dentro do navio. Depois de algumas horas, ouviu os gritos dos mercadores puxando a âncora, e começou a pela primeira vez.
    A viagem no mar estava sendo tranquila; tão tranquila que Kaditta adormeceu no barril em que estava escondida. De repente, gritos começaram a ser ouvidos por ela lá fora. “Piratas”, diziam desesperados.


    Spoiler: FOTO
    Um navio pirata se aproximava deles em alta velocidade, balançando a sua bandeira negra e dispostos à matar pelo ouro. Kaditta se encolheu e abraçou a sua mochila, temendo pela sua vida. O barulho só aumentou daí em diante; gritos e mais gritos eram ouvidos enquanto o caos se instalava naquele local, e em alguns minutos, gargalhadas maquiavélicas eram dadas próximas ao convés. Os marujos começaram a movimentar os barris de vinho para o navio deles, e Kaditta foi levada dentro de um destes barris. Todos os mercadores estavam mortos e, após deixarem o navio mercante, atearam fogo nele e abandonaram-no para sumir no horizonte. A ingênua elfa ficou paralisada dentro do barril, chorando baixinho, temendo pela sua vida. Foi quando um jovem pirata entrou no deposito de bebidas com uma caneca vazia, para enchê-la de rum. De todos os barris que ele podia abrir, ele escolheu justamente o que ela usava como esconderijo, e se assustou com o que viu. Assim que a garota elfa foi descoberta, abriu os lábios arregalando os olhos, prestes a gritar. Antes que pudesse soltar a voz, o pirata colocou as mãos na boca dela, para que ela não alertasse os outros. Encarando-o fixamente com os seus olhinhos curiosos, a garota fechou os lábios então, e ele suspirou aliviado. “Você está escondida, mas ia gritar?” Ele a olhava com indignação. Kaditta apenas levantava os ombros, sem saber o que dizer. Apresentaram-se então, e ela contou para ele o seu objetivo, e o motivo de estar ali. O garoto apenas colocava a mão na testa, desacreditado. Seu nome era Lost Aisure. Sua pele era queimada do sol, e as suas vestimentas eram rasgadas, como as dos outros piratas. Usava um lenço preto na cabeça, escondendo os seus fios castanhos ondulados. Os traços do seu rosto era belo, mas ele estava sempre com uma expressão séria e impaciente, o que fazia Kaditta não encará-lo demais. Ela ainda não sabia os motivos dele ter poupado a sua vida, mas também não se atrevia a perguntar, respondendo apenas o que ele queria saber. O garoto ficou próximo do depósito a viagem toda, tomando conta dela. Sempre que um pirata se aproximava, ele se certificava de que o homem não pegaria a sua bebida por conta, e se oferecia para servi-lo; desta forma, ninguém se aproximava dos barris. Quando estavam próximos o suficiente de Edron, já era noite. Lost Aisure levou Kaditta em secreto até um bote salva-vidas, alertando-a que eles não ancorariam em Edron (como os mercantes iriam fazer) então ela deveria remar. Durante a despedida, se olharam em silêncio por longos segundos, até que Kaditta avançasse para cima de Aisure abraçando-o com gratidão. Ele correspondeu o seu abraço soltando um suspiro surpreso. Por fim, se despediu com um “se cuida”, e ela partiu.

    Foi difícil para Kaditta chegar às margens de Edron, por nunca ter remado antes, mas ela conseguiu. Ao chegar à cidade, deu um grito satisfeito, tomada pela emoção de finalmente ter conseguido apesar de tudo o que passou.
    Quando chegou à Academia, com apenas a sua mochila e o papel antigo de inscrição em mãos, contou com euforia tudo o que tinha passado para chegar até lá. Os magos que a receberam ficaram boquiabertos com a sua coragem (e ingenuidade para fazer uma loucura dessas) e resolveram dar uma chance para ela tentar entrar; para isto, ela teria que fazer uma prova, provando que havia estudado pelos anos que disse ter feito. Felizmente, Kaditta estava preparada para isto, e a prova foi gabaritada com facilidade. Os anos e anos trancada na biblioteca, lendo os milhares de livros que leu, serviram de alguma coisa. Vibrou de felicidade ao receber a noticia de que a sua inscrição havia sido aprovada, porém, agora tinha outro problema. Como manteria os seus estudos, e sobreviveria na cidade, tendo apenas algumas moedas na mochila? A garota obviamente não tinha pensado nada disso, ao partir de Ab’Dendriel. Naquela noite os magos permitiram que ela dormisse nos aposentos da academia, mas logo pela manhã, ela já saia para procurar uma forma de se manter ali. Então ela caminhou por toda a cidade, parando em todos os comerciantes, procurando alguém que aceitasse os seus serviços em troca de algumas moedas. Enquanto procurava incessantemente, encontrou numa taverna um rosto familiar. Thirya degustava de um vinho tinto enquanto lia um livro qualquer. Kaditta correu em sua direção, e se apressou em contar tudo o que havia feito até os dias de hoje. Contou a ela sobre como havia sido inspirada por ela naquela noite com a invasão dos piratas em Ab’Dendriel, e como um pirata havia salvo a sua vida antes de chegar em Edron. Assim como os outros magos, Thirya também ficou desacreditada, e se ofereceu para ajudar a garota da forma como pudesse. A bondosa maga separou um quarto para a garota em sua casa, e permitiu que ela vivesse ali por todo o tempo que estudasse. Enquanto isso, Kaditta trabalharia na taverna servindo o povo de Edron, e se esforçaria na Academia de Magia, para um dia se tornar uma maga tão poderosa quanto Thirya. A garota elfa então enviou uma carta aos seus pais, contando as suas aventuras e dando sinal de vida, para que não ficassem mais preocupados, e continuou na cidade para estudar.


    Anos se passaram depois disto. Kaditta amadureceu em mentalidade e em aparência, se tornando uma bela mulher. Thirya não envelhecia, mantendo o seu rosto jovial que já passara por muitas décadas.
    Em um belo dia, enquanto servia os clientes da taverna, um formoso homem entrou no local. Assim que os seus olhares se cruzaram, percebeu instantaneamente que era o pirata. O seu rosto nunca foi esquecido por ela, e aparentemente ele também não esqueceu, porque ficou surpreso ao vê-la novamente. Ela então se aproximou, e conversaram por longas horas, se conhecendo mais e mais, contando tudo o que houve após aquela noite. Lost Aisure não era mais um pirata; ele agora era um mercenário, e estava na cidade procurando por uma tumba secreta próximo ao cemitério de Edron, em busca de um possível tesouro. Kaditta alugou um quarto na taverna para ele, e depois do seu expediente, continuaram juntos até o dia clarear. Experimentando o amor pela primeira vez, Kaditta prometeu sua vida a ele, quando terminasse os seus estudos. Ele por sua vez, prometeu o mesmo, garantindo que esperaria pela sua amada o tempo que fosse necessário. E assim se despediram pela segunda vez, com um intenso beijo apaixonado. A jovem elfa continuou com as suas tarefas até que se graduasse na Academia de Magia, trocando cartas com Lost Aisure todas as semanas. O tempo que passou ali no total foram de 7 anos. Quando completou 22 anos, se despediu de sua tutora Thirya e adotou o seu nome para si, tornando-se Kaditta Thirya Sunfell. A maga se despediu da garota com muito orgulho, dando-a sua própria varinha, esperando vê-la novamente um dia. Kaditta comprou uma passagem de volta para a sua cidade, e foi bem recebida por lá, abraçando os seus pais e familiares com muito carinho, depois de todo o tempo distante. Agora, Kaditta era uma maga, como sempre sonhara ser, e poderia ajudar os outros como a sua amada tutora fazia. A garota se reencontrou com Lost Aisure não muito tempo depois, e se casaram finalmente. Atualmente, vivem em Ab’Dendriel como um casal feliz, se aventurando pelo continente e procurando missões para concluir; ele pelo ouro, e ela pela sua empatia para com os outros.

    Spoiler: FOTO





    Kaditta tem a altura de 1,67 e 54kg. Ela possui 87cm de busto, 66cm de cintura e 92cm de quadril. Seus cabelos são avermelhados, num tom escuro e brilhante, que lembra o sangue fresco. Seu comprimento é até o final da coluna, ondulados em cima e cacheados nas pontas. Sua raiz capilar é mista e lisa. Seu rosto é desenhado com traços leves e delicados, com olhos marcantes e lábios carnudos. Seu nariz é empinado e pouco marcado, sendo fino e discreto na medida certa. Sua orelha de elfo tem uma levantada sutil nas pontas, afinando-as para cima. Kaditta consegue facilmente escondê-las atrás dos cabelos. O seu corpo possui belas curvas que são bem notáveis em qualquer tipo de roupa que use, mas ela prefere usar os vestidos mais colados de tecidos confortáveis (malha, seda, ou cetim com elastano). Sua pele é lisa e macia, como a pele de uma criança; e clara como a areia do deserto de Darashia. Seus cílios são bem alongados e o seu sorriso é branco e bem cuidado. Suas mãos são pequenas, mas firmes, e as suas pernas são grossas em um parâmetro perfeito com o seu traseiro. Sua voz é suave e manhosa, melodiosa aos ouvidos. Ela sempre fala num tom baixo e neutro, nunca aumentando-o, mesmo quando nervosa. Quando ela sorri, suas maçãs do rosto se levantam levemente, formando um triangulo invertido em suas bochechas. Quando está triste, costuma fazer um biquinho infantil sem notar, levando o olhar para baixo. Mas, o tempo todo, sua expressão é suave e tranquila, como se nada pudesse tirar a sua paz interior.




    Kaditta tem uma personalidade fácil de lidar; sempre tenta ser compreensiva e bondosa com todos. Costuma ser extrovertida a maior parte do tempo, mas esconde uma timidez enorme por trás das suas risadas. É bastante companheira e amigável, mas escolhe bem as suas companhias, sendo direta e até rude caso não queira estar próxima de alguém inconveniente e insistente. Costuma rir de qualquer coisa, tendo um humor sensível e equilibrado. Quando cria afinidade com alguém, é bastante carinhosa e até melosa, sem que isto se torne um incômodo. Seu grande defeito, no entanto, é a sua ansiedade e euforia, que a faz perder noites de sono antes de uma grande viagem, ou falar rápido demais quando está eufórica e animada com algo. Ela é muito ligada à natureza, e acredita que tudo tem um retorno, e que “atraímos o que pensamos”. Por este motivo, evita sentimentos negativos sempre que possível, controlando bem o seu estado emocional e mental.




    Kaditta é uma grande apreciadora de vinhos, bebendo-os sempre que possível, mas nunca a ponto de se embebedar. Sejam tintos, brancos, espumantes ou rosés, sendo antigo, já é do interesse dela. Ela prefere os que têm um sabor mais equilibrado; com uvas que foram fermentadas sem pressa, e sem muito tanino em sua composição. Sua preferência também pende para os vinhos mais adocicados, os chamados “vinhos licorosos” (como Porto, Madera, Jerez...) suaves e bem conservados. Seus vinhos favoritos são: Cabernet, Merlot, Syrah, Pinot Noir, Chardonnay e Sauvignon Blanc.


    Kaditta também adora cozinhar, preferindo fazer sobremesas doces e geladas. Bolos, cookies, qualquer coisa que seja delicioso de comer!

    Ela mantém duas curiosas manias de coleção: chaves e livros.
    Sonha em ser uma grande colecionadora destes dois objetos um dia, guardando todos que vai encontrando pelo caminho, para ter uma peça diferente de cada. Se um dia desejar presenteá-la, livros exóticos ou chaves misteriosas é o presente perfeito.


    Anexo 3589
    FIM ❤
    Primeiramente, seja muito bem-vinda! Fico feliz de te ver tão empolgada e com vontade de se juntar a nós! Espero que se divirta bastante!
    Eu li teu BG e ficou suuuuper detalhado, achei bem massa a história da Kaditta e até me inspirou um pouco UIAHEUIAHE

    O que eu iria te sugerir (se tu quisesse, óbvio) é postar esse bg lá no tópico "Roleplaying em Luminera" que aí a gente coloca na primeira página do tópico onde estão os outros, saca? Porque se ficar aqui só nesse, com o tempo, vai acabar se perdendo. Enfim, gostei de ver tua dedicação! Espero que nos pexemos in-game! Minha personagem atual é Aja Kalifa, mas eu jogo também no Hajj Shabbaz.

    Beijão!

  3. #3
    Avatar de Kaditta
    Registro
    04-08-2017
    Posts
    37
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EstagiárioNewcomer
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por ninakunta Ver Post
    Primeiramente, seja muito bem-vinda! Fico feliz de te ver tão empolgada e com vontade de se juntar a nós! Espero que se divirta bastante!
    Eu li teu BG e ficou suuuuper detalhado, achei bem massa a história da Kaditta e até me inspirou um pouco UIAHEUIAHE

    O que eu iria te sugerir (se tu quisesse, óbvio) é postar esse bg lá no tópico "Roleplaying em Luminera" que aí a gente coloca na primeira página do tópico onde estão os outros, saca? Porque se ficar aqui só nesse, com o tempo, vai acabar se perdendo. Enfim, gostei de ver tua dedicação! Espero que nos pexemos in-game! Minha personagem atual é Aja Kalifa, mas eu jogo também no Hajj Shabbaz.

    Beijão!
    Muito obrigadaaaaa!!

    Eu postei o link lá sim >< Acho que foi citando o comentário de alguém... Devo postar da forma como postei aqui? Ou só o link deste tópico já serve?

    Também espero que nos encontremos in-game, para jogarmos juntas! ❤

    Bjinhos!

  4. #4
    Avatar de Edge Fencer
    Registro
    06-09-2016
    Localização
    Vitória
    Posts
    326
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CitizenEstagiário
    Prêmios Abóbora Framboesa - Participante no concurso Divinos Doces e Terríveis Horrores I
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    E aí!

    Preciso ser repetitivo aqui e dizer novamente o que comentei no tópico do diário: parabéns pela organização e capricho do seu bg! Sério, dá gosto de ler um negócio tão bem feito, demonstra o quanto você investiu no desenvolvimento da personagem e o quão animada está com o roleplay; continue assim!

    Além da parte estética, o conteúdo também foi muito bom. Um alto nível de detalhamento, mas sem chegar a ser exagerado, além da sua escrita que é excelente.

    O passado da sua personagem é bem interessante, também. Mesmo jovem, demonstrou MUITA coragem pra sair de casa sozinha e ir pro outro lado do oceano sem conhecer nada; uma boa dose sorte também a acompanhou, desde o encontro com o pirata e futuro marido e também com a Thirya. Aliás, fiquei curioso sobre essa maga, parece ter uma história interessante também.

    Bom, gostei demais. Parabéns pela dedicação, e nos vemos no jogo!
    Son of a submariner!

  5. #5
    Avatar de Kaditta
    Registro
    04-08-2017
    Posts
    37
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EstagiárioNewcomer
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Edge Fencer Ver Post
    E aí!

    Preciso ser repetitivo aqui e dizer novamente o que comentei no tópico do diário: parabéns pela organização e capricho do seu bg! Sério, dá gosto de ler um negócio tão bem feito, demonstra o quanto você investiu no desenvolvimento da personagem e o quão animada está com o roleplay; continue assim!

    Além da parte estética, o conteúdo também foi muito bom. Um alto nível de detalhamento, mas sem chegar a ser exagerado, além da sua escrita que é excelente.

    O passado da sua personagem é bem interessante, também. Mesmo jovem, demonstrou MUITA coragem pra sair de casa sozinha e ir pro outro lado do oceano sem conhecer nada; uma boa dose sorte também a acompanhou, desde o encontro com o pirata e futuro marido e também com a Thirya. Aliás, fiquei curioso sobre essa maga, parece ter uma história interessante também.

    Bom, gostei demais. Parabéns pela dedicação, e nos vemos no jogo!
    Olá!
    Muuuuito obrigada pelo seu comentário, me alegrou muito

    Eu realmente estou bem animada para jogar, acho que nem sei disfarçar sobre isso hahaha' xD

    Eu pretendo aprofundar mais a história de Thirya futuramente, fico feliz que ela também tenha chamado a sua atenção.

    Quanto a coragem de Kaditta, acho que foi muito mais ingenuidade mesmo, porque ela não conhecia os riscos que corria fora da cidade onde morava hahah (inclusive sua ingenuidade não mudou muito, até os dias de hoje)
    Nos vemos em jogo então, estou ansiosa para jogar com o pessoal logo!

    Bjinhos ❤





    Última edição por Kaditta; 09-08-2017 às 13:29.

  6. #6

    Registro
    26-12-2016
    Posts
    100
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CitizenEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Kaditta Ver Post
    Muito obrigadaaaaa!!

    Eu postei o link lá sim >< Acho que foi citando o comentário de alguém... Devo postar da forma como postei aqui? Ou só o link deste tópico já serve?


    Sim, eu pensei nisso... Porque só com link, nem todas pessoas se atinam a clicar, entende? Mas tu quem sabe, moça, foi apenas uma sugestão!
    Vamos jogar mais <3

  7. #7
    Avatar de Kaditta
    Registro
    04-08-2017
    Posts
    37
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EstagiárioNewcomer
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por ninakunta Ver Post
    Sim, eu pensei nisso... Porque só com link, nem todas pessoas se atinam a clicar, entende? Mas tu quem sabe, moça, foi apenas uma sugestão!
    Vamos jogar mais <3
    Sem problemas, obrigada pela sugestão! ❤

    Já postei lá como 'spoiler' para quem não quiser clicar no link xd

    Vamos sim \o/ ❥



Tópicos Similares

  1. BG no Fireworks.
    Por Renan~ no fórum Recursos e Tutoriais
    Respostas: 8
    Último Post: 01-05-2007, 20:53
  2. bg e brushes
    Por Golden Spirit no fórum Recursos e Tutoriais
    Respostas: 13
    Último Post: 18-03-2007, 17:25
  3. Naruto Sign (mudei o bg pra ver como fica)
    Por D4nt3 no fórum Design
    Respostas: 2
    Último Post: 14-03-2007, 18:21
  4. 1ª sign BG brushs
    Por Sudden Sea no fórum Design
    Respostas: 11
    Último Post: 05-08-2006, 16:25
  5. BG No Brushs (simples)
    Por .freaKaZoiD no fórum Recursos e Tutoriais
    Respostas: 0
    Último Post: 24-06-2006, 20:38

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •