Página 6 de 7 PrimeiroPrimeiro ... 4567 ÚltimoÚltimo
Resultados 51 a 60 de 68

Tópico: legalizacção da maconha não diminuiu tráfico no uruguai

  1. #51
    Avatar de GrYllO
    Registro
    09-10-2004
    Localização
    Contagem
    Idade
    31
    Posts
    15.276
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas RepórterParrot
    Adepto do OffColunistaEscritorCrítico
    Prêmios Guardião do GF - pelos serviços prestados à comunidade
    Peso da Avaliação
    120

    Padrão

    Quando eu comentei sobre efeito elástico (vi que ninguém elaborou sobre), eu quis dizer que é até natural num primeiro momento os efeitos de uma mudança dessa magnitude sejam contrários aos esperados num primeiro momento.

    A mesma linha de raciocínio se aplica à liberação de porte de armas: num primeiro momento, a espectativa é que o nível de violência aumente, mas no médio e longo prazos, que diminua.

    Hoje em dia eu sigo uma linha de raciocínio muito similar à do @Bob Joe e vou além:

    Hoje em dia, em termos de Brasil, é possível chegar a um modelo no qual quem quer consumir droga possa consumir sem interferir na vida da larga maioria não consumidora? Se sim, por que não tentar? Se não, melhor deixar como está até que se encontre uma solução que funcione na prática (pois na teoria até o socialismo é lindo)

    Em tempo: ainda me impressiono com o nível de inocência de alguns usuários sobre o tema. É muita alienação envolvida.

    Enviado de meu XT1040 usando Tapatalk

    Publicidade:
    Atenciosamente,
    Felipe "GrYllO"
    Galera, eu não tiro dúvidas por Mensagem Privada. Se precisarem de ajuda, tentem usar a pesquisa para ver se a dúvida já não foi solucionada antes e, em caso negativo, criem 1 tópico na seção adequada do Suporte ou mesmo na seção Tecnologia (pro caso de uma dúvida técnica não relacionada ao Tibia). Beleza?

    Intel Core i5 4460 @ 3.4GHz | MSI Z97-G43 Gaming | x3 2GB + x1 4GB Kingston DDR3 @ 666Mhz (9-9-9-24) | AMD Radeon HD 4850 512MB (CrossFire) | 240GB Kingston SV300S37A240G | x2 500GB Seagate ST3500418AS RAID 0 | 1TB Seagate ST1000LM024 | CoolerMaster Silent Pro M700 | NZXT H2 Silent Chassis | Corsair Hydro Series H90 | Windows 10 Pro x64
    Meu coração pertence à Valéria Freitas.

    proposta ativa: Atualizem o Software do Fórum oficial!

  2. #52
    Avatar de Griffon
    Registro
    10-02-2017
    Idade
    19
    Posts
    30
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EstagiárioNewcomer
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Bob Joe Ver Post
    É uma pena que você aparentemente não esteja lendo o tópico, porque tudo que está nesse texto aí já foi trazido ao debate. Seria legal se você colocasse a sua opinião, independente de qual seja.
    Li todos os posts enviados para o topico

    Pode considerar que concordo com a argumentação desenvolvida pelo Edmar. Bate muito com o que penso.

    O melhor para os topico é evitar o ad hominem, tentando desqualificar quem traz visões diferentes e se concentrar nas ideias. Essa falácia tem corrido solta neste tópico.

    O importante é analisar os argumentos e se a pessoa discordar, que explique o porque. As contribuições estão ai. São pontos de partida e caso os debatedores discordem podem perfeitamente elencar as razões.

    Mas é bom evitar o ad hominem e evitar falar de pessoas. O bom debate é o que se concentra nas ideias, mesmo que discordemos delas.

  3. #53
    Avatar de Bob Joe
    Registro
    25-05-2007
    Localização
    Juiz de Fora
    Posts
    6.281
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Kevin PostnerOffistaColunistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Griffon Ver Post
    Li todos os posts enviados para o topico

    Pode considerar que concordo com a argumentação desenvolvida pelo Edmar. Bate muito com o que penso.

    O melhor para os topico é evitar o ad hominem, tentando desqualificar quem traz visões diferentes e se concentrar nas ideias. Essa falácia tem corrido solta neste tópico.

    O importante é analisar os argumentos e se a pessoa discordar, que explique o porque. As contribuições estão ai. São pontos de partida e caso os debatedores discordem podem perfeitamente elencar as razões.

    Mas é bom evitar o ad hominem e evitar falar de pessoas. O bom debate é o que se concentra nas ideias, mesmo que discordemos delas.
    Sim, mas novamente, todos os pontos do texto do Edmar já foram trazidos ao tópico. Seja por quem concorda, seja por quem discorda, aliás. Seria legal começar do ponto onde a argumentação parou, e não voltar ao início. Acaba ficando meio repetitivo, saca?

    E nesse fórum, se você ligar muito pra ad hominem, vai se estressar em dois minutos. Tem muito usuário que só entra pra isso, fazer post-bait e gerar briga.
    Liga das Lendas: Vintas


    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/07/Motto_frederick_douglass_2.jpg

  4. #54
    Avatar de Parcialinred
    Registro
    11-02-2017
    Idade
    17
    Posts
    46
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas DebatedorEstagiárioNewcomer
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por mestre do yellow Ver Post

    Quanto a preconceito a maconheiros, infelizmente, está diminuindo com graças ao acesso facil de informaçoes, como a internet, que permite com que mesmo uma pessoa que não está naquele ambiente de morro conheça de sua cultura e praticamente possa viver e simpatizar dele, com todos os seus nuances, sem sair de casa, cair no papo furado de "ah é menos perigoso que X, Y, meu cu, etc", "é natural mimimi", alias é perceptivel já que se pegar uns 20 anos ou mais só quem defendia maconha era quem de fato era envolvido diretamente com alguem daquele meio de morro/vila, diferente de hoje onde até mesmo usuários daqui do fórum defendem achando a coisa mais natural do mundo, quando bem na real só tiveram a cabeça feita pelo marxismo cultural.
    Afaste tambem a ilegalidade da maconha, como pretendem, e vamos estar no mesmo contexto de quem mora nas areas de trafico, uso descontrolado e quem não usa é só por a campanha anti-drogas, ultimo elemento salvo, ter surtido efeito. E temos um cenario onde uma porta para drogas mais pesadas está livre, leve e solta, para alegria dos traficantes.

    VocÊ tem nivel de instrução para não consumir maconha fora de coffee shop, assim como muito fumante tem nivel de instrução de nunca consumir cigarro paraguaio, mas nem todos são assim, e essa gente é exposta
    Esse fenômeno ao qual vc se refere, das pessoas entrarem em contato indireto com realidades e cotidianos até mesmo um pouco distantes delas, através principalmente da internet, afeta não apenas a percepção ou posicionamento sobre temas como a questão das drogas, mas mesmo sobre praticamente qualquer outro tema relevante da sociedade.

    Se por um lado um canal de informação rápido como a internet propicia o acesso a dados que de outra forma não teríamos tão facilmente nem tão rapidamente, por outro pode dar às pessoas conceitos talvez um pouco deformados de realidades que elas precisariam vivenciar de modo direto para compreenderem todos os aspectos envolvidos na questão.

    Achei curioso porque foi um tema de debate que uma professora minha levou para a sala de aula no final do ano passado e ela falou mais ou menos isso que você disse sobre a importância de se ter um contato e uma vivência direta com determinadas realidades para se poder ter uma ideia mais plena do que acontece.

    A Fogueira das Vaidades

  5. #55
    Avatar de alokk
    Registro
    25-02-2005
    Localização
    São Paulo
    Idade
    27
    Posts
    379
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CríticoCitizenDebatedorEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Gente vamos pensar de verdade... se tirarem a maconha do trafico o prejuizo pra eles é minimo.. oq da dinheiro mesmo é cocaina, metanfetamina, heroina, crack, esses tipos de drogas tem uma taxa de dependência altissima e sempre haverá demanda pra isso.. maconha só é popular prq ngm te "julga" na sua rodinha de amigos do rolezinho.... agora vc usa cocaina pra ver..

    eu nao acharia ruim legalizar pra eu poder plantar uns pezinho em casa pra poder fumar na paz.. porém no momento prefiro não fumar essas merdas q os traficantes vendem e financiar a munição q um dia pode me matar..






  6. #56
    Avatar de Hexus
    Registro
    30-07-2008
    Localização
    Arapongas
    Posts
    284
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EstagiárioCitizen
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Eu nem gostaria de reviver este tópico, mas se uma só pessoa que lê-lo conseguir refletir um pouquinho melhor os benefícios da descriminalização/legalização da maconha, eu já fico feliz.

    Muito se debate no espectro social em larga escala, mas pouco foi dito no âmbito individual. Primeiramente, o termo maconheiro/zé droguinha, dita pejorativamente, para usuários de cannabis é um estereótipo criado há menos de um século. Este foi difundido e generalizado pela população sem embasamento e na falta de informação, o que acontece frequentemente com muitos temas. Existe em grande escala muitos usuários e ativistas em prol desta causa, e quando digo usuários, não quero dizer criminosos, mas pessoas de bem uma substância que lhes fazem bem (quem somos nós para julgar alguém sobre algo que lhe faz bem?). Há números altos de trabalhadores, universitários, estrelas da mídia, pessoas em geral de bem que fazem uso da erva é muito grande, mas pouco é dito sobre estes, que através da informação não "sequelam" (termo utilizado por mim muitas vezes para alegar que o outro usuário está utilizando a erva para um fim que prejudique a si mesmo ou a outrem), e através da "sequela" criou-se o estereótipo de que todo maconheiro está, necessariamente, fazendo algo errado, o que não é verdade. Mau-caratismo existe em qualquer círculo social, seja através do álcool, tabaco, maconha, religiosidade etc. Generalizar algo através de informações não verdadeiras, ou seja, através do senso comum é desonestidade para com o próximo e intelectualmente.

    Ok, dito que existem pessoas de bem utilizando a erva para seus próprios fins, torná-los criminosos é um erro fatal. Aí entra meu ponto: milhões de usuários estão sendo criminalizados todos os dias por tentarem retirar o dinheiro do tráfico e obter, através do seu próprio trabalho - cultivando suas próprias plantas - independência para suas necessidades/vício (chame como quiser). Estes, principalmente uma classe social inferior que não tem dinheiro para excelentes advogados, são presos como traficantes por cultivar a própria planta. Aumentando, consequentemente, o atual problema dos presídios.

    Por que descriminalizar (stf) / legalizar (congresso)?

    Pelo cidadão de bem que utiliza a flor (sim, maconha nada mais é que a flor da planta fêmea de cannabis) poder ter seu auto sustento do próprio vício, não necessitando de comprar em locais, e de pessoas, perigosas. Poder andar não rua não ser olhado como um criminoso que faz o mal ao próximo. Não ter medo de ser abordado por um agente da lei, muitas vezes cheio de ignorâncias, carregado de preconceitos genéricos pela falta de conhecimento. Não o julgo, pois muitas vezes está cumprindo o trabalho hierárquico acreditando, de fato, estar fazendo o melhor para a sociedade.

    Historicamente falando, o cânhamo (planta cannabis macho) é utilizado há milênios, e dos anos 60 para cá foi criminalizada. Retirar o direito individual de uma pessoas, tornando-a criminosa e não doente por uma dependência, não necessariamente falando apenas da maconha, é no mínimo desumano.
    Enfim, perdoe-me por reviver o tópico, mas senti que precisava contribuir de alguma maneira com minha opinião.

  7. #57
    Avatar de mestre do yellow
    Registro
    25-09-2006
    Localização
    ____Glitch City____ Avatar: Pokémon glitch dos jogos Red/Blue, Missingno.
    Idade
    29
    Posts
    8.905
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    ColunistaCríticoEscritorOffista
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Beneficio de agradar zé droguinha

  8. #58
    Avatar de happycobain
    Registro
    11-10-2009
    Posts
    680
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Main CitizenCríticoAdepto do OffDebatedor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão


  9. #59
    Avatar de Guigzzt
    Registro
    23-08-2010
    Localização
    Canoas
    Idade
    26
    Posts
    177
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CitizenDebatedorEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Hexus Ver Post
    Existe em grande escala muitos usuários e ativistas em prol desta causa, e quando digo usuários, não quero dizer criminosos, mas pessoas de bem uma substância que lhes fazem bem (quem somos nós para julgar alguém sobre algo que lhe faz bem?).
    Veja bem. Afirmar que a maconha "faz bem", é um erro. Porque tanto como qualquer outra droga, e sim, também estou me referindo ao álcool, ela causa efeitos colaterais a curto e longo prazo que já foram comprovados. Entre os mais preocupantes são os problemas de memória (causando efeitos permanentes) e câncer no pulmão e nos testículos. Concordo também que a maconha tenha seus usos medicinais diversos (usada como analgésico, ou em tratamentos de depressão e ansiedade), é verdade, mas você se equivocou na sua afirmação dando a entender que é uma droga completamente benéfica.



    Citação Postado originalmente por Hexus Ver Post
    Ok, dito que existem pessoas de bem utilizando a erva para seus próprios fins, torná-los criminosos é um erro fatal. Aí entra meu ponto: milhões de usuários estão sendo criminalizados todos os dias por tentarem retirar o dinheiro do tráfico e obter, através do seu próprio trabalho - cultivando suas próprias plantas - independência para suas necessidades/vício (chame como quiser). Estes, principalmente uma classe social inferior que não tem dinheiro para excelentes advogados, são presos como traficantes por cultivar a própria planta. Aumentando, consequentemente, o atual problema dos presídios.
    Nesse ponto eu quase concordo totalmente contigo.
    Eu sempre encarei essa questão da maconha de mente muito aberta. Eu não uso, na verdade eu não suporto nem o cheiro, mas nunca entendi, por exemplo, a grande diferença entre o cigarro e o álcool para a maconha. Se qualquer um parar para pensar, a maconha é como uma combinação dos efeitos dos outros dois, que são completamente legalizados. Se fosse legalizado e criada uma legislação plausível, que mal teria? Desde que eu possa dar justa causa no meu funcionário que resolver usar durante o expediente (como já acontece com o álcool), pra mim não tem problema nenhum, não vai mudar em nada a minha vida.

    Agora eu queria falar sobre o ponto que eu discordei um pouco. Você afirma que vai haver uma perda de investimento no tráfico. Já me falaram, também, que a legalização acabaria com o tráfico. Mas me diz uma coisa, se isso é verdade, por que até hoje existe contrabando de cigarro?

    Vamos imaginar que legalizaram a maconha. Amanhã mesmo a Souza Cruz resolve fabricar pra vender. Ai vai o governo e coloca uma caçamba de imposto sobre o produto, como já faz com álcool e cigarro. A partir daqui já temos viabilidade no tráfico novamente, porque convenhamos, nem todo mundo vai querer cultivar em casa. Fora que o lucro verdadeiro do tráfico, atualmente, não provém da venda de maconha.

    -

    A questão da maconha já é quase tratada como legal, tanto é que já tem a parada do "consumo próprio", que dependendo da quantidade que for pega com o usuário nem chegam a prender.

    Eu acredito que o grande problema que temos para diversas coisas bobas aqui no Brasil é esse conservadorismo barato, sustentado por esse monte de político com cabeça centenária, com conceitos lá dos anos 70. Ai a gente vê coisinhas como proibição de salva-vidas com tatuagem, em pleno ano de 2017.
    Bendito seja o riff da guitarra, que quebra a rotina e incita a revolução.
    Bendita seja a voz rasgada, que derruba a tristeza e levanta a multidão.
    Bendita seja a batida enfurecida, que faz da bateria alma e coração.
    Bendita seja a locomotiva incansável, que pelas linhas do baixo nos guia até o fim da canção.

  10. #60
    Avatar de Hexus
    Registro
    30-07-2008
    Localização
    Arapongas
    Posts
    284
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EstagiárioCitizen
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Guigzzt Ver Post
    Veja bem. Afirmar que a maconha "faz bem", é um erro. Porque tanto como qualquer outra droga, e sim, também estou me referindo ao álcool, ela causa efeitos colaterais a curto e longo prazo que já foram comprovados. Entre os mais preocupantes são os problemas de memória (causando efeitos permanentes) e câncer no pulmão e nos testículos. Concordo também que a maconha tenha seus usos medicinais diversos (usada como analgésico, ou em tratamentos de depressão e ansiedade), é verdade, mas você se equivocou na sua afirmação dando a entender que é uma droga completamente benéfica.
    A coca-cola, o pastel da feira e o big mac causam muito mal a curto, e principalmente a longo prazo, com uso constante e a falta de conscientização.
    Talvez tenha sido uma divergência de interpretação, o modo como eu disse, mas eu não quis dizer que a maconha faz exclusivamente bem, no entanto, quis que desse a entender que a maconha pode muito bem ter mais efeitos positivos do que negativos em muitos casos. Eu não quis entrar no âmbito medicinal porque não deveria nem haver polêmica nesse quesito. Drogas vendidas em drogarias têm efeitos colaterais muito piores e são lícitas. Industria farmacêutica. Lamentável.


    Citação Postado originalmente por Guigzzt Ver Post
    Nesse ponto eu quase concordo totalmente contigo.
    Eu sempre encarei essa questão da maconha de mente muito aberta. Eu não uso, na verdade eu não suporto nem o cheiro, mas nunca entendi, por exemplo, a grande diferença entre o cigarro e o álcool para a maconha. Se qualquer um parar para pensar, a maconha é como uma combinação dos efeitos dos outros dois, que são completamente legalizados. Se fosse legalizado e criada uma legislação plausível, que mal teria? Desde que eu possa dar justa causa no meu funcionário que resolver usar durante o expediente (como já acontece com o álcool), pra mim não tem problema nenhum, não vai mudar em nada a minha vida.
    Concordo contigo. Menos na parte em que diz que a combinação do álcool (uma das piores e mais letais drogas) com o cigarro (uma droga exclusivamente química e industrial fabricada para causar dependência) resulta no efeito da maconha.
    A maconha causa dependência significativamente menor que o cigarro. E o uso de cigarros de maconha não faz haver perda de consciência, você não deixar de ser você mesmo, como ocorre com o álcool.
    Um dos piores problemas da proibição/criminalização da cannabis está em não podermos estudar os efeitos mais aprofundadamente através do método científico. Quando digo efeitos, refiro-me tanto aos benefícios/malefício do uso ao curto-longo prazo. Privar pesquisadores, universidades, enfim, cientistas em geral, que poderiam estar contribuindo ainda mais com o entendimento desta planta atrasa o desenvolvimento em inúmeras áreas. Felizmente países como EUA/Canadá/Uruguai, entre outros, estão progredindo positivamente neste campo.
    Afinal, poucos sabem, mas o CBD (Canabidiol) princípio ativo de uma espécie da planta não causa efeitos psiquicos como o THC (Tetraidrocanabinol), e é um puta composto medicinal utilizado em inúmeras áreas da medicina como tratamente/cura/terapia.
    E sim, há hora e local para se fazer uso de qualquer substância existente no nosso dia a dia, seja coca-cola, álcool ou maconha.

    Citação Postado originalmente por Guigzzt Ver Post
    Agora eu queria falar sobre o ponto que eu discordei um pouco. Você afirma que vai haver uma perda de investimento no tráfico. Já me falaram, também, que a legalização acabaria com o tráfico. Mas me diz uma coisa, se isso é verdade, por que até hoje existe contrabando de cigarro?
    Elevadas taxas de impostos. Alta lucratividade pelas empresas do cigarro. Facilidade em trazer produtos de origem duvidosas para dentro do País, não havendo tanta dificuldade para traficantes/contrabandistas. Países vizinhos com alta produção de produtos/substâncias sem qualquer fiscalização.
    Obs: O real traficante não é o vendedor que mora na esquina do bairro isolado e tem a boca, traficante verdadeiro é o Produtor e o Importador de Toneladas de drogas que são transportantadas com conscientização de agentes públicos corrompidos. Infiltrando-se inclusive em aviões particulares, né?


    Citação Postado originalmente por Guigzzt Ver Post
    Vamos imaginar que legalizaram a maconha. Amanhã mesmo a Souza Cruz resolve fabricar pra vender. Ai vai o governo e coloca uma caçamba de imposto sobre o produto, como já faz com álcool e cigarro. A partir daqui já temos viabilidade no tráfico novamente, porque convenhamos, nem todo mundo vai querer cultivar em casa. Fora que o lucro verdadeiro do tráfico, atualmente, não provém da venda de maconha.
    "Aí vai o governo e coloca uma caçamba de impostos sobre o produto", mais uma vez, você mesmo está dizendo, o problema não está na ganja, mas sim na administração pública incapaz de regulamentar substâncias de maneira efetiva contra o contrabando/tráfico. Afinal, o contrabando de drogas lícitas existe também, pois não são todos capazes de comprar medicamentos com preços absurdos para tratar determinadas doenças.

    No entanto, diferentemente do Cigarro e do Álcool, a cannabis é auto sustentável, não há qualquer necessidade de processos industriais em sua produção, podendo ser produzida por qualquer pessoa que obtenha conhecimento a respeito da biologia da planta. Por ser uma planta, assim como inúmeras outras, obtêm-se seus frutos (flores) através do cultivo caseiro, o qual, na maioria das vezes, é o sonho de qualquer usuário. Plantar a ganja, o morganguinho, a cebolinha etc. Por um mundo mais orgânico.


    Citação Postado originalmente por Guigzzt Ver Post
    A questão da maconha já é quase tratada como legal, tanto é que já tem a parada do "consumo próprio", que dependendo da quantidade que for pega com o usuário nem chegam a prender.

    Eu acredito que o grande problema que temos para diversas coisas bobas aqui no Brasil é esse conservadorismo barato, sustentado por esse monte de político com cabeça centenária, com conceitos lá dos anos 70. Ai a gente vê coisinhas como proibição de salva-vidas com tatuagem, em pleno ano de 2017.
    Concordo, e um adendo contendo minha opinião:

    Não depende apenas da quantidade para um usuário ser taxado como usuário ou traficante (este é o maior problema com a proibição, usuários considerados traficantes), mas principalmente da classe econômica do sujeito, do local em que a pessoa é apreendida com a droga, da influência social etc. Infelizmente isso aumenta a desigualdade provenientes de outros problemas sociais.

    A legislação brasileira está avançando a passos de tartaruga no atual tema, mas felizmente, devagar ou rápido, estamos progredindo. Este ano acredito haver a descriminalização do usuário, algo que é o mínimo necessário em um país consciente. Tratar usuários de substâncias consideradas tóxicas como doentes e não como criminosos. Para que assim possa haver campanhas de conscientização para que haja diminuição do uso.

    A legalização ainda levará um bom tempo, afinal, a população é compostas em maioria por ignorantes intelectuais, individualistas e "pessoas de opiniões" (seres não são capazes de mudar, refletir sobre determinados temas e aceitar que existem alternativas melhores que as tradicionais leis proibicionistas), não há um representante público capaz de erguer uma bandeira tão polêmica dentro do nosso congresso, e os que o fazem, não têm força para que obtenha-se bons resultados.

    Publicidade:



Tópicos Similares

  1. Você é a favor da legalização da maconha no Brasil?
    Por Elementar no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 80
    Último Post: 29-04-2016, 12:09
  2. Respostas: 16
    Último Post: 07-10-2013, 23:42
  3. preço das pas no site oficial?
    Por sukasud the sorcerer no fórum Tibia Geral
    Respostas: 2
    Último Post: 08-01-2005, 23:01
  4. a malandragem das meninas no tibia
    Por Evergrim no fórum Tibia Geral
    Respostas: 20
    Último Post: 29-11-2004, 21:56
  5. Adaptação de "O Código da Vinci" nos cinemas
    Por Pinho Sol no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 8
    Último Post: 18-11-2004, 08:03

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •