Curtir Curtir:  0
Página 1 de 5 123 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 41

Tópico: A terra é OCA amigos...

  1. #1
    Avatar de Onilink
    Registro
    24-09-2004
    Localização
    Jaffray - British Columbia - Canadá
    Idade
    29
    Posts
    2.660
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas Sagaz CitizenMain CitizenAdepto do OffColunista
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão A terra é OCA amigos...

    Durante milhares de anos, a humanidade pensou q a terra fosse plana, anos depois cientistas provaram que a terra era quadrada, após isso provaram q ela era redonda, e agora provaram q ela É OCA!

    Lembrem-se sempre dessa frase:
    "Uma verdade passa por 3 estagios: é ridicularizada, é discutida, é aceita!"

    Terra Oca

    Segundo esta teoria, a terra não é uma esfera sólida com um centro ígneo de metal fundido , como ensinam os livros didáticos, mas apresenta o seu interior oco , com aberturas localizadas nos pólos norte e sul

    Durante seu suposto vôo sobre o Pólo Norte em 1947, o vice-almirante Byrd comunicou por rádio que via abaixo dele, não neve, e sim áreas de terra com montanhas, bosques, vegetação, lagos e rios, e um estranho animal que parecia um mamute....

    1o. Enfoque :

    Foi formulado por um escritor americano , Willian Reed, em 1906 , sendo posteriormente ampliada por outro americano , Marshall B. Gardner, em 1920.

    Willian Reed, em seu livro Phanton of the polos (Fantasma dos Polos) , publicado em 1906 , reúne a primeira compilação de evidências científicas, baseadas nas narrativas dos exploradores árticos . são suas afirmativas:

    "A terra é oca. Os polos há tanto buscados são fantasmas. Há aberturas nas extremidades norte e sul. No interior estão grandes continentes, oceanos, montanhas e rios. É evidente a vida vegetal e animal neste novo mundo, que é provavelmente povoado por raças desconhecidas dos moradores da superfície da terra . "

    Reed chama a atenção para o fato de não ser a terra uma esfera perfeita, e sim achatada nos polos, e que começa a se achatar quando se aproxima dos hipotéticos pólos e sul. Assim, os polos , estão na realidade no ar, dada a existência ali das aberturas. Daí o comportamento estranho da bússola nas altas latitudes. Ele narra os acontecimentos dos navegadores Peary e Cook nas proximidades das latitudes 70 e 75 graus. É nessa latitude que a terra principia a se curvar para dentro . O clima e as temperaturas existentes no interior da terra, segundo a teoria de Reed , eram devidas à erupções vulcânicas .

    Foi observado também que em latitudes próximas de 90 graus, a bússola sofre a tendência de apontar sua agulha verticalmente (perpendicularmente ao seu plano) .

    Segundo todas estas teorias a terra era originalmente uma bola de fogo e de metal fundido. A força centrífuga, resultante da sua rotação em torno do seu eixo, fez com que seu material sólido fosse arremessado para a periferia e com o resfriamento foi sendo formado uma crosta sólida . Como a velocidade desta massa ignea nas regiões polares era menor , formou-se duas aberturas nestas extremidades.

    [img]http://*************************/umanovaera/terra_oca/Terra3.jpeg[/img]

    2o. Enfoque :

    Quatorze anos mais tarde , Marshall B. Gardner publicou o livro : A Journey to the Earth's Interior ou Have the Poles Really Been Discovered ?. Ele apresenta praticamente os mesmos conceitos da estrutura da terra, mas acrescenta a existência de um sol central como causador da aurora boreal e responsável pelo clima ameno do interior e temperaturas mais elevadas nas aberturas polares.

    De acordo com Marshall Gardner , a borda da abertura polar - o verdadeiro polo magnético - é um grande círculo de 2250 km de diâmetro. É tão grande , que , quando um explorador passa por ele, como muitos o fizeram , não percebe que está seguindo para o interior da terra, e sim imagina que continua na sua superfície, devido à sua declividade ser muito suave.

    No livro de Gardner existem um diagrama indicando as várias etapas de uma jornada imaginária através do interior do planeta . No ponto D temos a primeira visão da coroa do sol central. Do ponto E o sol é visto inteiramente.



    A atração gravitacional é mais forte ao redor da curvatura que liga o exterior ao interior do planeta . Um homem de 68 kg , provavelmente pesaria 136 kg neste trecho da viagem , e quando alcançasse o interior da terra pesaria somente 34 kg.

    [img]http://www.**************/CollegePark/Field/8825/teroca5.gif[/img]

    Gardner amplia a sua teoria , afirmando que não só a terra mais todos os planetas do sistema solar apresentam a mesma conformação e faz comparações com as nebulosas espiraladas , procurando evidências astronômicas para reforçar sua teoria .

    3o. Enfoque :

    Com a publicação do livro de Raymond Bernard - A terra Oca- a informação sobre a existência dos mundos interiores atingiu um certo nível de massificação. Tornou-se imensa a variedade das formas de conceber esses mundos , das descrições que deles se fazem.

    Bernard o concebe como uma realidade física e objetiva. A superfície interna da crosta terrestre possui acidentes geográficos - campos , florestas, rios e mares. Ali existem cidades, vias de comunicação, equipamentos, bibliotecas - toda uma civilização.

    Muitos exoteristas, principalmente no Brasil, entre teosofistas não ortodoxos, teúrgicos, eubióticos - afirmam que essa civilização está muito avançada em relação à nossa, em todos os aspectos . Ali, é a região da Eterna Primavera, com um sol interior brilhando perenemente no meio do céu interno. Os intraterrenos (como são chamados os seres que habitam no interior da terra) têm interesse diretor no que se passa na terra exterior , sempre nos vigiando e ajudando na nossa evolução. Suas formas de atuação incluem a visita de naves, tripuladas ou não. Há uma versão disto, de certa forma registrada por Raymond Bernard, segundo o qual extraterrestre e intraterrestres são, afinal de contas, os mesmos seres. Para que isto se torne possível, os defensores da idéia elaboraram uma teoria. Sustentam eles que os Intraterrenos mantém um intenso intercâmbio como os ExtraTerrestres. O trânsito das naves se faz pela via de um hiperespaço, onde a natureza funciona segundo outras leis. O portal de entrada e saída estaria no centro do sol interior .

    Evidências Apresentadas:

    As teorias de Reed e Gardner encontram confirmação nas expedições que o contra almirante Bird fez ao Ártico e à Antártica . Na primeira expedição, realizada em 1947. Nesta 1a. expedição Bird voou em direção ao polo norte , percorrendo 2730 km, retornando para se reabastecer. Nas suas narrativas, conta que progrediu para além do polo, encontrando terras sem gelo, com lagos e montanhas cobertas de florestas , vendo no seu sobrevoo um enorme animal parecido com o mamute, deslocando-se na vegetação rasteira . Na segunda expedição,comandada por Bird foi realizada na Antarctica ; ultrapassando 3.690 km além do polo sul . o voo, realizado pelo contra almirante no dia 13 de janeiro de 1956 , conta com fatos inusitados . Ao retornar desta expedição, teria Bird declarado : "a atual expedição descobriu uma vasta terra nova ". Contemporâneos seus teriam declarado : "Havia um estranho vale embaixo, era verde e luxuriante. Havia montanhas cobertas por vastas florestas e havia grama viçosa e vegetação rasteira ". em 1957, o mesmo almirante Bird teria dito : "aquele continente encantado no céu , terra de mistério eterno . " e assegurou que a sua expedição polar do sul foi "a expedição mais importante , na história do mundo - tendo descoberto uma terra nova vasta ." Naturalmente , por ser militar , muitos segredos permaneceram ocultos aos civis ; e estes fatos caíram no esquecimento.

    Em fevereiro de 1947 , quase na mesmo ocasião em que Bird fez a sua grande descoberta de terra além do polo norte ,foi feita outra constatação do continente Antártico , o do Oásis de Bunger. Esta outra descoberta foi feita pelo capitão de corveta David Bunger, que pilotava um dos 6 aviões de transporte na operação Highjunber, da marinha dos EUA(46/47) . Ele estava voando terra adentro , da barreira de gelo de Shakleton, perto da costa da Rainha Mary , na terra de Wilkes, cerca de seis km da linha da costa , quando avistou uma terra livre de gelo . Os lagos observados neste oasis eram de diferentes cores, variando do vermelho ferruginoso ao verde e azul escuros, cada um deles com aproximadamente 5 km de extensão.Amerissando com seu hidroavião em um dos lagos, observou praias e declives suaves . Em alguns dos lados do oasis, observou grandes paredões de gelo de aproximadamente 30 m de altura ,e em outros declives de gelo suaves e graduais .

    Existem também relatos de civis, que se aproximaram dos polos norte e sul .

    Um dos relatos veio de um homem de ascendência nórdica : "vivia perto do círculo polar Ártico , na Noruega . Num verão, eu e um amigo, resolvemos fazer uma viagem de barco juntos, e ir tão longe quanto pudessemos para o Norte. Assim, armazenamos provisões de boca para um mês,num pequeno barco de pesca, e nos fizemos ao mar, com vela e também com um bom motor de popa.

    No fim de um mês , tinhamos viajado bem longe, para o norte, além do polo e numa estranha e nova região.Ficamos muito espantados com o clima de lá .Quente, e às vezes as noites eram tão cálidas , que quase não se podia dormir (Narrativa semelhante de alguns navegadores que passaram naquelas latitudes) . Depois vimos algo tão estranho que ficamos ambos assombrados. Em frente do mar aberto e quente, em que estávamos, vimos o que parecia uma grande montanha. Naquela montanha, num determinado ponto, o oceano parecia estar desembocando. Confusos, continuamos naquela direção e nos encontramos navegando num vasto e profundo vale, que levava para o interior da Terra. Continuamos navegando e vimos então o que nos surpreendeu ainda mais - um sol brilhando dentro da Terra ! . "

    "O oceano que nos tinha levado para dentro do interior oco da Terra, gradualmente transformou-se num rio. O rio percorria toda a superfície interna do mundo, de uma extremidade a outra. Ele pode ir, se se o segue sempre, de um polo a outro ."

    "Vimos que na superfície interna existia terra e água. Há abundância de luz solar e m uita vida, tanto animal como vegetal. Navegamos mais e mais , para dentro desta região fantástica, porque tudo era de tamanho grande em comparação com as coisas do lado de fora. As plantas são grandes, as árvores enormes e , finalmente , chegamos até os GIGANTES . "

    "Eles viviam em lares e cidade, da mesma maneira que o fazemos aqui. Usavam um tipo de condução elétrica, semelhante a um monotrilho, para transportar as pessoas. Corria ao longo das margens do rio, de cidade para cidade. "

    "Vários dos habitantes do interior da Terra - gigantes enormes - descobriram nosso barco no rio e ficaram muito surpresos. Entretanto , foram bastante amistosos . Fomos convidados a jantar com eles, nos seus lares, e assim separei-me do meu companheiro, que foi para o lar de um dos gigantes, enquanto eu ia para a casa de outro . "

    "Meu amigo gigantesco me levou para a sua casa, apresentou-me a sua família e fiquei completamente aterrorizado ao ver o tamanho enorme de todos os objetos do seu lar. A mesa de refeições era colossal. Foi posto na minha frente um prato com uma quantidade tão grande de comida que poderia me alimentar abundantemente por uma semana . O gigante me ofereceu um cacho de uva e cada uma delas tinha o tamanho de um pêssego . Provei uma e achei bem mais doce do que qualquer uma que tivesse comido 'do lado de fora' . No interior da Terra todos os frutos e hortaliças são bem mais gostosos e saborosos do que os que temos aqui na superfície externa . "

    Permanecemos um anos com os gigantes, apreciando tanto o seu companheirismo quanto apreciavam nos conhecer. Observamos muitas coisas estranhas e fora do comum, durante nossa visita à esse povo notável e ficávamos continuamente assombrados diante do seu progresso científico e das suas invenções. Durante todo o tempo, jamais foram inamistosos para conosco, e permitiram que retornássemos para os nosso próprios lares , oferecendo-nos proteção caso precisassemos . "

    Uma experiência semelhante de uma visita ao interior da terra pela abertura polar, foi citada por um norueguês chamado Olaf Jansen, e registrada no livro The Smoky God, de autoria de Willis George Emerson, um escritor americano. O livro é baseado numa narrativa feita por Jansen ao Sr. Emerson, antes da sua morte, descrevendo suas experiências reais, durante a visita que fez ao interior da terra e aos seus habitantes. O título faz referência ao sol central do interior oco da terra, que sendo menos brilhante e menor que o nosso sol, aparece como "esfumaçado". O livro conta a experiência verdadeira de um pai e seu filho escandinavos que , com seu pequeno barco de pesca e ilimitada coragem, tentam encontrar a "terra além dos ventos do norte ". de cuja beleza e calor tinham ouvido falar. Uma tempestade de vento enorme os leva através da abertura polar em direção ao interior oco da terra. Ficando lá por dois anos, regressaram pela outra extremidade sul (Antártica). O pai, foi acidentado quando um Iceberg destruiu o barco, vindo a falecer. Seu filho foi salvo e quando contou o ocorrido foi considerado como louco, ficando 24 anos em um manicômio.Silenciando-se posteriormente, veio para os Estados Unidos, e somente com 90 anos contou a história ao novelista Willis George Emerson, deixando-lhes os mapas e o manuscrito narrativo da sua experiência .As suas narrativas coincidem com a anterior , acrescido que os habitantes vivem de 400 a 800 anos .

    Outra evidência é a presença de inúmeros animais selvagens numa terra considerada inóspita como o polo norte .

    Os exploradores polares mencionam a existência tanto de fauna quanto de flora no extremo norte. Muitos animais como o boi almiscarado, estranhamente, migram em direção ao norte, no inverno, o que fariam somente se lá existisse uma terra mais quente. Também observam-se a presença cada vez mais frequente de ursos polares e raposas naquelas regiões. Borboletas, abelhas e até mosquitos numa região circundada por gelos eternos. Encontram-se variedades desconhecidas de flores.Revoada de pássaros são vistas constantemente e as lebres são abundantes , transformando esta região num viveiro para os predadores . Outro escritor disse que "viu todos os tipos de animais de clima quente e milhões de pássaros tropicais .Eram tantos que até um cego podia derrubar várias delas com um tiro. A vista era adorável , tanto do céu como da terra, e era mais magnífica do que qualquer outra já observada no exterior da terra . "

    Lendas Indígenas e de outros povos:

    Dizem os esquimós que os seus ascestrais vieram de uma terra paradisíaca no interior da terra e muitas das suas lendas mencionam uma grande abertura ao norte , e existem referências de migrações de alguns indivíduos naquela direção .

    Os índios carajás (no Brasil) afirmam que são originários de um mundo subterrâneo, onde a luz do sol penetra enquanto aqui é noite . E dentro deste mundo viviam seus antepassados . Eram muito felizes e morriam de velhice só mesmo depoisde terem cansado de viver. Um dia saíram de lá e passaram a percorrer a terra. Entretanto , um deles, por ser muito robusto, não conseguiu passar seu corpo pelo furo de pedra, e lá ficou entalado . Como não conseguiu passar, retornou para o interior e disse : "Não quero ir para este lugar, lá as coisas morrem cedo. Veja os galhos secos das árvores. Voltem para o nosso lugar, onde viveremos para sempre . "

    Os irlandeses tem uma lenda acerca de uma terra adorável além do norte, onde a luz e o clima de verão são contínuos. Lendas escandinavas falam de uma terra maravilhosa, bem longe ao norte, chamada Última Thule.

    -------------------------------------------------------------------------


    A teoria da Terra oca afirma que a Terra não é um esferóide sólido, mas sim oca com aberturas no pólos. No seu interior viveria uma civilização tecnologicamente avançada, cujos integrantes às vezes vêm para a superfície em OVNIs. Existem variantes desta teoria, inclusive uma em que nós vivemos no interior da Terra oca. Esta última é a teoria da Terra invertida, que se confunde com as diferentes versões da teoria da Terra oca.

    - - -

    A Terra oca (I)

    No fim do século XVII, o astrônomo inglês Edmund Halley propôs um modelo no qual a Terra seria composta por quatros esferas concêntricas e cuja a atmosfera luminosa, ao escapar para a atmosfera superior, seria responsável pela aurora boreal.

    Halley Halley (1656-1742) foi astrônomo real e durante 18 anos estudou os movimentos da Lua, publicando um importante tratado chamado Astronomiae Cometicae Synopsis (Sinopse sobre Astronomia Cometária). Ele foi o primeiro a calcular a órbita de um cometa e neste tratado provou que os cometas possuem órbitas elípticas em torno do Sol e que, por isso, retornavam periodicamente. Ele previu que o cometa de 1682 retornaria em dezembro de 1758. Quando o cometa retornou, foi batizado em homenagem a Halley, que não viveu para vê-lo aparecer nos céus em 25 de dezembro de 1758.

    Halley propôs esta teoria para explicar anomalias no campo magnético da Terra que causavam interferência nas bússolas. Além disso, ele tinha notado que o campo magnético da Terra estava variando lentamente. Então, primeiramente, ele teorizou que a Terra era constituída de uma casca com um núcleo, cada um com diferentes pólos norte e sul magnéticos e velocidades de rotação, o que explicaria as variações no campo magnético em diferentes partes da Terra, assim como a variação do norte magnético. Porém, de forma a ajustar sua teoria a novos dados, Halley teve que incluir mais três núcleos internos um dentro do outro. Segundo ele, estes núcleos eram do tamanho de Marte, Vênus e Mercúrio. (Hoje em dia sabemos que a parte mais externa do núcleo da Terra composto de ferro derretido está em permenente movimento convectivo o que causa o campo magnético da Terra, assim como suas variações periódicas).

    Para que sua teoria se adequasse à sua visão religiosa, Halley imaginou que se Deus populou cada parte da superfície terrestre com seres vivos, Ele deveria ter feito o mesmo com os núcleos internos. E como estes seres vivos necessitariam de luz para viver, a atmosfera interior deveria ser luminosa.

    Durante o século XVIII, outros matemáticos modificaram a teoria de Halley sem nunca refutá-la. O suíço Leonard Euler rejeitou a noção de vários núcleos interiores, mas acreditava que existia um sol interior que fornecia calor e luz para os habitantes tecnologicamente avançados do mundo interior. E o escocês Sir John Leslie, por sua vez, acreditava que existiam dois sóis que ele chamou de Plutão e Proserpina.

    No século XIX, o veterano da guerra de 1812, John Symmes foi um difusor tão entusiasmado da teoria das camadas concêntricas, que a suposta abertura para o mundo interior ficou conhecida como Buraco de Symmes. (Sua teoria era uma mistura da teoria de Halley com a de Euler). Ele chegou a propor o envio de uma expedição ao Pólo Norte para verificar a existência desta entrada.

    Os autores de ficção científica também se interessaram pelo tema. Julio Verne escreveu Viagem ao Centro da Terra em 1864 e Edgar Rice Burroughs (1875-1950), criador do personagem Tarzan, escreveu vários romances passados no interior da Terra oca.



    - - -

    A Terra invertida

    Em 1869, Cyrus Reed Teed, herbalista e autoproclamado alquimista, disse ter tido uma visão na qual uma mulher disse a ele que nós estamos vivendo dentro da Terra oca. Ele começou a difundir estas idéias em panfletos, discursos e até fundou um culto chamado Os Koreshans (koresh é o hebraico para cyrus). Teed não sabia na época, mas a geometria moderna e o espaço curvo de Einstein tornam a teoria matematicamente irrefutável do ponto de vista teórico. Se a superfície terrestre fosse geometricamente invertida, a superfície interna reproduziria todos os fenômenos físicos que nós observamos ( veja a explicação). Mesmo os efeitos astronômicos teriam algum tipo de contrapartida: o Sol seria pequeno e estaria no centro da Terra, com um lado escuro e outro claro. As estrelas e planetas seriam realmente pontos minúsculos de luz minúsculos bem próximos de nós.



    - - -

    A Terra oca (II)

    Willian Reed publicou, em 1906, The Phantom Poles, no qual ele afirmava que nenhuma expedição tinha atingido os pólos simplesmente porque eles não existiam, pois na realidade eles seriam entradas para o mundo interior.

    Enquanto alguns se contetaram apenas em teorizar sobre a terra interior, outros como Olaf Jansen afirmavam ter estado e vivido lá. Jansen era um marujo norueguês que foi morar em Glendale, Califórnia e perto de morrer aos noventa e nove anos de idade, ele revelou sua história fantástica para o escritor Willis George Emerson que a publicou em 1908 no livro "The Smoky God".

    Em 1913, Marshall B. Gardner publicou "Journey to the Earth's Interior". Neste livro ele refutava veementemente a teoria das esferas concêntricas, porém afirmava que existia um sol de 965km (600 milhas) de diâmetro no interior da Terra e as entradas para o interior seriam no pólos.





    Finalmente, em 1926, Richard E. Byrd sobrevoou o Pólo Norte e, em 1929, o Pólo Sul, provando que não haviam entradas nos pólos. Mas os defensores da teoria da Terra oca afirmam que Byrd, na realidade voou para dentro do mundo interior através das entradas nos pólos. Tudo isso baseado em passagens do seu diário de bordo onde ele descreveu a Antártica como "a terra do mistério eterno" e uma vez escreveu "gostaria de ver a terra além do Pólo (Norte). Aquela área além do Pólo é o Centro do Grande Desconhecido".

    Somente isto basta como evidência para aqueles que acreditam na Terra oca. E em 1940, Ray Palmer, fundador de várias publicações sensacionalistas como "FATE", "Flying Saucers form Other Worlds" e "The Hidden Word", se juntou a Richard Shaver e criaram o Mistério de Shaver, uma lenda sobre o mundo interior e seus habitantes tecnologicamente avançados. Palmer chegou a afirmar que viveu entre estes habitantes do mundo interior.

    Durante a Segunda Guerra Mundial, o aviador alemão Peter Bender despertou atenção do governo nazista com suas elaborações sobre o koreshantismo. Existem boatos de que Hitler acreditou na teoria da Terra oca de Cyrus e que teria enviado, em abril de 1942, o Dr. Heinz Fischer em uma expedição à ilha báltica de Rugen, a fim de fotografar a frota inglesa com câmaras de infravermelho através da Terra oca.

    Em março de 1959, o submarino nuclear americano Skate navegou sob a calota polar e emergiu no Pólo Norte geográfico. Foram utilizados equipamentos de navegação inercial para calcular a rotação da Terra em cada ponto até encontrarem o ponto exato do eixo de rotação. Além disso, várias medidas da força gravitacional e leituras de navegação foram realizadas para assegurar que eles atingiram o Pólo Norte.

    Raymond W. Bernard, esotérico e líder dos rosas-cruzes, publicou em 1964 "The Hollow Earth - The Greatest Geographical Discovery in History Made by Admiral Richard E. Byrd in the Mysterious Land Beyond the Poles - The True Origin of the Flying Saucers" e também "Flying Saucers from the Earth's Interior". Ele alegava estar em contato espiritual com grandes místicos como o Dalai Lama e que teria aprendido a teoria da relatividade com a civilização do interior da Terra antes de Einstein publica-lá. Ele morreu de pneumonia em 10 de setembro de 1965, procurando uma entrada para o mundo interior na América do Sul. Ele acreditava em quase todas as lendas relativas à Terra oca, inclusive que os esquimós descendiam do povo do interior e que de vez em quando eles utilizavam seus OVNIs.

    Sua teoria era que a Terra era oca com paredes de cerca de 1300km (800 milhas) de espessura e que nos pólos existiam aberturas de cerca de 2250km (1400 milhas) com bordas que curvam suavemente para dentro de forma que um viajante por terra, mar ou ar entraria dentro da abertura sem perceber que estaria entrando no interior da Terra. E também que os pilotos somente pensam que estão cruzando o pólo norte geográfico, mas que na realidade eles estão somente seguindo a "borda magnética"da entrada.

    Em 1970, Ray Palmer conseguiu uma foto do Pólo Norte fornecida pelo Enviromental Science Service Administration do Departamento de Comércio americano. Esta foto mostra o Pólo Norte com uma área escura no meio. Para Palmer esta era a prova final da existência de uma entrada para a terra interior no Pólo. No entanto, esta foto era uma composição feita por computador de 40.000 fotos tiradas por satélite em um período de 24h. A intenção era mostrar a Terra vista de um ponto diretamente acima do Pólo, porém na época do ano que foram tiradas as fotos a região do Pólo Norte estava permanentemente no escuro por causa do inverno ártico.



    - - -

    Como sabemos que a Terra não é oca

    Geocientistas catalogam as ondas sísmicas geradas por terremotos, por explosões atômicas e outros fenômenos naturais ou não e medem a intensidade, velocidade, ângulo de incidência e atenuação das mesmas. As ondas sísmicas geradas na crosta terrestre possuem uma determinada velocidade que depende da densidade do meio em que estas viajam, isto somado ao fato de que o ângulo de incidência destas ondas também muda ao atravessar de um meio para outro (semelhante a um prisma que desvia e decompõe a luz do Sol) permite gerar imagens do interior da Terra denominadas tomografias sísmicas que são semelhantes às tomografias computadorizadas realizadas em hospitais (veja mais detalhes).

    Estrutura da Terra Por estas imagens sabemos que a Terra possui três camadas principais: a primeira constituída de granito e basalto com cerca de 40km (25 milhas) de espessura, a segunda, um manto de rocha líquida de aproximadamente 3200km (2000 milhas) de espessura e finalmente, um núcleo central de ferro e níquel derretido com algo em torno de 6400km (4000 milhas) de diâmetro.



    Estas imagens têm trazido grandes surpresas. Por exemplo, descobriu-se que o núcleo da Terra não é uma esfera lisa, mas cheia de montanhas com vários quilômetros de altura e vales seis vezes mais profundos que o Grande Cânion.

    Apesar das evidências irrefutáveis aqueles que querem acreditar se agarram a teorias conspiratórias de que os governos do mundo sabem a verdade, mas não a revelam para não causar pânico na população. Ou ainda se prendem ao fato de que a ciência moderna possui várias teorias que vão sendo modificadas com o tempo (e isto é o que a ciência tem de melhor para nos oferecer), ou que algumas vezes as teorias correntes para descrever um certo fenômeno são conflitantes (mas esquecem de mencionar que estes são os casos em que o real mecanismo por trás do fenômeno ainda não está explicado, daí a não existência de uma única teoria). Na realidade, a crença no mundo interior nunca irá terminar pois aqueles que acreditam no mundo interior habitado por civilizações mais avançadas moral e tecnologicamente procuram um mundo melhor onde os nossos problemas foram resolvidos. Dessa necessidade quase instintiva de acreditar neste tipo de paraíso na Terra vêm as lendas de Shangrilá, Atlântida e tantas outras como a da Terra oca.

    A teoria da Terra invertida

    As idéias de Cyrus Teed ressurgiram recentemente quando o matemático egípcio, Mostafa Abdelkader, publicou um artigo em 1983 na revista "Speculations in Science and Technology" onde ele apresenta o modelo do geocosmo, como é denominado este modelo do Universo contido dentro da Terra. Apesar do geocosmo poder explicar inteiramente nosso Universo, este modelo exige, por exemplo, que a luz necessariamente não viaje em linha reta e que sua velocidade não seja constante. Além de outras complicações físicas e matemáticas adicionais, esta teoria não apresenta nenhuma vantagem sobre a teoria do Universo segundo Copérnico.

    Dentro do princípio da Navalha de Ockham uma teoria mais complexa só é adotada se apresentar explicações para fenômenos não previstos por outra mais simples. A Relatividade, por exemplo, apesar de mais complexa, foi adotada porque explica e prevê fenômenos em escala astronômica que não são abrangidos pela mecânica newtoniana. O mesmo pode ser dito para a mecânica quântica em níveis subatômicos.

    difícil de acreditar

    link original http://www.mmorpgbrasil.net/forum/viewtopic.php?t=11606

    Publicidade:
    Última edição por Onilink; 03-03-2005 às 20:47.
    Luto. Foda-se o pênalti.
    "Em algum lugar distante, um pequeno menino dentuço parecendo um esquilo, sempre sorridente, sorri, mostrando seu sorriso."

  2. #2
    Banido Avatar de Vøfusik
    Registro
    19-09-2004
    Localização
    Santo André - SP
    Idade
    29
    Posts
    716
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas DebatedorEstagiárioAdepto do OffMain Citizen
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    vc realmente espera q alguem leia um texto desse tamanho???

  3. #3
    Avatar de Beo
    Registro
    16-11-2004
    Posts
    2.489
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CríticoDebatedorEstagiárioAdepto do Off
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    ah....isso eh alguma brincadeira?terra oca?oca eh a cabeça do kra q escreveu isso,...

  4. #4
    Avatar de Abbath Doom Occulta
    Registro
    14-11-2004
    Localização
    Pouso Alegre,MG
    Idade
    27
    Posts
    811
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EscritorCríticoDebatedorEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Ainda não li tudo, mas isso está meio estranho...

  5. #5
    Avatar de Nobre Valente
    Registro
    19-09-2004
    Posts
    4.357
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas ColunistaCríticoEscritorSagaz Citizen
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Vou começar a cavar um buraco até chegar no Japão. Daqui a uns 100 anos eu aviso para vocês se deu certo e se a Terra é oca mesmo. Hehehehe, mas falando sério... tô sem ânimo pra ler esse sermão, quem sabe um dia eu leia...







    "Ou quem sabe a Sonserina será a sua casa
    E ali fará seus verdadeiros amigos,
    Homens de astúcia que usam quaisquer meios
    Para atingir os fins que antes colimaram."

    O Chapéu Seletor

    Clique na imagem para entrar no Salão Comunal da Sonserina

  6. #6
    Banido Avatar de Alfredo
    Registro
    30-10-2004
    Idade
    25
    Posts
    138
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas DebatedorEstagiárioAdepto do OffCitizen
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Teoria absura, se eles falassem que no interior do núcleo tem regiões ocas eu poderia até acreditar porque ainda é desconhecido.
    Mas falar de uma "terra interna" é demais, ele só esqueceu da lava que sai dos vulcões e do calor absurdo :riso:

    Quanto ao campo magnetico nos polos, o norte magnetico tem sofrido mudanças nos últimos 300 anos(localização) devido a um processo que acontece a cada 100.000 anos e que leva a total inversão de seu sentido. Esse processo tem se acentudo de tal forma que o campo no sul do oceano atlantico tem regiões com o campo já invertido. Assitam mais Discovery Channel :riso:

  7. #7
    Avatar de Busebi
    Registro
    23-09-2004
    Localização
    Sumaré-Sp
    Idade
    27
    Posts
    2.229
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas EscritorCríticoDebatedorEstagiário
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Nobre Valente
    Vou começar a cavar um buraco até chegar no Japão. Daqui a uns 100 anos eu aviso para vocês se deu certo e se a Terra é oca mesmo. Hehehehe, mas falando sério... tô sem ânimo pra ler esse sermão, quem sabe um dia eu leia...
    Omg quem eh vivo sempre aparece :B...
    Vamus fazer uma expedição para ver se ela eh oca não? preparam suas shovel Muahahaha

  8. #8
    Avatar de bruxo
    Registro
    19-09-2004
    Localização
    Porto Alegre
    Idade
    28
    Posts
    4.805
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas ColunistaCríticoEscritorOffista
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Eu não to afim de ler isso tudo...
    Mas a Terra não é oca não, por simples motivo, sem o núcleo da Terra, ela exploderia, ferveria ou simplesmente se auto-consumiria, tb sem o núcleo, nós estaríamos flutuando por ae, já que a força gravitacional da Terra vem do núcleo, não só da Terra de todos os corpos celestes, tb não haveria a atmosfera nem o campo magnético.

  9. #9
    Avatar de Lerguino Fierro
    Registro
    19-09-2004
    Posts
    1.887
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CríticoDebatedorEstagiárioAdepto do Off
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    No mínimo curioso... Me deixou CONFUSO agora... :confused:

  10. #10
    Banido Avatar de Celso Dias
    Registro
    19-09-2004
    Localização
    Pindamonhangaba , SP
    Idade
    28
    Posts
    611
    Conquistas / PrêmiosAtividadeCurtidas / Tagging InfoPersonagem - TibiaPersonagem - TibiaME
    Conquistas CríticoDebatedorEstagiárioAdepto do Off
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão uia

    cara mto bom meu meus aplausos pra vc :enaccord1 :enaccord1 :enaccord1
    cara agora eu to so pensando sobre isso
    ja penso formas diferentes de vidas...com um sol no meio...mto interessante
    obs:li so uma parte do texto mas achei mto interessante

    Publicidade:



Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •