Resultados 1 a 10 de 10

Tópico: Seicho-No-Ie

  1. #1
    Banido Avatar de Leirbag
    Registro
    26-09-2004
    Posts
    5.729
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão Seicho-No-Ie

    O que é?

    "A Seicho-No-Ie é um ensinamento de amor que busca a solução abrangente de tudo - vida humana, sociedade... - e, além disso, é uma supra-religião que, pregando a unicidade da essência de todas as religiões, nega todos os aspectos fenomênicos.

    Antes de mais nada, cumpre-me explicar a respeito do termo 'Seicho-No-Ie'. Esse termo foi usado primeiramente como nome de uma revista de cunho moral e espiritual que comecei a publicar em 1930. Mas a Seicho-No-Ie não é mera denominação da aludida revista, nem é o nome de minha casa, embora o termo signifique 'Lar do Progredir Infinito', e a palavra 'lar' logo lembre 'casa', 'habitação', etc." - TANIGUCHI, Masaharu. O que É a Seicho-No-Ie, 1ª Ed.; Cap. I; p. 19

    "A Seicho-No-Ie não é mera religião; ela é vivência, é lar, é tudo. Mas o seu traço mais marcante é o fato de ela ser uma religião de renascimento, graças ao qual tanto a existência individual como o lar adquirem vida." - TANIGUCHI, Masaharu. A Verdade da Vida. Vol. 14, 4ª ed. São Paulo: Seicho-No-Ie do Brasil, 2004. Cap. I, p. 15.

    A Seicho-No-Ie é ou não é uma religião?

    "A Seicho-No-Ie é uma religião verdadeira que surgiu com uma peculiaridade sem precedentes em parte alguma do mundo. Em que consiste essa peculiaridade? Consiste na afirmação de que não são necessários majestosos templos materiais para venerar Deus, pois Deus é o Verbo que fala a Verdade, e constituem Seus templos os livros que contêm as palavras da Verdade. Venerar Deus é ler Suas palavras contidas nos templos chamados Livros Sagrados". - TANIGUCHI, Masaharu. A Verdade da Vida. Vol. 25, 3ª ed. São Paulo: Seicho-No-Ie do Brasil, 2004. Cap. 8, p. 204.

    Qual o objetivo da Seicho-No-Ie?

    A Seicho-No-Ie, também conhecida como Movimento de Iluminação da Humanidade, tem como pilar de sustentação o fato de ter a identidade de todas as religiões na sua essência.

    Ou seja, o objetivo da Seicho-No-Ie não é trazer para si o maior número de fieis. Pelo contrário, o melhor a se fazer é manter sua própria religião (ou a falta de religião) enquanto praticante da Seicho-No-Ie.

    "A Seicho-No-Ie é uma organização formada por pessoas que trabalham com o intuito de criar o paraíso na face da terra." - Você será salvo infalivelmente. p. 33

    "O nosso Movimento é fruto exclusivo da dedicação de atos de amor de almas puras."

    "Em casa é o melhor lugar para exercitar o filho de Deus dentro de você."

    "O grande equivoco das religiões é terem esquecido sua essência, sua Imagem Verdadeira, e confundirem a sombra com a Imagem Verdadeira."

    Como começou a Seicho-No-Ie aqui no Brasil?

    A Seicho-No-Ie foi primeiramente fundada no Japão por um homem chamado Masaharu Taniguchi, após ter recebido uma inspiração de um belo poema contendo ideogramas que ele nunca tinha visto antes. Tocado pela beleza daquele poema, ele passou a divulgar aquelas palavras para as outras pessoas, e "milagres" como curas de doenças passaram a acontecer.

    Um japones chamado Miyoshi Matsuda veio até o Brasil com seu irmão, Daijiro Matsuda, que estava entre a vida e a morte. Ao ler um livro de seu irmão, chamado A Verdade da Vida, Daijiro se cura e então começa a divulgação desse movimento, mesmo não sabendo palavra alguma em português.

    Ok, mas na prática, o que é?

    A Seicho-No-Ie consiste em práticas que podem ser realizadas em qualquer lugar, ou no conforto de sua casa, como a Meditação Shinsokan e a leitura da Sutra Sagrada (compilação dos poemas da inspiração de Masaharu Taniguchi) e dos livros da Seicho-No-Ie.

    Outra prática consiste na prática do amor e caridade, feita em pequenos atos, como lavar seu prato após comer, ou dar o lugar para idosos no onibus, além de amar e perdoar seus pais.

    Os encontros se dão em Associações Locais, que variam de lugar e tamanho, podendo ser em garagens, ou em prédios e academias espirituais. Lá, Preletores e Líderes da Iluminação dão palestras sobre temas diversos da vida cotidiana, e também sobre leis mentais.

    Tem-se dividido os departamentos da Seicho-No-Ie, para melhor escolha desses temas. A divisão se dá em: Pomba Branca (mulheres acima de 35 anos), Fraternidade (homens acima de 35 anos) e Jovens (homens e mulheres entre 15 e 35 anos). Antes disso, o departamento dos Jovens cuida dos departamentos de crianças e juvenis (crianças: até 11 anos, juvenis: entre 11 e 14 anos).

    Existem outros departamentos, como o da Prosperidade, Feminino e Cultural, que trabalham juntamente com os outros departamentos, auxiliando no que for necessário.

    E você, o que é da Seicho-No-Ie?

    Sou um líder da Associação dos Jovens da Seicho-No-Ie do Brasil. Líder, pois ajo, não simplesmente espero acontecer. Todos os membros da Associação dos Jovens da Seicho-No-Ie são líderes.

    Sou também um divulgador, já que me formei nos três módulos de estudos sobre a Seicho-No-Ie, e em 2013 farei a prova para me tornar Líder da Iluminação, me permitindo dar palestras e dar orientações pessoais.

    O que a Seicho-No-Ie fez em tua vida?

    Tudo. Não tenho vergonha de assumir que já tive depressão, já tive problemas com drogas, problemas com meus pais, e mesmo tendo nascido na Seicho-No-Ie, de nada adianta se você não praticar. É a prática que faz com que você seja realmente Seicho-No-Ie. Devo minha vida ao Movimento.

    Mas é muito pouco falar que eu tinha problemas e uma religião os solucionou. A Seicho-No-Ie faz com que eu queira mostrar pra todos a alegria que é ser assim. A alegria que é levar para os outros o bem. O material é pouco, eu quero mais. Não basta a minha felicidade, eu quero que todos ao meu redor sejam felizes.

    ----------------

    A minha intenção não é começar uma discussão religiosa sobre a existência ou não de Deus, ou sobre religião X ou Y, então vou pedir para que os moderadores mantenham esse tópico limpo sobre essas coisas. É um tópico que visa a informação, simples assim.

    Não posso dar orientações pessoais sobre problema X ou Y, mas posso tentar responder alguma pergunta doutrinária que esteja ao meu conhecimento. Posso também tentar responder alguma pergunta organizacional, caso necessário.

    Ontem, dia 22/7/12, aconteceu a 57ª Convenção Nacional da Seicho-No-Ie do Brasil para Jovens, e a rede globo fez uma reportagem sobre o assunto:

    http://globotv.globo.com/rede-globo/...eiros/2053270/

    Enfim, é isso. Obrigado a todos pela atenção.

    Publicidade:

  2. #2
    Avatar de zezinhomala
    Registro
    04-05-2007
    Localização
    Londres
    Posts
    2.594
    Peso da Avaliação
    8
    Pontos de Achievement
    dól
    Status da conta
    Não

    Padrão

    Vou criar um RPG com esse tema.

    Interessante o conceito.
    vamo acorda, vamo acorda, cabeça erguida,
    olhar sincero,
    tá com medo de quê?
    Nunca foi fácil, junta os seus pedaços e
    desce pra arena, mas lembre-se: aconteça o que aconteça
    nada como um dia após outro dia."


    A&B <3
    FeA <3

  3. #3
    Avatar de Angel of Darkness
    Registro
    09-10-2004
    Localização
    São José
    Idade
    24
    Posts
    1.291
    Peso da Avaliação
    10

    Padrão

    Cara, tem umas coisas que realmente não ficaram claras para mim.

    Primeiro você diz que Seicho-No-Ie é uma supra-religião, mas depois o texto transcrito diz que ela é uma religião verdadeira e mais pra frente diz que o ideal é praticar o Seicho-no-Ie junto com sua religião ou falta dela.

    * É ou não é religião?

    * Se for religião, como alguém pratica uma religião sem ser religioso?

    * Se for religião, como funciona essa coisa que seguir a sua religião "original" e a Seicho-no-Ie quando a maioria das religiões prega a exclusão das demais?

    Pra mim parece que Seicho-no-Ie é uma filosofia de vida e não uma religião.

    Segundo: Como realmente funciona essa coisa de unificar todas as religiões se mais uma vez elas são em sua maioria mutuamente excludentes?

    Terceiro: Seicho-no-Ie admite a existência de um deus? Se sim, quais suas características?

    Quarto: " Você será salvo infalivelmente. p. 33": O que seria a salvação nos termos da Seicho-no-Ie?

    -=Angel of Darkness=-
    Serious Business Guy da Igreja Ateísta de Locke: Ad maiorem scientia gloriam!


    Agradecimento Especial pela Sign: Mig Master



  4. #4
    Banido Avatar de Leirbag
    Registro
    26-09-2004
    Posts
    5.729
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Angel of Darkness Ver Post
    Cara, tem umas coisas que realmente não ficaram claras para mim.

    Primeiro você diz que Seicho-No-Ie é uma supra-religião, mas depois o texto transcrito diz que ela é uma religião verdadeira e mais pra frente diz que o ideal é praticar o Seicho-no-Ie junto com sua religião ou falta dela.

    * É ou não é religião?

    * Se for religião, como alguém pratica uma religião sem ser religioso?

    * Se for religião, como funciona essa coisa que seguir a sua religião "original" e a Seicho-no-Ie quando a maioria das religiões prega a exclusão das demais?

    Pra mim parece que Seicho-no-Ie é uma filosofia de vida e não uma religião.

    Segundo: Como realmente funciona essa coisa de unificar todas as religiões se mais uma vez elas são em sua maioria mutuamente excludentes?

    Terceiro: Seicho-no-Ie admite a existência de um deus? Se sim, quais suas características?

    Quarto: " Você será salvo infalivelmente. p. 33": O que seria a salvação nos termos da Seicho-no-Ie?

    -=Angel of Darkness=-
    São perguntas bem complexas, espero conseguir respondê-las.

    Primeiro: "Como a Seicho-No-Ie adota uma linha de pensamento não dogmático, privilegiando a fé alicerçada no conhecimento e compreensão, muitos preferem conceituá-la como filosofia, rejeitando classificá-la como religião. Não há nenhum mal nesta postura, todavia, não é correto afirmar conclusivamente que a Seicho-No-Ie não é uma religião.

    Analisando a etimologia da palavra religião veremos que ela se origina do termo latino "religare" que significa religar. Isto é, a religião tem a finalidade de religar o homem à sua origem, à divindade, a Deus. Neste sentido, a Seicho-No-Ie é, por excelência, uma religião.

    'Como forma de pensamento, como religião ou filosofia, a Seicho-No-Ie é completa', diz o professor Masaharu Taniguchi (A Verdade da Vida, Vol. 38, palavras do dia 1º de julho), portanto não há erro em classificarmos a Seicho-No-Ie como forma de pensamento, como filosofia e também como religião.

    Em vários títulos de capítulos da Coleção A Verdade da Vida o professor Masaharu Taniguchi define a Seicho-No-Ie como religião, assim temos: A Religião que desfaz o 'é preciso ser assim' (Volume 5 - Cap. 5); A Seicho-No-Ie aplica a religião no cotidiano (Vol. 5 - Cap. 7); Como viver a religião no lar (Vol. 14 - Cap. 7); Uma religião que se vive no cotidiano (Vol. 14 - Cap. 17); 'Salvação pela religião' se traduz em libertação total do ser humano (Vol. 23 - Cap. 5); Proposta de uma religião alegre (Vol. 27 - Cap. 1)."

    No mais, a palavra chave em relação à contradição das religiões com a Seicho-No-Ie é essência. As religiões têm em sua essência algo que liga todas elas ao mesmo tempo, e é isso que a Seicho-No-Ie diz em "seguir sua religião original". Você acaba aumentando sua compreensão sobre sua própria religião, sem precisar necessariamente trocar de religião. Se fosse necessário abandonar a religião pra seguir a Seicho-No-Ie, ela seria contraditória.

    Segundo: Ela não visa unificar todas as religiões, e sim mostrar que todas as religiões, até mesmo a falta de religião tem, em sua essência, a Verdade. O que muda é o modo como essa Verdade é passado para os outros. O problema é que a maioria das religiões se esqueceu dessa essência e seus fieis não possuem a verdadeira fé. É por isso que acontecem tragédias "em nome de Deus".

    Terceiro: Essa é a pergunta mais complicada de todas.

    "Deus, que é o Ser infinito, é absoluto e único. Quanto a este ponto, está correto o que o cristianismo prega. Entretanto, no Japão fala-se em 'oito milhões de deuses', significa um número muito grande de deuses. No budismo também existem muitas divindades protetoras da Verdade, tais como: Dhrtarastra (Jikoku-ten), Vaisravana (Bishamon-ten), Sakra Devanamindra (Taishaku-ten). É compreensivel que, para o cristianismo, que prega um único Ser infinito, pareçam superstição as doutrinas que pregam diversos deuses. Qualquer pessoa questiona: 'Será Deus único ou múltiplo?'. Portanto, é preciso resolver em primeiro lugar esta questão.

    Para esclarecer se Deus é único ou múltiplo, é preciso conhecer o significado da palavra Deus. Em japonês, o ideograma Kami (Deus) tem três acepções:

    Na primeira acepção, ele significa Deus-Criador. A origem desta palavra vem de kamu, e indica a ação de amor que cria as coisas pela união harmoniosa do superior com o inferior, do céu com a terra, do pólo negativo com o pólo positivo. Kami (Deus), na primeira acepção, é 'Deus Criador' que tudo cria pela harmoniosa união do negativo com o positivo, isto é, pela ação do amor.

    Na segunda acepção, Kami é 'Ser que emite luz'. Na seita Ittoen dizem 'Sagrada Luz'. No budismo se diz 'Luz Misteriosa' ou 'Buda de luz infinita'. No cristianismo, lê-se no Gênesis: 'Deus disse: Exista luz. E a luz existiu'. Nesta segunda acepção, Deus é a luz salvadora que se manifestou do mundo absoluto, atendendo aos anseios de salvação dos homens e assumindo diferentes imagens conforme as circunstâncias. É o caso dos anjos, de que fala o cristianismo. Eles são concretizações das vibrações espirituais de salvação emitidas por Deus absoluto e único. A divindade da Seicho-No-Ie que alguns adeptos viram pela vidência é também uma corporificação das ondas de salvação. Em quaisquer casos, a origem é uma só; diferem os nomes conforme a missão. Por exemplo, Avalokitésvara (que percebe a voz do mundo) tem esse nome porque sua função é orientar as pessoas, percebendo-lhes a necessidade e o mudo clamor. Amithaba (luz eterna) é assim chamado porque tem a função de iluminar e salvar eternamento as pessoas, inclusive após a morte física. A divindade Amaterasu (que ilumina o Univeso) é o nome dado à função de iluminar o Universo e vivificar todos os seres. Divindade da Seicho-No-Ie (lar do progredir), em sentido restrito tem a função de fazer os lares progredirem e, em sentido lato, significa força salvadora que propaga a Verdade que rege o Universo (grande lar). Na Essência, Deus é UM, mas emite diferentes ondas espirituais de salvação, e por isso há diferentes imagens vistas através da vidência. Isto se compara à luz solar que, embora única na origem, se vista através de um prisma, desdobra-se em sete cores, cada uma influenciando diferentemente o corpo humano.

    Na terceira acepção, kami (deus) é a abreviação de kakurimi (corpo oculto, não visivel aos olhos carnais). Porém, não é que não possua corpo; é provido de um corpo muito sutil. São muito diversificados os tipos de kami dessa categoria: entre os inferiores, existem espíritos desencarnados de seres humanos que ainda não despertaram para a Verdade e também de animais; entre os superiores, há espíritos humanos que, tendo conseguido o grau divino, habitam mundos divinos muito elevados. No budismo se diz que aquele que pratica o bem neste mundo nascerá no 'céu', e os deuses que estão nos 'céus' (mundo dos espíritos elevados) pertencem a esta categoria de kami" - TANIGUCHI, Masaharu. A Verdade da Vida, Vol. 2; 3ª Ed.; Cap. V; p. 120, 121 e 122

    Quarto: Acho que já foi respondido na pergunta 1, mas, copiado de um trecho de uma palestra que eu vi, não me lembrando muito bem do livro texto, mas provavelmente era o Você será salvo infalivelmente:

    "A salvação absoluta se dá quando se conscientiza do seu eu verdadeiro."

  5. #5
    Avatar de SoFuRy
    Registro
    22-09-2004
    Localização
    Porto Alegre
    Idade
    23
    Posts
    1.184
    Peso da Avaliação
    11

    Padrão

    Eu encaro mais como uma doutrina ou até um modo de levar a vida.
    Mas não uma religião.
    Quer ter o controle sobre a sua vida a curto prazo (2 a 3 anos)?
    Invista 25 reais/mês (dinheiro que é muitas vezes gasto em BOBAGEM) e chegue a retornos que superam os 1000% ao mês. Faça parte deste grupo de investimento. Não é de risco.
    Qualquer dúvida, manda mensagem.

  6. #6
    Avatar de BlackHearth
    Registro
    23-07-2006
    Localização
    Guarulhos
    Idade
    22
    Posts
    2.645
    Peso da Avaliação
    9
    Vocação
    Nenhuma/Rookgaard
    Status da conta
    Não

    Padrão

    É bem interessante, tenho coragem de conhecer um dia. Mas vi não sei onde aqui na minha cidade, agora não lembro.

  7. #7
    Avatar de Smoking
    Registro
    16-05-2011
    Idade
    27
    Posts
    3.599
    Peso da Avaliação
    4
    Informações do Personagem:
    Nome
    Taekwondista
    Vocação
    Elite Knight
    Nível
    50
    Mundo
    Aldora
    Status da conta
    Sim
    Magic level
    8
    Fist Fighting
    106/107

    Padrão

    Frequentei muito isso dai, na casa da minha vó tinha reuniões toda semana e tals, dai me obrigavam a ficar.

    Lembro que eu sempre ria junto com meu primo na hora que o preletor começasse a falar os negocios em japones, a parte mais engraçada era qndo ele mandava dar uns salve 2 palma e sentar.


    Minha mãe bota sempre na minha carteira aquelas sutras sagradas em miniatura, ela nem frequenta mta coisa não, mas ta sempre comprando livros e fazendo orações.


    ~~

    Apesar de eu não seguir essa doutrina, curto bastante a parte em que eles pregam o pensamento positivo, o bom humor sempre e o poder de uma boa gargalhada.
    Última edição por Smoking; 24-07-2012 às 03:18.

  8. #8
    Banido Avatar de Leirbag
    Registro
    26-09-2004
    Posts
    5.729
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Smoking Ver Post
    Frequentei muito isso dai, na casa da minha vó tinha reuniões toda semana e tals, dai me obrigavam a ficar.

    Lembro que eu sempre ria junto com meu primo na hora que o preletor começasse a falar os negocios em japones, a parte mais engraçada era qndo ele mandava dar uns salve 2 palma e sentar.


    Minha mãe bota sempre na minha carteira aquelas sutras sagradas em miniatura, ela nem frequenta mta coisa não, mas ta sempre comprando livros e fazendo orações.


    ~~

    Apesar de eu não seguir essa doutrina, curto bastante a parte em que eles pregam o pensamento positivo, o bom humor sempre e o poder de uma boa gargalhada.
    Quando eu frequentava as reuniões de criança, eu também ria muito das partes em japonês.

    Hoje em dia, já não se faz mais em japonês, somente em português, a não ser nas reuniões dos japoneses.

    Foi uma medida que o Supremo Presidente, professor Masanobu Taniguchi, adotou para preservar a cultura do Brasil. Não faz sentido estarmos em um país que fala português e rezarmos algumas coisas em japonês.

    Até hoje, algumas pessoas mais antigas reclamam disso pois gostavam de fazer em japonês. Eu particularmente gostava, mas respeito a decisão do Supremo Presidente.

  9. #9
    Avatar de goldboy
    Registro
    12-04-2008
    Localização
    Praia Grande
    Posts
    1.277
    Peso da Avaliação
    7
    Informações do Personagem:
    Nome
    Royal'Scarpa
    Vocação
    Paladino
    Nível
    36
    Status da conta
    Não
    Magic level
    10
    Fist Fighting
    65/45

    Padrão

    Nossa, pensei que eu era o único a fazer Seicho-No-Ie. o_o

    Faz uns 7 ou 8 anos...

    Tinha frequentado lá todo sábado, que era semana da criança.
    No começo, sempre achei que fosse religião. Mas não era muito nessa parte...
    Aprendi muita coisa, sobre respeito aos próximos, aos espíritos e outras coisas.
    Também aprendi japonês que eu nem sabia ^^

    Ah, saudade disso XD

    Cye Ya!

  10. #10
    Banido Avatar de Leirbag
    Registro
    26-09-2004
    Posts
    5.729
    Peso da Avaliação
    0

    Padrão

    Só um adendo, um video sobre a edição de maceió da 57ª Convenção Nacional da Seicho-No-Ie do Brasil para jovens:


    Publicidade:



Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •