Página 6 de 16 PrimeiroPrimeiro ... 45678 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 51 a 60 de 160

Tópico: Aborto até o terceiro mês não é crime, decide turma do Supremo

  1. #51
    Avatar de Darkon
    Registro
    25-01-2007
    Localização
    Teresina
    Posts
    8.953
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Repórter
    OffistaColunistaEscritorCrítico
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Sete Ver Post
    A vida não começa, ela é um continuum. Nas condições atuais uma "nova vida" surge como continuação de transformações de uma vida pré-existente, de forma que não considero um começo, apenas um prosseguimento do mesmo ato.
    A vida não começa, ela é uma continuidade?
    Então não seria o feto uma vida? Uma continuidade?

    Se sim, você tá afirmando que abortar um feto resulta em uma morte. Um assassinato. Aí você estaria se contradizendo. Ou eu entendi errado?


    Olha, eu não vejo problema algum, particularmente falando, de que o aborto seja liberado para todas as mulheres independente de qualquer situação. Sinceramente, trepar adoidado aí sem camisinha, só curtindo, sem se preocupar com nada, me parece uma boa.

    Porra, eu daria toda minha grana pra poder transar sem ter que usar camisinha e me preocupar com gravidez, em só estar metendo de boas e ligar o foda-se pra gravidez, pois tenho uma baita neura com gravidez.

    Só que isso é errado. Não é legal cara. Não me parece nada bom ver uma sociedade abortando a torto e direito.

    Publicidade:

  2. #52

    Registro
    12-11-2016
    Idade
    24
    Posts
    16
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EstagiárioNewcomer
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Darkon Ver Post
    A vida não começa, ela é uma continuidade?
    Então não seria o feto uma vida? Uma continuidade?

    Se sim, você tá afirmando que abortar um feto resulta em uma morte. Um assassinato. Aí você estaria se contradizendo. Ou eu entendi errado?


    Olha, eu não vejo problema algum, particularmente falando, de que o aborto seja liberado para todas as mulheres independente de qualquer situação. Sinceramente, trepar adoidado aí sem camisinha, só curtindo, sem se preocupar com nada, me parece uma boa.

    Porra, eu daria toda minha grana pra poder transar sem ter que usar camisinha e me preocupar com gravidez, em só estar metendo de boas e ligar o foda-se pra gravidez, pois tenho uma baita neura com gravidez.

    Só que isso é errado. Não é legal cara. Não me parece nada bom ver uma sociedade abortando a torto e direito.
    Você ao menos sabe que, dentro da lei, haverá regulamentação do ato de aborto, né?
    Ou acha que a mulher vai ao hospital, caminhando calmamente, e vai se direcionar ao médico falando "Quero abortar" e o médico vai falar "Cola ae na sala"?
    Inocência sua achar que vai ser dessa forma.
    Mas tu só pensa dessa forma rasa mesmo, kkkkk

  3. #53
    Avatar de Sete
    Registro
    10-09-2005
    Posts
    3.720
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    ForasteiroSagaz CitizenOffistaEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Me contradizendo no que? momento algum eu usei argumentos pró-vida pra falar contra ou a favor do aborto. Falei que é a questão que usam. Minha questão é com o ser senciente, Darkon.

    E tentemos ser menos rasos, Darkon. Você fica julgando demais as coisas pela seu egocentrismo, sem tentar raciocinar antes. Um aborto não é algo agradável pro corpo feminino que permita que se faça após todo sexo. Se algum mulher do seu nível socioeconômico e portanto razoavelmente esclarecida que sabe que aborto não é tomar um chá que dissolve o bebe ploft ainda se dispor a realizar sexo sem qualquer método contraceptivo com você porque qualquer coisa pode abortar depois, e não faria isso se o aborto fosse proibido, é melhor vc ficar esperto pq tem coisa. A liberação do aborto não implicaria em abandonar totalmente os métodos contraceptivos. Países que mais abortam são os países em que o aborto é proibido e nem por isso essa proibição induziu as pessoas a usarem medidas contraceptivas. São os países subdesenvolvidos estes, os mesmos que também tem a maior taxa de transmissão de doenças sexuais (principalmente síflis e HIV), sem que a "punição" da gestação tenha coibido a realização de sexo desprotegido. População pobre já faz sexo sem proteção. Só não precisam fazer aborto todo dia pra manter a taxa de filhos por mulher no país em 2 porque essas de mais baixa renda todas topam ser laqueadas após a 2º gestação.

    A sociedade aborta a torto e direito, só que você não vê e não quer saber disso também. Você prefere o conforto da sua realidade.

    editando pq acho que exagerei no fim ehehe. Seu medo é compreensível, afinal é um dos únicos argumentos que acho plausível em ser contra. Isso aqui virar a zoeira das zoera. Mas enfim, não acho que ainda devíamos pautar nosso conduta baseado nesse temor.

    E porra darkao para de me fazer debater kct defender uma causa eu n gosto de defender causa, eu verdadeiramente sou a favor de liberar, mas nem ligo se n liberarem tbm, já acho laqueadura um ótimo método, sou do toco e me voy sou da galera kd o capítulo 2?

    Aliás desde mais cedo ando reparando como as ibagens do tapatalk diz muito sobre nós do off





    Última edição por Sete; 01-12-2016 às 01:46.

  4. #54
    Keep farming Avatar de Martiny
    Registro
    04-01-2009
    Localização
    Curitiba
    Posts
    2.891
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas ColunistaCríticoEscritorSagaz Citizen
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Eu sou a favor do aborto. A obrigação de continuar com a gravidez e cuidar da criança só por causa de algum descuido na hora do sexo parece uma forma de punir os pais por serem irresponsáveis, o que não faz sentido. Se levarmos em consideração o feto, ele não muda em nada pelo fato de ter sido concebido por um casal que planejou, um acidente ou um estupro. Se o argumento de que toda vida importa e o aborto é um assassinato, pouco importa como a gravidez começou, pois o feto não tem culpa nenhuma nisso.

    Ou seja, se para casos de estupro o aborto é permitido, porque não é para todos os outros casos? O que muda no feto para justificar essa "assassinato"? Nada. O que muda é a forma que a gravidez aconteceu, e isso não deveria pesar para decidir se legalizamos ou não o aborto.

    O que deve pesar são fatores científicos. Quando que a vida começa? Em que momento o bebê começa a sentir dor/criar uma consciência? E é aí que eu sinto que a ciência está um pouco atrasada e por isso há bastante debate no assunto.

    Obviamente há uma diferença entra tomar uma pílula do dia seguinte (permitido) e matar um feto de 8/9 meses (proibido). Acredito que todos concordamos que o primeiro caso não é assassinato e o segundo é. O problema surge quando queremos saber onde essa linha de assassinato/não assassinato termina. 1 mês? 3 meses? 6? Daí não sei.


    O que eu acredito é que no início da gestação ainda não há consciência/vida, há apenas o potencial, uma vida que irá ser criada. A consciência ainda não existe então não sinto problemas em abortar. Num exemplo apenas para ilustrar, se formos nos importar para as vidas em potencial, as vidas que poderiam ser criadas, uma masturbação seria um genocídio. É um exemplo meio besta, mas acho que consegue ilustrar o que eu estou querendo dizer.


    No fim das contas, eu acho que a mulher tem o direito de decidir se quer ou não ter o filho, independente se foi acidente ou não, desde que seja feito no início da gravidez, e não quando o feto já estiver consciente. O problema é saber quando isso acontece.

  5. #55
    Avatar de Lulla
    Registro
    04-11-2009
    Localização
    Araraquara SP
    Idade
    25
    Posts
    682
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Recruta ZeroForasteiroMain CitizenAdepto do Off
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão Interromper gestação até 3º mês não é crime, decide 1ª Turma do STF em HC

    Senhores, temos uma corte progressista... mas que legisla, usurpando a separação de poderes. Afinal, o que fazer quando quem deveria legislar, por mero populismo, foge de problemáticas complexas?

    A proibição ao aborto é clara no Código Penal brasileiro, mas deve ser relativizada pelo contexto social e pelas nuances de cada caso. Por exemplo, a interrupção da gravidez é algo feito por muitas mulheres, mas apenas as mais pobres sofrem os efeitos dessa prática, pois se submetem a procedimentos duvidosos em locais sem a infraestrutura necessária, o que resulta em amputações e mortes.


    Para Barroso, a criminalização do aborto traz mais prejuízos do que benefícios.
    Fellipe Sampaio/SCO/STF
    Essa é a síntese do voto-vista proferido pelo ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, nesta terça-feira (29/11), no julgamento do Habeas Corpus 124.306. Com o voto de Barroso, a 1ª Turma da corte, por maioria, entendeu que a interrupção da gravidez até o terceiro mês de gestação não pode ser equiparada ao aborto. No caso, duas pessoas foram presas acusadas de atuar em uma clínica de aborto. A decisão não é vinculante.

    Sobre as prisões — que foram anuladas de ofício porque o HC foi visto como substitutivo do recurso ordinário constitucional —, Barroso destacou não haver razão para mantê-los detidos, pois todos têm endereço fixo, são réus primários e não apresentam riscos à ordem pública ou à instrução criminal. O ministro também ressaltou que os acusados têm comparecido aos atos de instrução e cumprirão pena em regime aberto se forem condenados.

    Os réus foram presos preventivamente em 2013, mas soltos pelo juízo da 4ª Vara Criminal da Comarca de Duque de Caxias (RJ). Um ano depois, foram detidos novamente após recurso do Ministério Público estadual à 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do RJ. A reforma na decisão motivou questionamento ao Superior Tribunal de Justiça, que não conheceu do pedido de liberdade dos acusados.

    Criminalização desproporcional
    Já sobre o aborto, Barroso disse que a criminalização de atos como o julgado ferem diversos direitos fundamentais, entre eles, os sexuais e reprodutivos da mulher. “Que não pode ser obrigada pelo Estado a manter uma gestação indesejada.”

    O ministro também ressaltou a autonomia da mulher, o direito de escolha de cada um e a paridade entre os sexos. Mencionou ainda a questão da integridade física e psíquica da gestante. “Que é quem sofre, no seu corpo e no seu psiquismo, os efeitos da gravidez.”

    Especificamente sobre a condição social da mulher que decide abortar, Barroso criticou o impacto da criminalização do ato sobre as classes mais pobres. “É que o tratamento como crime, dado pela lei penal brasileira, impede que estas mulheres, que não têm acesso a médicos e clínicas privadas, recorram ao sistema público de saúde para se submeterem aos procedimentos cabíveis. Como consequência, multiplicam-se os casos de automutilação, lesões graves e óbitos.”

    A criminalização, continuou Barroso, viola o princípio da proporcionalidade por não proteger devidamente a vida do feto ou impactar o número de abortos praticados no país. “Apenas impedindo que sejam feitos de modo seguro”, disse. “A medida é desproporcional em sentido estrito, por gerar custos sociais (problemas de saúde pública e mortes) superiores aos seus benefícios.”

    Para impedir gestações indesejadas, em vez da criminalização, Barroso destacou que existem inúmeros outros meios, como educação sexual, distribuição de contraceptivos e amparo à mulher que deseja ter o filho, mas não têm como sustentá-lo. “Praticamente nenhum país democrático e desenvolvido do mundo trata a interrupção da gestação durante o primeiro trimestre como crime, aí incluídos Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Canadá, França, Itália, Espanha, Portugal, Holanda e Austrália.”
    link: http://www.conjur.com.br/2016-nov-29...orto-turma-stf





    Última edição por Lulla; 01-12-2016 às 07:31.

  6. #56
    Avatar de Reifous
    Registro
    06-05-2015
    Idade
    33
    Posts
    24
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Newcomer
    Prêmios Mãe Dináh - Acertou alguma previsão para o Summer Update 2015
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão Aborto e pena de morte

    Sou contra o aborto, mas se a mulher deseja fazer acho que, infelizmente, deveria ser problema dela.

    O problema mais grave dessa discussão é que querem legalizar o aborto e que o setor público arque com os custos que são elevadíssimos. Eu não quero ter que pagar impostos pra mulheres realizarem aborto. Ou seja, eu acho errado o aborto, mas se a mulher quiser abortar, ela que procure uma clínica particular pra fazer o serviço.

    Agora esse papo de que "o feto não ainda não desenvolveu ondas cerebrais e consciência de si", isso é conversa pra boi dormir, pois se tu vai pegar aí um assassino psicopata, um estuprador de menor de idade e vai ouvir "nossa, mas ele não tinha consciência do que estava fazendo". Porra, as pessoas tem pena de um criminoso alegando ausência de consciência ou sanidade mental, mas não se sensibilizam com um ser em formação.

    Então, eu acho errado o aborto, mas se a mãe quer abortar, ela que pague. Agora, quando eu disser que quero a pena de morte pra crimeses graves, também não venha dizer que eu sou extremista porque isso é desumano, pois pena de morte e aborto são dos lados da mesma moeda.

  7. #57
    Avatar de Flea
    Registro
    20-09-2004
    Localização
    São Paulo
    Idade
    30
    Posts
    5.645
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    Recruta ZeroNoobAutor IniciadoNeutro
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Apenas lhe corrigindo: O STF não legislou. Essa é uma decisão de uma única turma, que não possui efeito vinculante.

    A respeito da usurpação dos poderes, apesar de ser algo condenável diante a tripartição dos poderes, é algo que a sociedade como um todo agradece, uma vez que temos um legislativo inerte, que não realiza suas funções como deveria.


    A respeito da decisão como um todo, achei fantástica. Li as 17 páginas do voto, e apesar de discordar pontualmente em alguns argumentos, o mérito da questão foi atingido com maestria pelo Min. Barroso, demonstrando de forma cabal o atraso que é o aborto criminalizado no Brasil.

    Citação Postado originalmente por Enquanto isso no MSN...
    [9:26] Eu: skyrim perde FÁCIL
    [9:26] Eu: pra Ocarina of Time
    [9:26] Thales Lira: tenho que comprar esse Zelda entao
    [9:26] Thales Lira: tem pra PS3?

  8. #58
    Banido Avatar de mestre do yellow
    Registro
    25-09-2006
    Localização
    ____Glitch City____ Avatar: Pokémon glitch dos jogos Red/Blue, Missingno.
    Idade
    31
    Posts
    9.278
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Nobre
    ForasteiroColunistaCríticoEscritor
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Quem é a favor do aborto até períodos anteriores a completa formação do sistema nervoso também costuma ser a favor do desligamento de máquinas no caso de morte cerebral de um paciente.

    Sem cérebro, seja pq morreu, seja por não ter se desenvolvido ainda, não é uma pessoa, no máximo é um cadáver (caso do desligamento de máquinas) e um apanhado de células (aborto até X semanas). Ou é esquerdista, rs

    Por isso não é estranheza esse tipo de assunto. Eu ainda vou mais longe e considero que dependendo do seu ato em vida tu pode deixar de ser considerado uma pessoa e, logo, ser plenamente abatido. Sim, me refiro a pena de morte, sou a favor também e partindo de lógica parecida, dependendo do tipo de crime é possível afastar a condição de humana da pessoa, ante a anormalidade do ato, e não sendo humano não é assassinato, apenas abate.

    Enviado de meu D5322 usando Tapatalk

  9. #59
    Avatar de Darkon
    Registro
    25-01-2007
    Localização
    Teresina
    Posts
    8.953
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Repórter
    OffistaColunistaEscritorCrítico
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Lycaon Ver Post
    Você ao menos sabe que, dentro da lei, haverá regulamentação do ato de aborto, né?
    A lei é igual pra todos.

    Se o aborto for legalizado, toda mulher terá direito a ele, seja público ou particular.

    E qualquer mulher que engravidar terá direito a ele.

    Todo ano vejo noticias aqui mesmo na minha cidade de garotas de 15 aos 17 anos engravidando. Ela vai ter a opção de ter o filho, provavelmente com um pai da mesma idade dela, e de abortar. Qual vão preferir?

    Opção 1: ter o filho. Dedicar os próximos anos da vida deles para esse filho, gastar muito dinheiro com esse filho.
    Opção 2: abortar e continuar a vida numa boa.

    Eu não sei você, mas sendo uma mulher jovem, a opção 2, com o aborto legalizado, é infinitamente superior.

    Que mulher jovem vai abrir mão da juventude livre para se dedicar a um filho? De 100 mulheres, talvez, com sorte, você encontre 10 que queiram ter o filho e suas responsabilidades.


    Por isso sou contra.

    Mas como eu disse antes, se for liberado o aborto legalizado por mim de boa, é bom que acaba minha neura com gravidez

  10. #60
    Avatar de RafaelDimarzio
    Registro
    20-11-2010
    Localização
    Campinas - SP
    Idade
    24
    Posts
    848
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas NoviçoEmissário de UmanDefensor da LuzMissionário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Eu só queria dizer que acho que quem pensa "Ah, já que tá liberado, vou transar toda vez sem camisinha e se engravidar, eu aborto" está terrivelmente errado.
    Devemos lembrar que o aborto ainda é um processo cirúrgico, de desgaste para a mulher, ainda não é um "exana filho" que vai tirar a criança de lá(até onde sei, há alguns remédios abortivos mas não me lembro de serem seguros). Então antes de "transar adoidado sem camisinha", devemos lembrar que não é um processo simples e nem barato

    E, só pra deixar claro, antes do mimimi: Eu sou a favor da legalização pois não conheço a intimidade de cada um. Se a pessoa acha que não tem condições financeiras, de educação ou alimentação para criar a criança, é de direito dela tirar. Ela fez, ela vai passar por cirurgia, enfim... É tudo sobre ELA/ELE. A discussão deveria parar aí. Não temos nada a ver. Mas, apesar de ser a favor, NUNCA pediria pra uma namorada minha abortar e muito menos recomendaria para algum conhecido ou familiar.

    Publicidade:
    Última edição por RafaelDimarzio; 01-12-2016 às 09:51.
    Acompanhe meu trabalho como baixista pelo Youtube:
    https://www.youtube.com/channel/UCU5...pPUfrvCAIyUgrg



Tópicos Similares

  1. Respostas: 4
    Último Post: 20-11-2009, 17:02
  2. Portar droga não é crime, decide TJ-SP
    Por Arty no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 123
    Último Post: 01-06-2008, 13:45
  3. 120 MS nos Vamps+Necros! hits rox
    Por Commander no fórum Tibia Videos
    Respostas: 19
    Último Post: 01-12-2005, 03:47
  4. EUA.. pisou na LUA.. más não tem filme nem fotos verdadeiras!!
    Por Pegasus Demon no fórum Fora do Tibia - Off Topic
    Respostas: 32
    Último Post: 18-07-2005, 20:39

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •